Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
10
06
2020

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Tag
logística
logística para e-commerce
operador logistico

O Brasil é conhecido por ser um dos maiores produtores agrícolas do mundo, assumindo a posição de 3º maior exportador no setor do planeta. Entretanto, apesar dos excelentes resultados, o nível de produção ainda poderia ser maior com uma melhor logística no agronegócio.


Fato é que, desde 2004, o setor primário do agronegócio viu um crescimento de produtividade de 122%, sendo essa porcentagem muito acima da média da economia nacional (que ficou em 31%). Por causa da adoção de alguns recursos tecnológicos, que permitiu melhorar a logística no setor.


Porém, ainda há muito o que se avançar, uma vez que os desafios do setor não param de surgir. Confira neste artigo, os principais obstáculos da logística no agronegócio e como é possível superá-los!

O que é a logística no agronegócio?

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Antes de responder a essa pergunta. Preciso dizer que, para poder entender quais são os grandes desafios da logística do agronegócio, é necessário compreender do que estamos falando antes de qualquer coisa.


A logística no agronegócio, também chamada de logística rural, é uma área da administração cujo foco é total no planejamento e na execução de tarefas para prover os recursos necessários para o funcionamento de uma empresa.


No setor rural, a logística é constituída em toda a organização necessária para que a produção seja realizada da melhor maneira possível, no melhor período e entregue aos clientes sem grandes desperdícios e com o melhor lucro.


A logística é principalmente importante no agronegócio, pois todos os produtos do setor (ou quase todos, pelo menos) são perecíveis ou dependem de condições específicas de cultivo, colheita e transporte.


Diante disso, sem uma boa logística, o agronegócio não consegue crescer sua produtividade e aumentar seus lucros. Isso é ruim para o Brasil inteiro, considerando que o setor representa ao redor de 21,6% do PIB nacional.

Quais são os principais desafios da Logística no Agronegócio?

Para poder crescer em termos de produtividade e faturamento, é necessário que o agronegócio brasileiro supere alguns desafios.


Parte deles não vão depender somente dos agentes do setor, sendo preciso a intervenção do estado para resolver a questão. Por outro lado, no mínimo, melhorada com a iniciativa dos produtores.


Destacamos os principais desafios da logística no agronegócio na atualidade! Confira!

Dependência do modal rodoviário

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Segundo a pesquisa da Fundação Dom Cabral, o setor do agronegócio (e outros) depende muito do modal rodoviário para transportar suas cargas. Aproximadamente 75% de todo produto transportado no Brasil são feitos em rodovias, com o resto dividido entre ferrovias, hidrovias e outros modelos.


A pior parte disso é que as rodovias brasileiras não estão em boas condições para ser tão utilizadas. A Confederação Nacional do Transporte avaliou que quase 6 em cada 10 trechos do modal rodoviário estão em estado regular, ruim ou péssimo de conservação.


Trata-se de algo que dificulta e limita muito as opções de transporte do agronegócio, o que encarece sua logística e deixa o setor dependente do transporte por caminhão.

Falta de infraestrutura para armazenamento

Outro grande desafio do setor de agronegócio é aumentar sua capacidade de armazenamento de produtos, o que seria capaz de permitir que os produtores pudessem ter maior autonomia no preço dos seus produtos.


De maneira ideal, a capacidade de armazenamento de produção agrícola de um país deve ser, no mínimo, 20% maior que sua capacidade produtiva. No Brasil, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento, é cerca de 27% menor do que a produção.


É um resultado que impede que os produtores possam armazenar seus produtos. Por consequência, devem vender no momento da colheita, quando a oferta é maior e o preço é menor.

Altos custos em toda a estrutura de produção

Geralmente, o custo de uma estrutura produtiva de alto nível no Brasil é alto. Isso ocorre porque há uma ineficiência geral em todas as etapas do trabalho: os fertilizantes são importados, as sementes são caras e os defensivos também.


Para piorar a situação, o custo-benefício fica abaixo do ideal, pois a venda dos produtos é feita no momento da colheita, quando há maior oferta (e o preço baixa por consequência).

Longas distâncias para escoar os produtos

O escoamento dos produtos é uma das grandes dificuldades da logística no agronegócio. Parte do problema está na longa distância entre os produtores e os pontos de escoamento internacionais (aeroportos e portos).

Desperdício da produção na logística

Este é um problema sério na logística do agronegócio é o desperdício de produtos na corrente de produção, que é maior no transporte rodoviário. Uma considerável parte da colheita é perdida entre o produtor e o consumidor final, onde fica um pouco no transporte e no armazenamento do distribuidor.

