Entrega em 24 horas

Cada vez mais corporações têm buscado encontrar soluções que ajudem a captar, conquistar e fidelizar mais clientes. A partir dessa necessidade, surge a entrega em 24 horas — uma modalidade que ainda não é muito praticada, mas que pode ser um grande diferencial na decisão de compras. Neste artigo, falaremos mais sobre essa alternativa, como ela pode ser aplicada e quais vantagens ela proporciona. Ainda não sabe como funciona? Então continue acompanhando conosco!

Entrega em 24 horas

Do que se trata a entrega em 24 horas, afinal?

O próprio nome já diz tudo, a entrega em 24 horas é a prática de entregar os produtos para os consumidores em até 24 horas em que a compra é efetuada e o pedido confirmado. No Brasil, os e-commerces maiores já começaram a adotar essa prática, contudo, ela geralmente só está disponível para as grandes capitais e regiões metropolitanas.

Além do mais, farmácias e supermercados também fazem uso desse tipo de serviço, tendo em vista a urgência da compra — o que também inclui itens perecíveis e de alto valor agregado. De modo geral, o tipo de público direcionado para esse serviço é o de “classe A”, entretanto, nos últimos anos as empresas enxergaram uma oportunidade de criar uma vantagem competitiva oferecendo essa opção de entrega a todos os públicos.

Como ela pode ser implementada nas empresas?

Para que a solução de entrega em 24 horas tenha sucesso e consiga aumentar a satisfação dos consumidores e a credibilidade da empresa no mercado, é necessário tomar alguns cuidados essenciais, que veremos na sequência.

Mapeamento e formalização dos processos

Primeiramente, para conseguir implementar um serviço eficiente de entrega em 24 horas, é estudar o procedimento em busca de falhas que podem comprometer os resultados esperados. Ao distinguir os problemas e os principais gargalos, é necessário encontrar soluções para eliminá-los e garantir que a nova rotina seja adotada pelos colaboradores.

Gestão de estoques eficiente

É necessário controlar os níveis de estoques e conferir qual é o setor que precisa ser abastecido — não tem como oferecer o serviço de entrega em 24 horas se os itens estão zerados no estoque. Senão, você corre o risco de perder a venda, e ainda criar uma imagem desagradável para o cliente.

Transportadoras de confiança

O transporte dos pedidos é a etapa final do processo de venda, mas não deixa de ser uma das partes mais essenciais, uma vez que, mesmo que os processos internos estejam alinhados, um transporte ineficiente — que comete muitos atrasos, extravios, ou entrega o produto com defeito — impacta diretamente na satisfação dos clientes.

Monitoramento dos prazos

Para se certificar de que as transportadoras estão garantindo o nível de serviço de entregas estipulado, é essencial acompanhar o processo de distribuição. Assim, é possível identificar os focos de problemas e como eles surgem, facilitando o processo de tomada de decisão e um novo planejamento, caso seja necessário.

Acompanhamento de indicadores de desempenho

Avaliar os resultados através de indicadores de desempenho possibilita melhorar os processos, de uma ponta a outra, e distinguir o que ainda necessita ser feito em termos de ajustes e melhorias. 

Quais vantagens ela proporciona?

Como já mencionado, a vantagem principal é a garantia de uma empresa mais competitiva, que atrai clientes, e pode ser o diferencial quando o mesmo for decidir entre o seu negócio ou o do concorrente. Entretanto, mais uma vez, vale reforçar que é fundamental manter a eficiência do processo, para garantir que o que foi prometido seja entregue.

Outro ponto positivo é o fortalecimento das relações com os parceiros de negócio. Como é preciso ter o comprometimento dos prazos tanto dos fornecedores quanto das transportadoras, as empresas acabam fazendo alianças por objetivos em comum, alinhando e sequenciando melhor seus processos.

Resumindo, a prática da entrega em 24 horas é muito benéfica e pode ser um grande aliado na hora de alavancar os resultados do negócio. Porém, é necessário ser planejado cuidadosamente, evitando os riscos de criar resultados contrários — causando insatisfação com o consumidor.