Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
24
07
2021

O que é LMS (Gestão da Força de Trabalho)?

Tag
gestão
logística

LMS é a abreviação para Learning Management System ou Sistema de Gestão de Aprendizagem. No Brasil, o termo também é conhecido como AVA, Ambiente Virtual de Aprendizagem. Além disso, há outro termo, ainda mais popular, usado para se referir a essa ideia: a plataforma de ensino a distância ou plataforma EAD. São exemplos que envolvem o mesmo tipo de sistema. 

O que é LMS (Gestão de Força de Trabalho)? 

Para ficar mais claro sobre o funcionamento do LMS, basicamente, da mesma maneira que o Microsoft Word auxilia você a escrever documentos e o Gmail auxilia você a gerenciar seus e-mails, o LMS é um tipo de software que auxilia você a criar, gerenciar e oferecer cursos pela Internet. Um LMS, basicamente, permite:

  • Criação de conteúdos
  • Organização em cursos
  • Inscrição de alunos nestes cursos

As plataformas também contam com recursos para avaliação do desempenho e acompanhamento do progresso dos usuários, ideais para finalidade do recurso. 

O LMS tem dois contextos essenciais de uso: Educacional ou Corporativo. No primeiro caso, ele é utilizado por instituições de ensino que fazem o uso da ferramenta para operacionalizar a oferta dos cursos para seus estudantes ou como ferramenta de suporte a cursos presenciais.

Para empresas no geral, o LMS funciona como plataforma para educação corporativa, servindo para capacitar colaboradores, clientes e parceiros. Dessa forma, ele serve como instrumento de desenvolvimento dos colaboradores e impacta os resultados da organização.

Muitos fornecedores de LMS tendem a se especializar em plataformas com funcionalidades mais adequadas para atender instituições de ensino, enquanto outros direcionaram para o atendimento de necessidades específicas da educação corporativa.

Por outro lado, há aquelas plataformas que tentam permear os dois mundos, corporativo e educacional. Contudo, esse é um desafio muito grande pois as necessidades são diferentes e a própria abordagem e linguagem é diferente.

Como funciona um software LMS?

Apesar de destacarmos agora as funcionalidades mais comuns de um LMS, não obrigatoriamente é necessário que a plataforma contenha todas estas funções para ser considerada um LMS. No limite, cabe a você analisar e identificar quais os recursos que realmente são importantes para o seu objetivo.

No momento da escolha de um LMS, é fundamental especificar corretamente as funcionalidades que sua empresa precisa por meio de uma RFI e RFP. Feito isso, você irá evitar um dos principais motivos que faz projetos de LMS darem errado.

Gestão de conteúdo

A principal função de um LMS é a distribuição de conteúdo a seus usuários. Dessa forma, todo LMS de alguma maneira tem mecanismos para inserção e gestão do conteúdo.

São conteúdos que podem ser vídeos, áudios, PDFs, arquivos em geral, animações, links externos, páginas HTML, pacotes SCORM (padrão de conteúdo e-learning), entre outros.

Há plataformas que têm recursos de criação de conteúdo, ou seja, na prática, uma ferramenta que permite ao usuário criar conteúdo rico, com imagens, vídeos, texto, sem necessitar de conhecimentos mais avançados.

Testes e pesquisas

Outro fator muito comum entre os LMSs é a possibilidade de criar testes ou pesquisas com vários tipos de questões. Alguns exemplos:

  • Múltipla-escolha
  • Verdadeiro ou falso
  • Relacionamento entre colunas
  • Resposta aberta
  • Resposta numérica

Você pode optar pelo formato que mais servir para seus objetivos e público. Ou seja, a especificação de configurações tais como tempo para término do teste, peso das questões, geração de testes com questões randômicas, são outras possibilidades que geralmente os LMSs tornam possível.

Web conferência e chat

Existem tipos de cursos que podem impulsionar a interação síncrona entre os participantes e o instrutor. Recursos como a possibilidade de se reunir de maneira virtual em tempo real utilizando recursos de vídeo, áudio e texto são bastante comuns nas plataformas, principalmente via smartphones e tablets.

Fóruns

Os fóruns são recursos cujo objetivo é a proposição e discussão de um tema específico. Tratam-se de recursos muitos populares de um LMS. Nele os participantes comentam e respondem de maneira organizada um determinado assunto.

Geralmente, o moderador é responsável por guiar a discussão com a intenção de manter os participantes engajados, bem como o objetivo é que a discussão não seja desviada para outro assunto.

Atualmente, os fóruns têm recursos de colaboração não só por texto mas também vídeo, imagens, áudio, links, entre outros. Muitos têm funcionalidades de redes sociais embutidas, como curtir, avaliar e marcar pessoas específicas nas discussões.

Recursos sociais

A Gestão da Força de Trabalho evidencia que a aprendizagem social é uma das formas mais efetivas de absorver conhecimento. Não à toa, hoje, boa parte das plataformas dispõem de redes informais de aprendizagem, que possibilitam aos usuários se conectarem, postarem conteúdos e interagirem de forma privada ou pública.

Tarefas e checklists

Estes recursos permitem que usuários submetam arquivos e conteúdo ou executem tarefas possíveis de serem avaliadas por um instrutor ou por um gestor, por exemplo.

O recurso de checklists, sendo mais específico, pode ser uma excelente alternativa para realizar uma avaliação pós-treinamento sobre a sua aplicação.

E-Commerce

O uso desta funcionalidade permite que as empresas comercializem cursos pela internet.

Geralmente, as plataformas de gestão do capital humano e aprendizagem possibilitam a criação de um catálogo de cursos organizados, onde é informado o valor e é permitido que os usuários realizem o pagamento através da própria plataforma.

Este recurso de e-commerce pode ser utilizado para diversos fins, como para monetizar treinamentos, afinal, precisam ser criados para o público interno e passar a ser oferecido para um público externo à sua empresa.

Relatórios e dashboards

As funcionalidades analíticas são cada vez mais importantes para as organizações. Neste caso, o LMS permite que você possa configurar quais informações e como as informações devem ser apresentadas.

Muitos LMSs estão sendo constituídos com uma espécie de construtor de relatórios, capazes de permitir que administradores criem seus próprios relatórios e dashboards com gráficos de tipos diferentes, respeitando a sua necessidade.

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando para mais dicas! 

Conheça nossas soluções em logísticas alinhadas com tecnologia. Entre em contato conosco através do formulário, podemos tirar todas suas dúvidas! 



Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
gestão
logística

O que é LMS (Gestão da Força de Trabalho)?

LMS é a abreviação para Learning Management System ou Sistema de Gestão de Aprendizagem. No Brasil, o termo também é conhecido como AVA, Ambiente Virtual de Aprendizagem. Além disso, há outro termo, ainda mais popular, usado para se referir a essa ideia: a plataforma de ensino a distância ou plataforma EAD. São exemplos que envolvem o mesmo tipo de sistema. 

O que é LMS (Gestão de Força de Trabalho)? 

Para ficar mais claro sobre o funcionamento do LMS, basicamente, da mesma maneira que o Microsoft Word auxilia você a escrever documentos e o Gmail auxilia você a gerenciar seus e-mails, o LMS é um tipo de software que auxilia você a criar, gerenciar e oferecer cursos pela Internet. Um LMS, basicamente, permite:

  • Criação de conteúdos
  • Organização em cursos
  • Inscrição de alunos nestes cursos

As plataformas também contam com recursos para avaliação do desempenho e acompanhamento do progresso dos usuários, ideais para finalidade do recurso. 

O LMS tem dois contextos essenciais de uso: Educacional ou Corporativo. No primeiro caso, ele é utilizado por instituições de ensino que fazem o uso da ferramenta para operacionalizar a oferta dos cursos para seus estudantes ou como ferramenta de suporte a cursos presenciais.

Para empresas no geral, o LMS funciona como plataforma para educação corporativa, servindo para capacitar colaboradores, clientes e parceiros. Dessa forma, ele serve como instrumento de desenvolvimento dos colaboradores e impacta os resultados da organização.

Muitos fornecedores de LMS tendem a se especializar em plataformas com funcionalidades mais adequadas para atender instituições de ensino, enquanto outros direcionaram para o atendimento de necessidades específicas da educação corporativa.

Por outro lado, há aquelas plataformas que tentam permear os dois mundos, corporativo e educacional. Contudo, esse é um desafio muito grande pois as necessidades são diferentes e a própria abordagem e linguagem é diferente.

Como funciona um software LMS?