Como superar os desafios da Logística no Agronegócio?

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Superar os desafios de logística no agronegócio não é uma tarefa fácil. Alguns deles, como a hiper dependência do modal rodoviário, dependem mais do investimento público para criar uma malha ferroviária e hidroviária mais eficiente do que da iniciativa dos produtores.


Entretanto, é possível melhorar nessa área com algumas ações. Confira!

Organizar a linha de produção de maneira adequada

Uma das principais formas de enfrentar os desafios do agronegócio é organizar a linha produtiva da melhor maneira possível, para isso, leve em consideração a sazonalidade do ano, a meta e as condições de produção para o período.


Na prática, são três as principais questões que merecem melhor organização no setor: suprimentos (insumos, como fertilizantes ou sementes), apoio à produção (tecnologias que possam controlar melhor o plantio) e distribuição (que deve ser organizada com um planejamento de rotas de modo a minimizar os gastos e desperdícios do setor).

Automatizar processos na linha produtiva

A automação de processos é uma realidade em diversos setores da economia brasileira, e não é diferente com o agronegócio. Não é mais novidade, por exemplo, o uso de software de automação para controlar o sistema de irrigação.


Ainda há vários outros processos que podem ser automatizados. Em alguns lugares do mundo, por exemplo, já até se pensa em caminhões autônomos para o transporte de carga. Vale esperar pelo futuro e a modernização na agricultura

Buscar soluções tecnológicas

A tecnologia é a principal aliada para o produtor rural que busca por aumentar sua produtividade. Com um bom software de gestão, por exemplo, é possível organizar o plantio e a colheita de acordo com a melhor época do ano.


E mais que isso, sensores ajudam a controlar a qualidade dos produtos na terra, enquanto satélites avançados garantem uma previsão precisa do tempo.


Para concluir, fazer uma boa gestão de logística no agronegócio é mais do que superar os desafios listados neste artigo. É garantir a qualidade dos produtos que chegam ao consumidor, reduzir o desperdício e manter a engrenagem dos processos produtivos bem alinhada, o que garante maior rentabilidade ao produtor rural.


A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato com a gente! Vamos conversar!

Até a próxima!

Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística
logística para e-commerce
operador logistico

Principais desafios da Logística no Agronegócio

O Brasil é conhecido por ser um dos maiores produtores agrícolas do mundo, assumindo a posição de 3º maior exportador no setor do planeta. Entretanto, apesar dos excelentes resultados, o nível de produção ainda poderia ser maior com uma melhor logística no agronegócio.


Fato é que, desde 2004, o setor primário do agronegócio viu um crescimento de produtividade de 122%, sendo essa porcentagem muito acima da média da economia nacional (que ficou em 31%). Por causa da adoção de alguns recursos tecnológicos, que permitiu melhorar a logística no setor.


Porém, ainda há muito o que se avançar, uma vez que os desafios do setor não param de surgir. Confira neste artigo, os principais obstáculos da logística no agronegócio e como é possível superá-los!

O que é a logística no agronegócio?

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Antes de responder a essa pergunta. Preciso dizer que, para poder entender quais são os grandes desafios da logística do agronegócio, é necessário compreender do que estamos falando antes de qualquer coisa.


A logística no agronegócio, também chamada de logística rural, é uma área da administração cujo foco é total no planejamento e na execução de tarefas para prover os recursos necessários para o funcionamento de uma empresa.


No setor rural, a logística é constituída em toda a organização necessária para que a produção seja realizada da melhor maneira possível, no melhor período e entregue aos clientes sem grandes desperdícios e com o melhor lucro.


A logística é principalmente importante no agronegócio, pois todos os produtos do setor (ou quase todos, pelo menos) são perecíveis ou dependem de condições específicas de cultivo, colheita e transporte.


Diante disso, sem uma boa logística, o agronegócio não consegue crescer sua produtividade e aumentar seus lucros. Isso é ruim para o Brasil inteiro, considerando que o setor representa ao redor de 21,6% do PIB nacional.

Quais são os principais desafios da Logística no Agronegócio?

Para poder crescer em termos de produtividade e faturamento, é necessário que o agronegócio brasileiro supere alguns desafios.


Parte deles não vão depender somente dos agentes do setor, sendo preciso a intervenção do estado para resolver a questão. Por outro lado, no mínimo, melhorada com a iniciativa dos produtores.


Destacamos os principais desafios da logística no agronegócio na atualidade! Confira!

Dependência do modal rodoviário

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Segundo a pesquisa da Fundação Dom Cabral, o setor do agronegócio (e outros) depende muito do modal rodoviário para transportar suas cargas. Aproximadamente 75% de todo produto transportado no Brasil são feitos em rodovias, com o resto dividido entre ferrovias, hidrovias e outros modelos.


A pior parte disso é que as rodovias brasileiras não estão em boas condições para ser tão utilizadas. A Confederação Nacional do Transporte avaliou que quase 6 em cada 10 trechos do modal rodoviário estão em estado regular, ruim ou péssimo de conservação.


Trata-se de algo que dificulta e limita muito as opções de transporte do agronegócio, o que encarece sua logística e deixa o setor dependente do transporte por caminhão.

Falta de infraestrutura para armazenamento

Outro grande desafio do setor de agronegócio é aumentar sua capacidade de armazenamento de produtos, o que seria capaz de permitir que os produtores pudessem ter maior autonomia no preço dos seus produtos.


De maneira ideal, a capacidade de armazenamento de produção agrícola de um país deve ser, no mínimo, 20% maior que sua capacidade produtiva. No Brasil, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento, é cerca de 27% menor do que a produção.


É um resultado que impede que os produtores possam armazenar seus produtos. Por consequência, devem vender no momento da colheita, quando a oferta é maior e o preço é menor.

Altos custos em toda a estrutura de produção

Geralmente, o custo de uma estrutura produtiva de alto nível no Brasil é alto. Isso ocorre porque há uma ineficiência geral em todas as etapas do trabalho: os fertilizantes são importados, as sementes são caras e os defensivos também.


Para piorar a situação, o custo-benefício fica abaixo do ideal, pois a venda dos produtos é feita no momento da colheita, quando há maior oferta (e o preço baixa por consequência).

Longas distâncias para escoar os produtos

O escoamento dos produtos é uma das grandes dificuldades da logística no agronegócio. Parte do problema está na longa distância entre os produtores e os pontos de escoamento internacionais (aeroportos e portos).

Desperdício da produção na logística

Este é um problema sério na logística do agronegócio é o desperdício de produtos na corrente de produção, que é maior no transporte rodoviário. Uma considerável parte da colheita é perdida entre o produtor e o consumidor final, onde fica um pouco no transporte e no armazenamento do distribuidor.

Como superar os desafios da Logística no Agronegócio?

Principais desafios da Logística no Agronegócio

Superar os desafios de logística no agronegócio não é uma tarefa fácil. Alguns deles, como a hiper dependência do modal rodoviário, dependem mais do investimento público para criar uma malha ferroviária e hidroviária mais eficiente do que da iniciativa dos produtores.


Entretanto, é possível melhorar nessa área com algumas ações. Confira!

Organizar a linha de produção de maneira adequada

Uma das principais formas de enfrentar os desafios do agronegócio é organizar a linha produtiva da melhor maneira possível, para isso, leve em consideração a sazonalidade do ano, a meta e as condições de produção para o período.


Na prática, são três as principais questões que merecem melhor organização no setor: suprimentos (insumos, como fertilizantes ou sementes), apoio à produção (tecnologias que possam controlar melhor o plantio) e distribuição (que deve ser organizada com um planejamento de rotas de modo a minimizar os gastos e desperdícios do setor).

Automatizar processos na linha produtiva

A automação de processos é uma realidade em diversos setores da economia brasileira, e não é diferente com o agronegócio. Não é mais novidade, por exemplo, o uso de software de automação para controlar o sistema de irrigação.


Ainda há vários outros processos que podem ser automatizados. Em alguns lugares do mundo, por exemplo, já até se pensa em caminhões autônomos para o transporte de carga. Vale esperar pelo futuro e a modernização na agricultura

Buscar soluções tecnológicas

A tecnologia é a principal aliada para o produtor rural que busca por aumentar sua produtividade. Com um bom software de gestão, por exemplo, é possível organizar o plantio e a colheita de acordo com a melhor época do ano.


E mais que isso, sensores ajudam a controlar a qualidade dos produtos na terra, enquanto satélites avançados garantem uma previsão precisa do tempo.


Para concluir, fazer uma boa gestão de logística no agronegócio é mais do que superar os desafios listados neste artigo. É garantir a qualidade dos produtos que chegam ao consumidor, reduzir o desperdício e manter a engrenagem dos processos produtivos bem alinhada, o que garante maior rentabilidade ao produtor rural.


A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato com a gente! Vamos conversar!

Até a próxima!

Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?