Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
01
11
2021

Problemas enfrentados no Recebimento de Mercadorias

Tag
Confira as postagens sobre Gestão de Logística aqui na Pier8!

O recebimento de mercadorias é uma etapa logística que inicia uma série de processos de uma empresa. Através dele, o ciclo de venda é iniciado, no qual finaliza-se com o recebimento do produto no lar do cliente. 

Em consideração a isso, esta é uma área bastante importante dentro de uma empresa e, infelizmente, muitas vezes negligenciada. 

Neste artigo, confira os principais desafios enfrentados no recebimento de mercadorias e como otimizar este processo. 

Boa leitura!

Principais desafios enfrentados no Recebimento de Mercadorias

Ter uma gestão eficaz do processo de recebimento de mercadorias é fundamental para alcançar sucesso na experiência do consumidor com o seu negócio. 

Neste processo, a fase inicial é onde são conferidos os itens da nota fiscal recebida: tanto as suas quantidades e tipos corretos, quanto a qualidade da mercadoria. Aqui, são removidos produtos avariados ou que apresentam possibilidades de falhas no futuro. 

A geração de informações é outra consequência desta etapa e, hoje, tudo é informação. No recebimento de mercadorias existe a alimentação da informação de estoque e também a respeito da inclusão de informações da compra do produto.

Diante disso, é essencial que este setor esteja bem alinhado com as políticas e processos da empresa, por isso, uma das soluções de maior impacto (positivo) no recebimento de mercadorias é a integração dos processos. Confira os principais problemas enfrentados nesta etapa: 

1. Falta de planejamento dos processos

A falta de planejamento para desdobrar em ações positivas no recebimento de mercadorias é um dos principais problemas enfrentados nesta etapa. Na prática, muitas vezes os próprios funcionários não sabem como esse processo é feito. 

No mercado atual, agir sem um planejamento logístico é perda de tempo. Afinal, é necessário ter todo o processo bem delineado e prever como cada etapa deve ser executada, evitando que a equipe cometa erros de principiantes e que o tempo necessário para finalização do processo seja excessivo.

Uma coisa é certa: quanto mais organizado e detalhado for o seu planejamento, melhor será a atuação de seus funcionários. Com isso, é possível ganhar mais produtividade e eficiência, sem que seja deixado de lado a segurança do procedimento.

2. Falha na capacitação da equipe

Para cumprir corretamente com o Recebimento de Mercadorias é fundamental ter uma equipe capacitada, essa é uma das premissas mais importantes para aumentar a produtividade desse processo. Isso porque, um profissional treinado é mais crítico e estratégico diante de problemas e consegue executar suas funções com mais precisão.

Dessa forma, o mais recomendado é conscientizar e treinar o grupo para realizar o confronto entre o pedido e a nota e a conferência do estado geral da carga recebida.

3. Falta de integração entre os setores da empresa

Uma empresa está relacionada a diversos outros setores, não é mesmo? 

Diante disso, cada um possui uma função específica. O sucesso, dessa forma, depende de uma atuação harmônica entre eles.

É importante a comunicação entre a logística com outros setores, em especial com o setor de compras, o de transporte e o de vendas. Quando isso acontece, o recebimento de mercadorias é mais rápido e coerente, colaborando para que a empresa consiga manter seus gargalos longe e seus clientes satisfeitos.

4. Falta de conferência de itens

Conferir os itens é fundamental para evitar gargalos logísticos. Muitas vezes, a pressa ou a falta de conhecimento pode pôr em risco todo o processo de vendas ou produção de uma empresa.

Por isso, é fundamental que haja contagem e verificação de itens de uma nota fiscal de compra que devem ser realizadas por alguém que conheça o que está sendo comprado. Todo o procedimento deve ser criado a partir de um passo a passo eficiente, capaz de ser executável para analisar para analisar um produto que acaba de chegar à empresa.

5. Ausência de uso da tecnologia

O uso de sistemas de informação (ERP) pelas empresas é o que viabiliza inúmeros setores que fazem parte das inovações apresentadas neste conteúdo. Afinal, por meio deles é possível centralizar a gestão da informação de toda a empresa, integrando a logística de variadas filiais em diferentes localidades, por exemplo, e permitindo uma tomada de decisão muito mais conjunta, que podemos chamar também de alinhada.

Por outro lado, esses sistemas permitem a análise dos dados de modo a antecipar futuras demandas e/ou possíveis inconsistências nos processos, dando permissão a empresa que se adapte para um aumento ou diminuição no fluxo de entregas, este é um exemplo, ou corrija falhas antes que elas tenham o poder de ocasionar prejuízos.

Operação mais rápida

Este é um conceito bastante utilizado em inúmeros setores da empresa, a exemplo da logística. A partir dele é possível tornar a rotina de operações muito mais rápida, autônoma e menos vulnerável a falhas, além disso, diminui o retrabalho, poupando tempo e dinheiro (assuntos extremamente valiosos quando o assunto é logística).

Para se ter ideia de como a automação está presente no nosso cotidiano e no das empresas, basta imaginarmos a seguinte situação: o consumidor entra no site e busca pelo produto que deseja; uma vez encontrado, já é informado da sua disponibilidade em estoque; após isso ele fecha a compra e realiza o pagamento; uma vez aprovado, o produto agora será separado para o envio à transportadora. De modo bem simples, resumimos alguns processos logísticos que ocorrem de forma rápida em uma compra, graças à automação.

A Pier 8 já está no tempo real!  Conheça nossas soluções em logísticas alinhadas com tecnologia! Entre em contato conosco através do formulário, podemos tirar todas suas dúvidas! 



Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
Confira as postagens sobre Gestão de Logística aqui na Pier8!

Problemas enfrentados no Recebimento de Mercadorias

O recebimento de mercadorias é uma etapa logística que inicia uma série de processos de uma empresa. Através dele, o ciclo de venda é iniciado, no qual finaliza-se com o recebimento do produto no lar do cliente. 

Em consideração a isso, esta é uma área bastante importante dentro de uma empresa e, infelizmente, muitas vezes negligenciada. 

Neste artigo, confira os principais desafios enfrentados no recebimento de mercadorias e como otimizar este processo. 

Boa leitura!

Principais desafios enfrentados no Recebimento de Mercadorias

Ter uma gestão eficaz do processo de recebimento de mercadorias é fundamental para alcançar sucesso na experiência do consumidor com o seu negócio. 

Neste processo, a fase inicial é onde são conferidos os itens da nota fiscal recebida: tanto as suas quantidades e tipos corretos, quanto a qualidade da mercadoria. Aqui, são removidos produtos avariados ou que apresentam possibilidades de falhas no futuro. 

A geração de informações é outra consequência desta etapa e, hoje, tudo é informação. No recebimento de mercadorias existe a alimentação da informação de estoque e também a respeito da inclusão de informações da compra do produto.

Diante disso, é essencial que este setor esteja bem alinhado com as políticas e processos da empresa, por isso, uma das soluções de maior impacto (positivo) no recebimento de mercadorias é a integração dos processos. Confira os principais problemas enfrentados nesta etapa: 

1. Falta de planejamento dos processos

A falta de planejamento para desdobrar em ações positivas no recebimento de mercadorias é um dos principais problemas enfrentados nesta etapa. Na prática, muitas vezes os próprios funcionários não sabem como esse processo é feito. 

No mercado atual, agir sem um planejamento logístico é perda de tempo. Afinal, é necessário ter todo o processo bem delineado e prever como cada etapa deve ser executada, evitando que a equipe cometa erros de principiantes e que o tempo necessário para finalização do processo seja excessivo.

Uma coisa é certa: quanto mais organizado e detalhado for o seu planejamento, melhor será a atuação de seus funcionários. Com isso, é possível ganhar mais produtividade e eficiência, sem que seja deixado de lado a segurança do procedimento.

2. Falha na capacitação da equipe

Para cumprir corretamente com o Recebimento de Mercadorias é fundamental ter uma equipe capacitada, essa é uma das premissas mais importantes para aumentar a produtividade desse processo. Isso porque, um profissional treinado é mais crítico e estratégico diante de problemas e consegue executar suas funções com mais precisão.

Dessa forma, o mais recomendado é conscientizar e treinar o grupo para realizar o confronto entre o pedido e a nota e a conferência do estado geral da carga recebida.

3. Falta de integração entre os setores da empresa

Uma empresa está relacionada a diversos outros setores, não é mesmo? 

Diante disso, cada um possui uma função específica. O sucesso, dessa forma, depende de uma atuação harmônica entre eles.

É importante a comunicação entre a logística com outros setores, em especial com o setor de compras, o de transporte e o de vendas. Quando isso acontece, o recebimento de mercadorias é mais rápido e coerente, colaborando para que a empresa consiga manter seus gargalos longe e seus clientes satisfeitos.

4. Falta de conferência de itens

Conferir os itens é fundamental para evitar gargalos logísticos. Muitas vezes, a pressa ou a falta de conhecimento pode pôr em risco todo o processo de vendas ou produção de uma empresa.

Por isso, é fundamental que haja contagem e verificação de itens de uma nota fiscal de compra que devem ser realizadas por alguém que conheça o que está sendo comprado. Todo o procedimento deve ser criado a partir de um passo a passo eficiente, capaz de ser executável para analisar para analisar um produto que acaba de chegar à empresa.

5. Ausência de uso da tecnologia

O uso de sistemas de informação (ERP) pelas empresas é o que viabiliza inúmeros setores que fazem parte das inovações apresentadas neste conteúdo. Afinal, por meio deles é possível centralizar a gestão da informação de toda a empresa, integrando a logística de variadas filiais em diferentes localidades, por exemplo, e permitindo uma tomada de decisão muito mais conjunta, que podemos chamar também de alinhada.

Por outro lado, esses sistemas permitem a análise dos dados de modo a antecipar futuras demandas e/ou possíveis inconsistências nos processos, dando permissão a empresa que se adapte para um aumento ou diminuição no fluxo de entregas, este é um exemplo, ou corrija falhas antes que elas tenham o poder de ocasionar prejuízos.

Operação mais rápida

Este é um conceito bastante utilizado em inúmeros setores da empresa, a exemplo da logística. A partir dele é possível tornar a rotina de operações muito mais rápida, autônoma e menos vulnerável a falhas, além disso, diminui o retrabalho, poupando tempo e dinheiro (assuntos extremamente valiosos quando o assunto é logística).

Para se ter ideia de como a automação está presente no nosso cotidiano e no das empresas, basta imaginarmos a seguinte situação: o consumidor entra no site e busca pelo produto que deseja; uma vez encontrado, já é informado da sua disponibilidade em estoque; após isso ele fecha a compra e realiza o pagamento; uma vez aprovado, o produto agora será separado para o envio à transportadora. De modo bem simples, resumimos alguns processos logísticos que ocorrem de forma rápida em uma compra, graças à automação.

A Pier 8 já está no tempo real!  Conheça nossas soluções em logísticas alinhadas com tecnologia! Entre em contato conosco através do formulário, podemos tirar todas suas dúvidas! 



Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?