Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Terceirizar a Logística das Lojas Virtuais é a Melhor Opção?

12.8.2019 18:26

Logística e e-commerce vivem uma eterna relação de amor e ódio. Uma é a chave do sucesso do outro, mas nem sempre as peças se encaixam - ambos têm temperamento forte e exigências específicas. No meio dessa novela está o lojista virtual; um verdadeiro mediador, para não dizer malabarista, tentando agradar os dois lados. Quem sai perdendo com esse romance de altos e baixos é o bolso do empresário, que deixa de vender para atender os “caprichos da logística”.

Gerenciar uma operação de e-commerce não é tarefa fácil. O segmento é ágil, a concorrência é alta e, se o lojista não tiver um bom desempenho em suas campanhas de marketing, vai perder mercado. Esse cenário exige muitas horas de trabalho, testes, especializações, análise de tendências e inovação, estratégias de marketing, atualização constante da loja virtual e, claro, tem que sobrar tempo para vender. Ops, ainda tem a logística.

Estudo de Caso - Logística Terceirizada

Mas Afinal, Terceirizar a Logística das Lojas Virtuais é a Melhor Opção?

Uma boa logística para e-commerce precisa de uma operação afiada. A separação e embalagem devem ser feitos com agilidade e precisão, para não danificar o produto; a entrega tem que ser rápida; o frete exige tarifas otimizadas; o rastreamento é fundamental para controle do processo e por aí vai. Quem está à frente de uma operação de e-commerce, complexa por si só, precisa se desdobrar em dois para comandar a logística da empresa.

Quando o lojista terceiriza sua logística, ele ganha fôlego para focar na gestão da loja, que deve ser seu core business. Esse modelo de negócios permite que uma operação altamente especializada e desafiadora seja realizada por quem tem a expertise necessária.

segredosdalogistica

Mas, para tomar essa decisão, é claro que os custos da terceirização devem ser levados em conta. A boa notícia é que o setor se adaptou para oferecer soluções adequadas para o e-commerce, que tem lojas de todos os tamanhos. Se antes para terceirizar a logística era necessário alugar um galpão, hoje um operador com estrutura modular tem flexibilidade para atender também quem está crescendo, pois o tamanho do estoque se adapta à necessidade da loja – e os custos são mais acessíveis.

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert