Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

O que uma má gestão logística pode causar?

3.10.2019 10:31

A má gestão logística é um dos fatores que geram mais reclamações por parte dos clientes — geralmente, está ligada a atrasos nas entregas, avarias, extravios e trocas, por exemplo. 

O impacto da má logística de distribuição, como em qualquer outra área ou processo, afetam o desempenho e geram consequências — que podem causar impactos na empresa como um todo, não somente na logística.

Diante disso, proporcionar uma experiência positiva e diferenciada aos clientes é uma das melhores e mais assertivas estratégias para fidelizá-los e promover o “marketing boca a boca”, que é aquele onde seu negócio ganha notoriedade pelo bom serviço e qualidade de produto.

Nesse sentido, crescem as chances das pessoas falarem do atendimento e indicarem seu serviço, isso consequentemente aumenta as vendas e a credibilidade da sua marca, sobretudo diante do acesso a sua marca através das redes sociais, que visibiliza as opiniões de compra dos consumidores de seu negócio. 

Os consumidores estão cada vez mais críticos e informados. Não adquirem produtos ou serviços sem antes pesquisar sobre a empresa fornecedora. Comentários de clientes sobre experiências negativas e problemas mal resolvidos interferem na decisão de compra. Segundo um estudo feito pela Accenture, 60% dos consumidores brasileiros recomendam as marcas e empresas que lhe deram um bom atendimento.

Neste conteúdo, você vai saber os efeitos de uma má gestão logística e como contornar os problemas.

Leia também: 7 Dicas para Evitar Problemas com Entrega de Mercadorias

O que uma má gestão logística pode causar

Com o avanço da tecnologia deu-se o surgimento de grandes vantagens para quem vende ou compra pela internet. Vantagens como otimização do tempo, redução do custo logístico, estoques mais reduzidos, facilidade de pesquisa de preços e muitos outros.

Entretanto, toda essa praticidade pode trazer algumas “armadilhas”, caso a logística não seja bem executada, como: 

  1. Falta de produtos no estoque, é uma das falhas mais comuns. Essa falha pode se dar por uma demanda sazonal inesperada, erros no processo de planejamento de compras de matéria-prima ou mesmo do produto que será revendido, atraso no recebimento de produtos e/ou insumos, marketing desproporcional a capacidade de produção ou distribuição, problemas com armazenagem e entrega.
  2. Demora ou atrasos na entrega da mercadoria, sem dúvidas é um dos problemas mais apontados pelos consumidores. Problema que pode ser causado por má gestão da entrega, causas naturais como enchentes. Lembrando que o consumidor que compra pela internet busca agilidade e rapidez.
  3. Não ter como rastrear a entrega. O usuário precisa se sentir seguro em relação a entrega do produto que adquiriu. Quem não controla não gerencia e é de suma importante acompanhar as entregas a fim de  identificar possíveis extravios ou atrasos.
  4. Inexistência de uma tecnologia de gestão eficiente como um bom software de gestão de estoques.
  5. Cálculo de frete incorreto. Isso pode trazer muito prejuízo para o vendedor, pois é ele quem arcará com os valores divergentes.
  6. Logística Reversa é o retorno de uma peça fruto de algum problema gerado. Este procedimento deve ser realizado o mais breve possível para tentar tornar mínimo o desconforto com o cliente e mostrar ao mesmo que ele pode ser corrigido, portanto deve ser eficiente, caso não seja se torna outro problema.
  7. Avarias geram muita insatisfação, escolher bem a empresa que irá transportar o seu produto é essencial.
Não deixe de ler: Guia Definitivo: Logística para E-Commerce
gestão logística com Pier8

O que levar em conta na hora da escolha do parceiro logístico?

A logística deve ser compreendida não somente como uma parte fundamental do processo de compra, mas também como um todo. Afinal, é necessário garantir que o estoque esteja atualizado, que os dados informados no cadastro estejam todos corretos, que o prazo de entrega esteja adequado para todos, entre outros pontos.

Diante desse contexto, como parceiro estratégico, a empresa de logística deve ter capacidade de integrar sistemas e garantir uma equipe altamente capacitada, bem como ter processos inteligentes e bem estruturados.

