Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
07
04
2021

Logística Sustentável: qual a importância para empresas?

Tag
logística

A logística tradicional está consolidada e tem uma grande importância para todas as organizações, afinal, ela é fundamental para o funcionamento de qualquer empresa, está presente em boa parte dos processos e tem impacto direto para alcançar a satisfação do consumidor.

Já a logística sustentável, apesar de não ser um conceito novo no mercado, ganhou mais força a partir do Decreto Nº 7.746 de 5 de junho de 2012, que entre outros objetivos, visa uma maior preservação do meio ambiente e dos recursos naturais, assim como a qualidade de vida da população e bem-estar social.

O que é logística sustentável?

A logística é fundamental para o funcionamento eficiente de qualquer negócio, os processos logísticos são responsáveis por atividades relacionadas ao armazenamento, distribuição e transporte de insumos e mercadorias

Com uma logística bem definida, busca-se a excelência na execução de tarefas, que devem ocorrer dentro do prazo e reduzindo custos sempre que possível, principalmente em tempos de crise. 

A logística sustentável é constituída com todas as funções e responsabilidades da logística tradicional, porém, somado a isso, com um viés voltado para a sustentabilidade. As novas estratégias visam a otimização do uso dos recursos disponíveis, buscando reduzir o desperdício de insumos e as emissões de gases poluentes na atmosfera.

Para a sociedade, a logística sustentável favorece da seguinte maneira: 

  • Incentivo à geração de empregos para a população local;
  • Melhorias na distribuição de renda;
  • Melhorias na qualidade de vida dos colaboradores da empresa e das pessoas que vivem nos arredores. 

Quais são as vantagens que a logística sustentável?

Além de contribuir para um mundo melhor, todas as organizações que aderem à logística sustentável também estão declarando seu posicionamento em relação às questões ambientais, logo, pode surtir um efeito importante para os novos consumidores

Logística 4.0 e Tecnologia: unidas pelo Meio Ambiente

Logística 4.0 é uma tendência cujo foco está em construir processos mais eficientes para a área de logística e, simultaneamente, desenvolver a empresa como um todo. Tudo o que acontece internamente, dentro de uma empresa, causa um efeito exterior, certo? 

Se a sua empresa tem a fama entre os funcionários de ser irresponsável com o meio ambiente, você pode ter a melhor campanha de marketing para provar o contrário, suas ações não serão apagadas. Com a tecnologia na logística, você tem uma redução de impactos ambientais a partir de informações precisas que vão diminuir a emissão de gases tóxicos ao meio ambiente (Transporte eficiente, sem desvios de rotas), além de que haverá uma série de reduções de danos sobre o consumo com a Logística 4.0. Os meios de produção e consumo podem ser transformados e resultar em maior acessibilidade e disseminação de informação.

A tecnologia já tem aplicação real, como é o caso das empilhadeiras que são automaticamente guiadas. Por meio de sistemas de computadores é possível programar os movimentos do veículo de acordo com o layout do armazém que foi mapeado de forma prévia.

Um software indica a ordem de tarefas a serem realizadas, como a descarga de caminhões em horários específicos, orientando a carga até a prateleira adequada e se deslocando entre os corredores de modo preciso. Trata-se de uma tecnologia que tem potencial para tornar o trabalho mais seguro para a equipe, como também reduzir custos operacionais de forma considerável. Além de tornar a atividade mais exata, evitando erros, por funcionar de maneira automática.

Logística 4.0 se baseia em um conceito chamado Internet of Things (IoT) ou Internet das Coisas, em português.

O termo coisa, como é utilizado aqui, tem como objetivo representar os equipamentos e dispositivos presentes na sua casa ou empresa, que tem acesso à Internet e usam essa ferramenta para se comunicar com outros dispositivos ou usuários.

Há em utilização no mercado etiquetas para os lotes de mercadorias que ativam sensores capazes de dar baixa quando os itens entram no estoque de insumos, quando são direcionados para a linha de produção e, em outro momento, integram o estoque de produtos acabados que devem ser enviados aos clientes.

Dessa forma, cada remessa pode ser de forma individual, assegurando que ela foi embarcada e entregue ao destinatário conforme as especificações do pedido.

Ao ser aplicado à logística, tal integração entre os recursos tecnológicos possibilita o acesso aos pedidos do cliente para identificar em qual etapa de produção está localizado.

Ela possibilita o acompanhamento dos níveis de estoque em tempo real, torna-se mais proativo ao repor os itens conforme necessidade e o transporte de cargas torna-se mais seguro com monitoramento 24 horas diárias.

Logística 4.0 e Meio Ambiente

O mundo e a sociedade estão sempre em transformação, essa questão faz com que empresas tenham que, de tempos em tempos, se adaptar a diferentes realidades e se manter conectadas com novas demandas. Isso está acontecendo neste momento na logística, sobretudo quando o assunto é meio ambiente

Se antes a prioridade das empresas era simplesmente o fator econômico, agora, muitas organizações passaram a se preocupar mais com questões socioambientais e com o impacto de suas operações na natureza, e com razão. A população sempre precisou da natureza para se reproduzir, e com o aumento dela e suas demandas, assim como todas as necessidade para gerar economia, evidenciam ainda mais a importância do cuidado com o meio ambiente. 

O que muda na relação fornecedor x cliente

Os elementos que compõem a cadeia de suprimentos, fornecedor, transportador e cliente têm seus papéis bem esclarecidos no que está associado às suas necessidades de logística. Entretanto, no contexto proposto pela logística 4.0 é necessário levar a conexão entre eles para o próximo nível.

As empresas estão em busca de agilidade para, a cada dia, reduzir o período de lead-time, enquanto os clientes têm a intenção de adquirir produtos a preços cada vez mais baixos.

Esse tipo de relação de interdependência pode falhar se ambos estão com foco em promover somente os próprios interesses. É essencial que cada parte esteja disposta a participar do desenvolvimento da outra.

Essas novas técnicas de logística tendem a prever a utilização de maior controle e acompanhamento minucioso das atividades para evitar erros e agregar valor aos produtos.

A partir dessa mudança de visão, o relacionamento com fornecedor deve ser considerado uma parceria. Essa estratégia colaborativa resulta em crescimento e melhores oportunidades para os todos os lados.

Entre os principais benefícios da logística sustentável:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Preencha o formulário, estamos ansiosos por sua parceria! 


Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Logística Sustentável: qual a importância para empresas?

A logística tradicional está consolidada e tem uma grande importância para todas as organizações, afinal, ela é fundamental para o funcionamento de qualquer empresa, está presente em boa parte dos processos e tem impacto direto para alcançar a satisfação do consumidor.

Já a logística sustentável, apesar de não ser um conceito novo no mercado, ganhou mais força a partir do Decreto Nº 7.746 de 5 de junho de 2012, que entre outros objetivos, visa uma maior preservação do meio ambiente e dos recursos naturais, assim como a qualidade de vida da população e bem-estar social.

O que é logística sustentável?

A logística é fundamental para o funcionamento eficiente de qualquer negócio, os processos logísticos são responsáveis por atividades relacionadas ao armazenamento, distribuição e transporte de insumos e mercadorias

Com uma logística bem definida, busca-se a excelência na execução de tarefas, que devem ocorrer dentro do prazo e reduzindo custos sempre que possível, principalmente em tempos de crise. 

A logística sustentável é constituída com todas as funções e responsabilidades da logística tradicional, porém, somado a isso, com um viés voltado para a sustentabilidade. As novas estratégias visam a otimização do uso dos recursos disponíveis, buscando reduzir o desperdício de insumos e as emissões de gases poluentes na atmosfera.

Para a sociedade, a logística sustentável favorece da seguinte maneira: 

  • Incentivo à geração de empregos para a população local;
  • Melhorias na distribuição de renda;
  • Melhorias na qualidade de vida dos colaboradores da empresa e das pessoas que vivem nos arredores. 

Quais são as vantagens que a logística sustentável?

Além de contribuir para um mundo melhor, todas as organizações que aderem à logística sustentável também estão declarando seu posicionamento em relação às questões ambientais, logo, pode surtir um efeito importante para os novos consumidores

Logística 4.0 e Tecnologia: unidas pelo Meio Ambiente

Logística 4.0 é uma tendência cujo foco está em construir processos mais eficientes para a área de logística e, simultaneamente, desenvolver a empresa como um todo. Tudo o que acontece internamente, dentro de uma empresa, causa um efeito exterior, certo? 

