Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
04
08
2021

Monitoramento de cargas já é essencial na logística de transportes

Tag
transporte
logística

O monitoramento de cargas é uma atividade essencial para garantir uma logística ainda mais eficiente, sobretudo no que diz respeito à pontualidade das entregas. No entanto, algumas empresas ainda negligenciam essa necessidade de ter processos estruturados e eficazes.

Qual a importância do monitoramento de cargas para a Logística de Transportes?

O monitoramento de cargas tem como objetivo evitar contratempos durante a entrega da mercadoria, ao garantir a segurança do produto, reduzir riscos e custos desnecessários, e aumentar a eficácia das entregas.

Existem muitos relatos de motoristas que foram assaltados enquanto faziam a entrega de uma mercadoria com alto custo ou uma grande procura. A grande questão é que, após entregar a carga aos assaltantes, será muito difícil recuperá-la novamente, isso devido à dificuldade em localizar a mercadoria.

O monitoramento de carga também é capaz de auxiliar na avaliação do desempenho dos motoristas da sua frota, onde será conferido se seguem as rotas planejadas e cumprem os horários previstos.

Qual o impacto desta medida na satisfação dos clientes e a segurança das cargas?

O monitoramento de cargas tem influência direta no relacionamento entre empresa e clientes, assim como na opinião que eles têm sobre o serviço prestado. Através dele, é possível oferecer mais transparência ao seu consumidor. Também há a possibilidade de saber onde está o produto, por exemplo, se ele já está da entrega ou vai atrasar, por exemplo.

Atrasos e cancelamentos em entregas podem gerar uma imagem negativa para o setor responsável por esta etapa, transformando a reputação entre os clientes em algo não tão positivo, e todo o esforço dedicado para fidelizar o cliente e construir uma grande marca pode ser desperdiçado. Não é isso que você quer para seu negócio, certo?

Qual o papel do software para monitoramento de cargas na Logística de Transportes?

Um software para logística de transporte tem muitos benefícios, a começar pelo oferecimento ao cliente da situação atual da mercadoria transportada. Por consequência, aumentando a confiança, além de estabelecer uma comunicação mais ágil, que, em caso de problemas como roubos ou acidentes, poderá facilitar a localização da mercadoria rapidamente e possibilitar a tomada de decisões para resolver problemas visíveis. 

Além disso, existem sistemas integrados capazes de melhorar o controle na gestão de transportes. O processo é realizado de forma simples e prática. Com essa integração, as ocorrências que são geradas durante o transporte são encaminhadas para o sistema. Dessa maneira, os clientes podem consultar a posição das mercadorias diretamente no sistema de rastreio.

A partir de uma gestão de cargas, capaz de fazer o monitoramento assertivo do processo, consegue-se otimizar os custos logísticos, melhorar o nível de serviço, otimizar a experiência dos clientes, entre outros benefícios. Veja como aplicar esta estratégia!

1. Desenvolva um planejamento estratégico

As etapas bem sucedidas de operações logísticas dependem totalmente do planejamento que se destina a ela. É necessário passar pelos seguintes aspectos:

  • Definir objetivos;
  • Avaliar as influências (internas e externas);
  • Estabelecer um plano de ação — que será utilizado para alcançar as metas que foram estipuladas.

Aliás, é através das criadas que será possível desenvolver ações para otimizar os custos, reduzir os prazos de entrega, diminuir as ocorrências (como atrasos), e avaliar se os motoristas estão seguindo a roteirização feita de maneira prévia.

2. Treine a sua equipe

Não adianta nada ter processos estruturados se os profissionais responsáveis por executar tarefas não estão treinados e alinhados aos objetivos da maneira correta

Diante disso, é preciso considerar influenciar os motoristas sobre as condutas corretas, informar os analistas sobre as informações relevantes para os processos decisórios, os auxiliares em relação a como realizar os processos da forma adequada, e assim por diante.

São aspectos que contribuem para que os fluxos de trabalho sejam executados de forma mais assertiva, com eficiência e menos risco de erros — que podem exigir retrabalhos e prejudicam os resultados.

3. Inspeções na frota devem ser feitas diariamente

Uma parte do trabalho de monitoramento de cargas consiste em acompanhar possíveis ocorrências e neutralizá-las no menor espaço de tempo possível — assim, também amenizando suas consequências. Contudo, é preciso reconhecer que nem todos os problemas aplicados à Logística de Transporte são questões na estrada e outras falhas externas, isso porque existem ocasiões em que é o veículo que sofre problemas mecânicos.

Dessa maneira, é essencial que os veículos passem por inspeções onde sejam avaliadas as condições de seguir viagem ou a necessidade de reparar os danos. Itens que podem ser verificados no veículo:

  • calibragem dos pneus;
  • condições dos freios;
  • limite de peso da carga;
  • documentação necessária.

São itens que podem ajudar no reforço da segurança dos processos, das cargas e dos envolvidos, além de diminuir a ocorrência de problemas que podem afetar o cumprimento dos prazos.

4. Invista em tecnologia logística 

O investimento em tecnologias logísticas garante uma melhor adaptação no mercado moderno. A automatização dos processos é uma das premissas básicas de uma logística eficiente. Através de sistemas que agilizam e melhoram a execução dos processos, é possível alcançar resultados satisfatórios na logística, além de eles facilitarem a criação de relatórios que ajudam nas decisões.

Entre as tecnologias que podem ser adotadas, estão:

  • telemetria;
  • roteirizador;
  • gestão de transportadoras;
  • rastreador veicular;
  • sistema de gestão de ocorrências.

5. Acompanhe o feedback dos clientes

Os feedbacks dos clientes, sejam no momento da entrega (ou depois dela) são fundamentais para entender melhor onde se encontram as principais falhas nos processos logísticos de seu negócio, assim como o que será preciso ser feito para corrigi-las.

A partir da coleta e uso deles como referência para aprimorar as rotinas de trabalho, fica mais fácil adotar ações para melhorar os níveis de serviço, diminuir a incidência de avarias e extravios, entre outros aspectos de logística.

Basicamente, o monitoramento de cargas é um dos processos que irão auxiliar a fazer uma gestão logística mais eficiente e assertiva para seu negócio!

Para que ela seja eficaz, é fundamental que haja planejamento, análises e, principalmente, muito monitoramento das operações. A partir do investimento em tecnologia, tanto as atividades operacionais quanto as táticas e estratégicas ficam mais fáceis, ágeis e com menos riscos de falhas. 

Gostou do conteúdo?

Continue nos acompanhando para mais dicas! A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato


Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
transporte
logística

Monitoramento de cargas já é essencial na logística de transportes

O monitoramento de cargas é uma atividade essencial para garantir uma logística ainda mais eficiente, sobretudo no que diz respeito à pontualidade das entregas. No entanto, algumas empresas ainda negligenciam essa necessidade de ter processos estruturados e eficazes.

Qual a importância do monitoramento de cargas para a Logística de Transportes?

O monitoramento de cargas tem como objetivo evitar contratempos durante a entrega da mercadoria, ao garantir a segurança do produto, reduzir riscos e custos desnecessários, e aumentar a eficácia das entregas.

Existem muitos relatos de motoristas que foram assaltados enquanto faziam a entrega de uma mercadoria com alto custo ou uma grande procura. A grande questão é que, após entregar a carga aos assaltantes, será muito difícil recuperá-la novamente, isso devido à dificuldade em localizar a mercadoria.

O monitoramento de carga também é capaz de auxiliar na avaliação do desempenho dos motoristas da sua frota, onde será conferido se seguem as rotas planejadas e cumprem os horários previstos.

Qual o impacto desta medida na satisfação dos clientes e a segurança das cargas?

O monitoramento de cargas tem influência direta no relacionamento entre empresa e clientes, assim como na opinião que eles têm sobre o serviço prestado. Através dele, é possível oferecer mais transparência ao seu consumidor. Também há a possibilidade de saber onde está o produto, por exemplo, se ele já está da entrega ou vai atrasar, por exemplo.

Atrasos e cancelamentos em entregas podem gerar uma imagem negativa para o setor responsável por esta etapa, transformando a reputação entre os clientes em algo não tão positivo, e todo o esforço dedicado para fidelizar o cliente e construir uma grande marca pode ser desperdiçado. Não é isso que você quer para seu negócio, certo?

Qual o papel do software para monitoramento de cargas na Logística de Transportes?

Um software para logística de transporte tem muitos benefícios, a começar pelo oferecimento ao cliente da situação atual da mercadoria transportada. Por consequência, aumentando a confiança, além de estabelecer uma comunicação mais ágil, que, em caso de problemas como roubos ou acidentes, poderá facilitar a localização da mercadoria rapidamente e possibilitar a tomada de decisões para resolver problemas visíveis. 

Além disso, existem sistemas integrados capazes de melhorar o controle na gestão de transportes. O processo é realizado de forma simples e prática. Com essa integração, as ocorrências que são geradas durante o transporte são encaminhadas para o sistema. Dessa maneira, os clientes podem consultar a posição das mercadorias diretamente no sistema de rastreio.

A partir de uma gestão de cargas, capaz de fazer o monitoramento assertivo do processo, consegue-se otimizar os custos logísticos, melhorar o nível de serviço, otimizar a experiência dos clientes, entre outros benefícios. Veja como aplicar esta estratégia!

1. Desenvolva um planejamento estratégico

As etapas bem sucedidas de operações logísticas dependem totalmente do planejamento que se destina a ela. É necessário passar pelos seguintes aspectos:

  • Definir objetivos;
  • Avaliar as influências (internas e externas);
  • Estabelecer um plano de ação — que será utilizado para alcançar as metas que foram estipuladas.

Aliás, é através das criadas que será possível desenvolver ações para otimizar os custos, reduzir os prazos de entrega, diminuir as ocorrências (como atrasos), e avaliar se os motoristas estão seguindo a roteirização feita de maneira prévia.

2. Treine a sua equipe

Não adianta nada ter processos estruturados se os profissionais responsáveis por executar tarefas não estão treinados e alinhados aos objetivos da maneira correta

Diante disso, é preciso considerar influenciar os motoristas sobre as condutas corretas, informar os analistas sobre as informações relevantes para os processos decisórios, os auxiliares em relação a como realizar os processos da forma adequada, e assim por diante.

São aspectos que contribuem para que os fluxos de trabalho sejam executados de forma mais assertiva, com eficiência e menos risco de erros — que podem exigir retrabalhos e prejudicam os resultados.

3. Inspeções na frota devem ser feitas diariamente

Uma parte do trabalho de monitoramento de cargas consiste em acompanhar possíveis ocorrências e neutralizá-las no menor espaço de tempo possível — assim, também amenizando suas consequências. Contudo, é preciso reconhecer que nem todos os problemas aplicados à Logística de Transporte são questões na estrada e outras falhas externas, isso porque existem ocasiões em que é o veículo que sofre problemas mecânicos.

Dessa maneira, é essencial que os veículos passem por inspeções onde sejam avaliadas as condições de seguir viagem ou a necessidade de reparar os danos. Itens que podem ser verificados no veículo:

  • calibragem dos pneus;
  • condições dos freios;
  • limite de peso da carga;
  • documentação necessária.

São itens que podem ajudar no reforço da segurança dos processos, das cargas e dos envolvidos, além de diminuir a ocorrência de problemas que podem afetar o cumprimento dos prazos.

4. Invista em tecnologia logística 

O investimento em tecnologias logísticas garante uma melhor adaptação no mercado moderno. A automatização dos processos é uma das premissas básicas de uma logística eficiente. Através de sistemas que agilizam e melhoram a execução dos processos, é possível alcançar resultados satisfatórios na logística, além de eles facilitarem a criação de relatórios que ajudam nas decisões.

Entre as tecnologias que podem ser adotadas, estão:

  • telemetria;
  • roteirizador;
  • gestão de transportadoras;
  • rastreador veicular;
  • sistema de gestão de ocorrências.

5. Acompanhe o feedback dos clientes

Os feedbacks dos clientes, sejam no momento da entrega (ou depois dela) são fundamentais para entender melhor onde se encontram as principais falhas nos processos logísticos de seu negócio, assim como o que será preciso ser feito para corrigi-las.

A partir da coleta e uso deles como referência para aprimorar as rotinas de trabalho, fica mais fácil adotar ações para melhorar os níveis de serviço, diminuir a incidência de avarias e extravios, entre outros aspectos de logística.

Basicamente, o monitoramento de cargas é um dos processos que irão auxiliar a fazer uma gestão logística mais eficiente e assertiva para seu negócio!

Para que ela seja eficaz, é fundamental que haja planejamento, análises e, principalmente, muito monitoramento das operações. A partir do investimento em tecnologia, tanto as atividades operacionais quanto as táticas e estratégicas ficam mais fáceis, ágeis e com menos riscos de falhas. 

Gostou do conteúdo?

Continue nos acompanhando para mais dicas! A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato


Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?