  1. Certifique-se de que você pode confiar no seu fornecedor;
  2. Não deixe de buscar por referências, procure saber quais clientes são atendidos e faça um teste antes de firmar o contrato;
  3. Verifique os processos de entrega do seu parceiro, afinal, ninguém quer ficar esperando uma mercadoria por dias e dias para depois se frustrar no momento do recebimento. Por isso, verifique se o seu fornecedor tem processos bem estruturados e uma infraestrutura que dê permissão para integrar softwares de estoque e de vendas. É o que vai te ajudar a otimizar o tempo.
  4. Busque informações sobre experiências do usuário. Busque em sites de reclamações possíveis experiências negativas com o parceiro logístico. Que tal navegar em seu site como um consumidor comum? Dessa forma, você vai enxergar quais pontos precisam de melhorias e nunca se esqueça que os acessos via mobile estão em ampla ascensão, por isso é importante que o site tenha uma interface amigável para os smartphones!
  5. Procure fornecedores que estejam aptos a atender o seu negócio, isso porque os operadores logísticos devem garantir soluções específicas para cada tipo de negócio. 

Importante: Muito além de um parceiro logístico estratégico, é preciso que as empresas estejam atentas e mantenham o controle sobre movimentações no estoque, gastos logísticos e fluxos operacionais. Isso ajudará não somente o seu parceiro logístico, porém também irá permitir que você alavanque o seu negócio.

Leia mais: 7 Dicas para Evitar Problemas com Entrega de Mercadorias

Acerte na escolha de seu parceiro logístico

A escolha de um bom parceiro logístico não é uma tarefa muito fácil, visto que, toda a experiência do usuário com a marca está diretamente ligada a essa parceria. É por isso que é tão importante ponderar algumas questões na hora de escolher um bom parceiro logístico, que atenda às suas necessidades, assim como, do seu consumidor.

Segurança

Analise o processo de segurança da empresa logística que está sendo avaliada e certifique-se de que ela armazenará e transportará o seu produto com total cuidado, segurança e qualidade.

Flexibilidade

Um bom parceiro logístico é aquele que vai atender às suas necessidades de maneira flexível, desde vigência de contrato, espaço de armazém, tipo de transporte, tecnologia, até outras particularidades do contrato.

Reputação no mercado

Um ponto essencialmente relevante está na análise de um bom parceiro logístico, ou seja, na análise de sua reputação no mercado. Investigar o histórico da empresa, em variadas esferas, desde o âmbito jurídico, mercadológico e social, é um passo fundamental antes de confiar a sua marca nas mãos de uma empresa logística.

Inovação

Compreendendo que logística e tecnologia caminham cada vez mais juntas na busca pela melhor experiência ao usuário, fazer com que um parceiro esteja comprometido com inovações no setor logístico é muito importante e faz com que a sua empresa esteja sempre bem posicionada no mercado, sobretudo frente à concorrência.

Estrutura e Capacitação

O registro de um bom parceiro logístico preza pela qualidade do seu serviço final e entende que esse fator se constrói com a capacitação adequada de sua equipe, certificações necessárias e estrutura de qualidade para armazenar e zelar pelo produto de seus parceiros.

Esses são alguns pontos que optamos ser importantes de destacar, outras análises podem ser feitas conforme as suas necessidades, como localização, preço, tipos de serviço conforme o porte ou demanda da empresa, entre outros.

Independentemente da operação, seja ela terceirizada ou interna, utilize essas dicas em seu processo de fulfillment. Essas estratégias irão te ajudar a reduzir custos e otimizar sua gestão na loja virtual.

1. Área de Anvisa

Possuímos uma área homologada pela Anvisa para armazenagem de cosméticos, alimentos não perecíveis, correlatos e suplementos.

2. Box Customizado

Nossos boxes são completamente customizáveis para atender o que a sua operação necessita, sendo ele exclusivo da sua empresa e do tamanho que você precisar.

3. Picking & Packing

Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar.

4 .Transporte

Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final.

5. Recebimento

Recebemos seus produtos de forma detalhada ou simples, customizamos os fluxos da forma melhor forma para agilizarmos seus processos.

6. WMS

Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada.

7. Segurança

Seu produto na Pier8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro.

8. 100% Online

Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.

Se o seu caso é e-commerce, um parceiro logístico pode aumentar em 60% a produtividade de seu negócio.

Algumas das vantagens de Terceirizar a Logística com o Pier 8:

  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos. 


Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio! 

A Pier8 pode ajudar você nessa etapa importante a partir das soluções em logísticas para e-commerce. Entre em contato hoje mesmo!

Até a próxima! 



Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert