Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Zona de risco no E-commerce: precisamos falar sobre ela

21.7.2019 16:53

Na contramão da crise que afeta o Brasil, uma área em expansão é o e-commerce. Mas quem trabalha com o e-commerce precisa lidar com desafios diários. Quando um cliente faz a compra de um produto nem sempre ele está situado em regiões de fácil acesso, como grandes capitais. Ainda mais pelo fato da extensão geográfica do Brasil, algumas regiões são pouco habitadas e também de difícil acesso. Portanto, a escolha por uma logística simplificada e flexível é capaz de afetar positivamente ou negativamente o negócio. E qual seria a solução?

segredosdalogistica

Diversificar os fornecedores

Quando se trata da logística um dos desafios é tentar resolver problemas com produtos que são entregues em zonas de risco e que nem todas as transportadoras chegam até lá. Logo, se há atraso ou não entrega do produto, a imagem da empresa não é bem vista. Desta forma, uma maneira de tentar solucionar essa questão e resolver os problemas como zona de risco é diversificar os fornecedores de entrega, tenha mais de uma opção. Essa pode ser uma solução.

Um exemplo: se o produto está parado no centro de distribuição, uma forma é tentar cancelar o envio e emitir um novo pedido por outra transportadora. Nestes casos, é preciso estudar cada compra e analisar o trabalho da transportadora e se ela presta este tipo de serviço.

pontosdeatencao

Antes de fechar o contrato com qualquer transportadora, verifique quais ações e emergências possuem em caso de atuar em zona de risco. Algumas nem realizam este tipo de serviço. Só que este acordo precisa ser realizado com atenção. A logística em zonas de risco além de ser um desafio, representa para o empresário uma oportunidade de mostrar a efetivação dos serviços prestados pela empresa que não ficam apenas na venda do produto, mas na entrega e todos os procedimentos. Só assim é possível ter clientes satisfeitos.

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert