Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
17
10
2021

Logística Reversa para melhorar a reputação de seu negócio

Tag
Confira nossas postagens sobre Logística aqui na Pier8!

A logística reversa é uma parte da logística empresarial, o conceito faz efeito em seu sentido de gerenciar e operacionalizar o retorno de bens materiais após sua venda e consumo. 

Pensar logística de transporte para o meio ambiente é essencial, ela se refere a políticas e medidas sustentáveis a fim de reduzir os impactos, isso inclui a configuração de processos, estruturas, sistemas e equipamentos no transporte, distribuição e armazenamento de produtos.

Portanto, é necessário reconhecer que o transporte representa metade do consumo mundial de petróleo e quase 20% do consumo mundial de energia, dos quais aproximadamente 40% estão relacionados com o transporte urbano. 

As expectativas são de que esses valores só aumentam, principalmente diante do aumento das compras online, e é aí que as empresas precisam se renovar para causar impactos positivos, tanto para o mundo quanto para os consumidores finais.

Na prática, é uma forma de se preocupar com o meio ambiente. Para isso, o descarte é pensado de maneira ecologicamente correta, e a logística reversa é ainda mais importante quando elevada a estratégia no planejamento de todas as empresas modernas. 

Entenda a Logística Reversa para melhorar a reputação do seu negócio

A importância da logística reversa é tão legítima entre gestores que, hoje, pode-se dizer que ela funciona como um instrumento econômico e social capaz de viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, dessa forma, passada essa etapa, eles podem ser reaproveitados no ciclo produtivo ou encaminhados para um local apropriado para descarte ou tratamento.

É possível encontrar diversas discussões na internet, onde os consumidores se preocupam com a reputação da empresa que ele se tornou cliente, com isso, empresas têm aplicado a logística reversa na cadeia produtiva a fim de agregar maior valor à sua imagem diante das ‘’exigências’’ da sociedade. Também é uma preocupação frente a necessidade em oferecer maior benefício ao meio ambiente. Além disso, as estratégias de logística reversa estabelecem novas oportunidades de negócio, geram mais postos de trabalho e beneficiam todo o entorno que se instaura.

A falta de conhecimento sobre como tratar os descartes do comércio eletrônico, indústria d2c e afins, resultam na má gestão do lixo e diversos danos ao meio ambiente, além de comprometer seriamente a qualidade de vida das pessoas, animais e do planeta. Contudo, a logística reversa está no mercado para implementar e gerenciar o fluxo de matérias-primas que são gerados pela cadeia de distribuição.

Em operações de logística, a logística reversa também tem sua importância, pois estuda e gerencia como os subprodutos de um processo de produção serão descartados ou reintegrados ao processo logístico. Os negócios que têm um bom sistema logístico acabam conseguindo uma grande vantagem competitiva sobre as que não possuem, além de diminuir os custos e melhorar o serviço ao consumidor, por isso é tão importante ficar por dentro deste tema. Neste conteúdo explicamos como esse processo funciona! 

Logística 4.0 e Meio Ambiente

O mundo e a sociedade estão sempre em transformação, essa questão faz com que empresas tenham que, de tempos em tempos, se adaptar a diferentes realidades e se manter conectadas com novas demandas. Isso está acontecendo neste momento na logística, sobretudo quando o assunto é meio ambiente

Se antes a prioridade das empresas era simplesmente o fator econômico, agora, muitas organizações passaram a se preocupar mais com questões socioambientais e com o impacto de suas operações na natureza, e com razão. A população sempre precisou da natureza para se reproduzir, e com o aumento dela e suas demandas, assim como todas as necessidade para gerar economia, evidenciam ainda mais a importância do cuidado com o meio ambiente. 

O que muda na relação fornecedor x cliente

Os elementos que compõem a cadeia de suprimentos, fornecedor, transportador e cliente têm seus papéis bem esclarecidos no que está associado às suas necessidades de logística. Entretanto, no contexto proposto pela logística 4.0 é necessário levar a conexão entre eles para o próximo nível.

As empresas estão em busca de agilidade para, a cada dia, reduzir o período de lead-time, enquanto os clientes têm a intenção de adquirir produtos a preços cada vez mais baixos.

Esse tipo de relação de interdependência pode falhar se ambos estão com foco em promover somente os próprios interesses. É essencial que cada parte esteja disposta a participar do desenvolvimento da outra.

Essas novas técnicas de logística tendem a prever a utilização de maior controle e acompanhamento minucioso das atividades para evitar erros e agregar valor aos produtos.

A partir dessa mudança de visão, o relacionamento com fornecedor deve ser considerado uma parceria. Essa estratégia colaborativa resulta em crescimento e melhores oportunidades para os todos os lados.

