Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
21
02
2020

O que você precisa saber sobre o consumidor 4.0

logística 4.0
logística
e-commerce

A forma mais simples e direta de definir um consumidor 4.0 está em associá-lo como uma consequência das diversas transformações sociais e do mercado. As pessoas, as necessidades, os hábitos, o modo de realizar vendas, os formatos de loja, além de outras questões não são as mesmas se comparadas há 20 anos atrás. 


Pensando nisso, parece bastante natural que ocorram mudanças e adaptações no modo como as empresas atuam no mercado. Inovações, tecnologias e novas metodologias são somente a ponta do iceberg quando falamos sobre novidades no varejo.


Continue lendo este artigo e saiba mas sobre o que é o consumidor 4.0 e como você deve estar atento a ele. 

Leia também: Logística 4.0: você não pode deixar de saber!

O que é consumidor 4.0?

O que você precisa saber sobre o consumidor 4.0

Se hoje falamos sobre o consumidor 4.0, isso significa que ele já passou pelos estágios de 1.0, 2.0 e 3.0. Para entender melhor essa situação é necessário compreender que essas não são questões diferentes, e sim evoluções.


Abordar esse assunto não diz respeito somente a forma como as marcas veem os consumidores. Somado a isso, a forma como os próprios clientes se entendem também precisa ser levada em consideração.


Ao juntar todas as peças desses acontecimentos sem dúvidas chega a conclusão de que não se vende e nem se compra como alguns anos atrás. Os consumidores não almejam apenas produtos, opções ou ser representados por uma marca. É claro que tudo isso ainda é essencial, porém o que difere o consumidor 4.0 dos outros é a relação dele com a tecnologia.


Podemos dizer que uma consequência disso está no fato de que o trabalho de transformação digital das empresas tem se intensificado cada vez mais. Tudo isso para atender o público de uma forma eficiente e proporcionar uma boa experiência de compra. Esse que é outro assunto que precisa estar entre as suas principais preocupações para se relacionar com os consumidores dos dias atuais.


Atender o cliente nesses moldes é um desafio, mas certamente é totalmente possível já que há cada vez mais soluções pensadas com foco no consumidor 4.0


O que não pode faltar para a seu e-commerce é atenção ao movimento do mercado e, sem dúvidas, dos próprios consumidores.


Tudo tem mudado de forma rápida e isso não vai mudar. Diante disso, quem sabe quando irá acontecer uma nova era de transformação no mercado?

Empresas que almejam obter sucesso precisam ter a capacidade de se adaptar com frequência. Seja em relação a novas metodologias, tecnologias ou para entender as necessidades dos clientes.


Localizar o consumidor no centro da sua estratégia não é mais somente uma opção, mas sim uma questão de sobrevivência.

Como atender o consumidor 4.0?

Antes da tomada de qualquer tipo de ação você precisa ter em mente que é necessário encontrar formas de conhecer os seus clientes.


Criar uma base de dados a partir de cadastros em um programa de fidelização é uma ótima opção. Essas informações já serão úteis para você entender quem são os consumidores do seu e-commerce.


É fundamental que esse cadastro seja realizado de maneira completa e com informações que sejam úteis para a criação das suas táticas e ações. Essa captação de dados irá servir como uma fonte de pesquisa para seu negócio. Você pode identificar a faixa etária principal dos seus clientes, por exemplo.


Após essa etapa, pode buscar quais canais de comunicação eles costumam utilizar e criar ações nesses meios que foram estudados adequados para seu e-commerce.

Leia mais: Como reduzir gastos de Gestão de Fretes

Uso de redes sociais

O que você precisa saber sobre o consumidor 4.0

Hoje em dia, podemos dizer que os canais digitais como os sites e as redes sociais são quase que indispensáveis para atender esses consumidores.