Se a sua empresa tem a fama entre os funcionários de ser irresponsável com o meio ambiente, você pode ter a melhor campanha de marketing para provar o contrário, suas ações não serão apagadas. Com a tecnologia na logística, você tem uma redução de impactos ambientais a partir de informações precisas que vão diminuir a emissão de gases tóxicos ao meio ambiente (Transporte eficiente, sem desvios de rotas), além de que haverá uma série de reduções de danos sobre o consumo com a Logística 4.0. Os meios de produção e consumo podem ser transformados e resultar em maior acessibilidade e disseminação de informação.

A tecnologia já tem aplicação real, como é o caso das empilhadeiras que são automaticamente guiadas. Por meio de sistemas de computadores é possível programar os movimentos do veículo de acordo com o layout do armazém que foi mapeado de forma prévia.

Um software indica a ordem de tarefas a serem realizadas, como a descarga de caminhões em horários específicos, orientando a carga até a prateleira adequada e se deslocando entre os corredores de modo preciso. Trata-se de uma tecnologia que tem potencial para tornar o trabalho mais seguro para a equipe, como também reduzir custos operacionais de forma considerável. Além de tornar a atividade mais exata, evitando erros, por funcionar de maneira automática.

Logística 4.0 se baseia em um conceito chamado Internet of Things (IoT) ou Internet das Coisas, em português.

O termo coisa, como é utilizado aqui, tem como objetivo representar os equipamentos e dispositivos presentes na sua casa ou empresa, que tem acesso à Internet e usam essa ferramenta para se comunicar com outros dispositivos ou usuários.

Há em utilização no mercado etiquetas para os lotes de mercadorias que ativam sensores capazes de dar baixa quando os itens entram no estoque de insumos, quando são direcionados para a linha de produção e, em outro momento, integram o estoque de produtos acabados que devem ser enviados aos clientes.

Dessa forma, cada remessa pode ser de forma individual, assegurando que ela foi embarcada e entregue ao destinatário conforme as especificações do pedido.

Ao ser aplicado à logística, tal integração entre os recursos tecnológicos possibilita o acesso aos pedidos do cliente para identificar em qual etapa de produção está localizado.

Ela possibilita o acompanhamento dos níveis de estoque em tempo real, torna-se mais proativo ao repor os itens conforme necessidade e o transporte de cargas torna-se mais seguro com monitoramento 24 horas diárias.

Logística 4.0 e Meio Ambiente

O mundo e a sociedade estão sempre em transformação, essa questão faz com que empresas tenham que, de tempos em tempos, se adaptar a diferentes realidades e se manter conectadas com novas demandas. Isso está acontecendo neste momento na logística, sobretudo quando o assunto é meio ambiente

Se antes a prioridade das empresas era simplesmente o fator econômico, agora, muitas organizações passaram a se preocupar mais com questões socioambientais e com o impacto de suas operações na natureza, e com razão. A população sempre precisou da natureza para se reproduzir, e com o aumento dela e suas demandas, assim como todas as necessidade para gerar economia, evidenciam ainda mais a importância do cuidado com o meio ambiente. 

O que muda na relação fornecedor x cliente

Os elementos que compõem a cadeia de suprimentos, fornecedor, transportador e cliente têm seus papéis bem esclarecidos no que está associado às suas necessidades de logística. Entretanto, no contexto proposto pela logística 4.0 é necessário levar a conexão entre eles para o próximo nível.

As empresas estão em busca de agilidade para, a cada dia, reduzir o período de lead-time, enquanto os clientes têm a intenção de adquirir produtos a preços cada vez mais baixos.

Esse tipo de relação de interdependência pode falhar se ambos estão com foco em promover somente os próprios interesses. É essencial que cada parte esteja disposta a participar do desenvolvimento da outra.

Essas novas técnicas de logística tendem a prever a utilização de maior controle e acompanhamento minucioso das atividades para evitar erros e agregar valor aos produtos.

A partir dessa mudança de visão, o relacionamento com fornecedor deve ser considerado uma parceria. Essa estratégia colaborativa resulta em crescimento e melhores oportunidades para os todos os lados.

Entre os principais benefícios da logística sustentável:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Preencha o formulário, estamos ansiosos por sua parceria! 


Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?