Apesar de destacarmos agora as funcionalidades mais comuns de um LMS, não obrigatoriamente é necessário que a plataforma contenha todas estas funções para ser considerada um LMS. No limite, cabe a você analisar e identificar quais os recursos que realmente são importantes para o seu objetivo.

No momento da escolha de um LMS, é fundamental especificar corretamente as funcionalidades que sua empresa precisa por meio de uma RFI e RFP. Feito isso, você irá evitar um dos principais motivos que faz projetos de LMS darem errado.

Gestão de conteúdo

A principal função de um LMS é a distribuição de conteúdo a seus usuários. Dessa forma, todo LMS de alguma maneira tem mecanismos para inserção e gestão do conteúdo.

São conteúdos que podem ser vídeos, áudios, PDFs, arquivos em geral, animações, links externos, páginas HTML, pacotes SCORM (padrão de conteúdo e-learning), entre outros.

Há plataformas que têm recursos de criação de conteúdo, ou seja, na prática, uma ferramenta que permite ao usuário criar conteúdo rico, com imagens, vídeos, texto, sem necessitar de conhecimentos mais avançados.

Testes e pesquisas

Outro fator muito comum entre os LMSs é a possibilidade de criar testes ou pesquisas com vários tipos de questões. Alguns exemplos:

  • Múltipla-escolha
  • Verdadeiro ou falso
  • Relacionamento entre colunas
  • Resposta aberta
  • Resposta numérica

Você pode optar pelo formato que mais servir para seus objetivos e público. Ou seja, a especificação de configurações tais como tempo para término do teste, peso das questões, geração de testes com questões randômicas, são outras possibilidades que geralmente os LMSs tornam possível.

Web conferência e chat

Existem tipos de cursos que podem impulsionar a interação síncrona entre os participantes e o instrutor. Recursos como a possibilidade de se reunir de maneira virtual em tempo real utilizando recursos de vídeo, áudio e texto são bastante comuns nas plataformas, principalmente via smartphones e tablets.

Fóruns

Os fóruns são recursos cujo objetivo é a proposição e discussão de um tema específico. Tratam-se de recursos muitos populares de um LMS. Nele os participantes comentam e respondem de maneira organizada um determinado assunto.

Geralmente, o moderador é responsável por guiar a discussão com a intenção de manter os participantes engajados, bem como o objetivo é que a discussão não seja desviada para outro assunto.

Atualmente, os fóruns têm recursos de colaboração não só por texto mas também vídeo, imagens, áudio, links, entre outros. Muitos têm funcionalidades de redes sociais embutidas, como curtir, avaliar e marcar pessoas específicas nas discussões.

Recursos sociais

A Gestão da Força de Trabalho evidencia que a aprendizagem social é uma das formas mais efetivas de absorver conhecimento. Não à toa, hoje, boa parte das plataformas dispõem de redes informais de aprendizagem, que possibilitam aos usuários se conectarem, postarem conteúdos e interagirem de forma privada ou pública.

Tarefas e checklists

Estes recursos permitem que usuários submetam arquivos e conteúdo ou executem tarefas possíveis de serem avaliadas por um instrutor ou por um gestor, por exemplo.

O recurso de checklists, sendo mais específico, pode ser uma excelente alternativa para realizar uma avaliação pós-treinamento sobre a sua aplicação.

E-Commerce

O uso desta funcionalidade permite que as empresas comercializem cursos pela internet.

Geralmente, as plataformas de gestão do capital humano e aprendizagem possibilitam a criação de um catálogo de cursos organizados, onde é informado o valor e é permitido que os usuários realizem o pagamento através da própria plataforma.

Este recurso de e-commerce pode ser utilizado para diversos fins, como para monetizar treinamentos, afinal, precisam ser criados para o público interno e passar a ser oferecido para um público externo à sua empresa.

Relatórios e dashboards

As funcionalidades analíticas são cada vez mais importantes para as organizações. Neste caso, o LMS permite que você possa configurar quais informações e como as informações devem ser apresentadas.

Muitos LMSs estão sendo constituídos com uma espécie de construtor de relatórios, capazes de permitir que administradores criem seus próprios relatórios e dashboards com gráficos de tipos diferentes, respeitando a sua necessidade.

Gostou do conteúdo? Continue nos acompanhando para mais dicas! 

Conheça nossas soluções em logísticas alinhadas com tecnologia. Entre em contato conosco através do formulário, podemos tirar todas suas dúvidas! 



Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?