É fundamental abordar que apostar apenas em ações de venda nesses canais pode não ser a melhor estratégia. Isso porque, em primeiro lugar os usuários das redes sociais estão ali com o objetivo de entretenimento e relacionamento com os amigos. Ou seja, publicações de vendas podem invadir esse momento e colocar seu negócio em um lugar desagradável. 


Não publique sobre ofertas de seu e-commerce, é preciso mais. Postagens com conteúdo relevante podem chamar mais a atenção dos cliente e consequentemente gerar vendas para seu e-commerce.


Diversas empresas já estão nas redes sociais e o que você precisa fazer é criar táticas para não ser apenas mais uma.


Outra questão essencial em relação ao uso de redes sociais é aproximar o relacionamento com os clientes. Um dos principais fatores é ele poder entrar em contato com você de uma forma mais próxima e rápida.

Além disso, há as opiniões dos consumidores que podem ser expostas para todo o público. Essa situação pode ser boa ou ruim, isso vai depender de como está a operação de seu e-commerce.


Caso a experiência de compra seja positiva certamente o consumidor irá te recomendar. Entretanto, se a experiência for ruim ele não vai deixar passar. E isso pode te custar caro.


Ressaltando, mais do que nunca o cliente tem voz para expressar suas opiniões e também acesso a informações e opiniões de inúmeros estabelecimentos. Perceba que aqui a relação entre a loja física e a estratégia digital estão conectadas e se tornam uma só. Diante disso, é essencial que a você proporcione uma boa experiência durante todo o processo de compra.

Invista em melhorar a experiência de compra

Experiência de compra é um tema que já apareceu várias vezes ao longo deste artigo, e isso só reforça o quanto esse trabalho é fundamental e pode fazer a diferença. Melhorar a experiência de compra está ligada a uma série de fatores, desde os mais básicos como treinamento de equipe até o investimento em ferramentas tecnológicas.


Por outro lado, é essencial não se esquecer que essa experiência compreende todo o processo de compra. Nesse caso, os canais de comunicação e sua relação com os clientes são questões bastante relevantes.


Muitas pessoas pensam que para mudar essa situação será necessário um investimento alto. Entretanto, na prática não é assim que funciona. Há maneiras de melhorar a experiência de compra sem nem mesmo gastar, porém os impactos não serão os mesmo.


Hoje já existem soluções inovadoras acessíveis para o varejo, que geram um ganho muito maior do que o investimento feito. É claro que todo investimento necessita ser pensado de acordo com a sua realidade, porém, certamente existem outros meios viáveis para seu e-commerce.


O mais importante é encontrar maneiras que realmente sejam relevantes para os consumidores. Ações que não forem pensadas com foco no cliente tendem a não atingir os resultados que são esperados.


A Pier 8 tem ótimas soluções para melhorar a experiência de compra do seu negócio. Entre em contato conosco e saiba mais. 

Não deixe de ler: Como a Experiência de compra transforma clientes em fãs da marca

Trabalhe o relacionamento com o cliente

O que você precisa saber sobre o consumidor 4.0

O consumidor possui muitas opções para comprar e ele sabe disso. Sobretudo no segmento varejista que as opções são amplas. Em diversos casos o mix de produtos não muda em grande escala, por isso encontrar outros diferenciais é essencial.


A construção de um relacionamento mais próximo com quem compra no seu e-commerce pode ser um bom caminho.


Que tal promover ações no seu ponto de venda com esse foco maior em relacionamento? 


Outra dica muito boa é apostar em conteúdos nas redes sociais. Ou até mesmo apoiar e participar de eventos que acontecem na sua cidade. São estratégias de marketing de relacionamento assertivas que podem contribuir de maneira indireta nas suas vendas.


O consumidor 4.0 está em busca de uma relação com as empresas, aquelas que souberem aproveitar essa situação seguramente vão atingir os seus objetivos.


Você pode começar com medidas simples e evoluir suas ações com o passar do tempo, o importante é não ficar parado.


Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio!

Até a próxima! 

Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?