Benefícios da logística reversa (logística 4.0)

A aplicação da Logística 4.0 revê aspectos importantes da logística tradicional e os aperfeiçoa com o uso de novas práticas e recursos tecnológicos. Além disso, para o meio ambiente, a aplicabilidade de estratégias da logística 4.0 faz toda a diferença. Entre os principais benefícios conquistados estão:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

A logística 4.0 está cada vez mais próxima da realidade das empresas brasileiras. Muitas tendências como os softwares de gerenciamento de transporte (TMS), uso de aplicativos para o planejamento de entregas, automação logística já estão presentes dentro de inúmeras empresas brasileiras. Porém, a logística 4.0 sempre promete evoluir mais. O mercado já vem apresentando outras tendências, a utilização da impressora 3D, por exemplo, é uma realidade que facilita a composição de peças, partes de equipamentos e algumas vezes até produtos inteiros, agilizando os processos de manutenção.

O uso de drones para entregas é outro bom exemplo de tendências. A empresa Amazon já está aplicando a inovação em seus processos de entrega, e visa maior rapidez e o aumento da satisfação do cliente.

Uma das promessas da logística 4.0 que também já está em desenvolvimento são os veículos autônomos, que também já estão em desenvolvimento. Nesse caso, diferente das outras tendências que foram citadas, os estudos devem ser mais aprofundados, não tendo ainda um modelo que possa ser aplicado com o intuito de facilitar a vida das transportadoras.

A tecnologia caminha a passos largos, diante disso vemos carros autônomos em diversas funções, como na entrega de pizza, atuando como Uber e até dentro de empresas para o transporte de materiais. O resultado mais importante que é obtido com o uso dos recursos da logística 4.0 é que auxilia as empresas a se tornarem mais competitivas, aumentam o número de clientes satisfeitos e se destacam perante os concorrentes. 

Empresa de Fulfillment aliada com a Logística Reversa

O fulfillment incorpora em suas estratégias táticas de logística reversa, afinal, ao impulsionar a gestão de um negócio  envolve todas as operações necessárias para atender às necessidades do cliente, além disso, exige uma atuação integrada de diversos setores para garantir a excelência do serviço prestado, entre eles estão: logística, tecnologia, atendimento e marketing.

Com isso, podem executar o trabalho com muito mais eficiência. A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato conosco e saiba mais! 




Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
Confira nossas postagens sobre Logística aqui na Pier8!

Logística Reversa para melhorar a reputação de seu negócio

A logística reversa é uma parte da logística empresarial, o conceito faz efeito em seu sentido de gerenciar e operacionalizar o retorno de bens materiais após sua venda e consumo. 

Pensar logística de transporte para o meio ambiente é essencial, ela se refere a políticas e medidas sustentáveis a fim de reduzir os impactos, isso inclui a configuração de processos, estruturas, sistemas e equipamentos no transporte, distribuição e armazenamento de produtos.

Portanto, é necessário reconhecer que o transporte representa metade do consumo mundial de petróleo e quase 20% do consumo mundial de energia, dos quais aproximadamente 40% estão relacionados com o transporte urbano. 

As expectativas são de que esses valores só aumentam, principalmente diante do aumento das compras online, e é aí que as empresas precisam se renovar para causar impactos positivos, tanto para o mundo quanto para os consumidores finais.

Na prática, é uma forma de se preocupar com o meio ambiente. Para isso, o descarte é pensado de maneira ecologicamente correta, e a logística reversa é ainda mais importante quando elevada a estratégia no planejamento de todas as empresas modernas. 

Entenda a Logística Reversa para melhorar a reputação do seu negócio

A importância da logística reversa é tão legítima entre gestores que, hoje, pode-se dizer que ela funciona como um instrumento econômico e social capaz de viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, dessa forma, passada essa etapa, eles podem ser reaproveitados no ciclo produtivo ou encaminhados para um local apropriado para descarte ou tratamento.

É possível encontrar diversas discussões na internet, onde os consumidores se preocupam com a reputação da empresa que ele se tornou cliente, com isso, empresas têm aplicado a logística reversa na cadeia produtiva a fim de agregar maior valor à sua imagem diante das ‘’exigências’’ da sociedade. Também é uma preocupação frente a necessidade em oferecer maior benefício ao meio ambiente. Além disso, as estratégias de logística reversa estabelecem novas oportunidades de negócio, geram mais postos de trabalho e beneficiam todo o entorno que se instaura.

A falta de conhecimento sobre como tratar os descartes do comércio eletrônico, indústria d2c e afins, resultam na má gestão do lixo e diversos danos ao meio ambiente, além de comprometer seriamente a qualidade de vida das pessoas, animais e do planeta. Contudo, a logística reversa está no mercado para implementar e gerenciar o fluxo de matérias-primas que são gerados pela cadeia de distribuição.

Em operações de logística, a logística reversa também tem sua importância, pois estuda e gerencia como os subprodutos de um processo de produção serão descartados ou reintegrados ao processo logístico. Os negócios que têm um bom sistema logístico acabam conseguindo uma grande vantagem competitiva sobre as que não possuem, além de diminuir os custos e melhorar o serviço ao consumidor, por isso é tão importante ficar por dentro deste tema. Neste conteúdo explicamos como esse processo funciona! 

Logística 4.0 e Meio Ambiente

O mundo e a sociedade estão sempre em transformação, essa questão faz com que empresas tenham que, de tempos em tempos, se adaptar a diferentes realidades e se manter conectadas com novas demandas. Isso está acontecendo neste momento na logística, sobretudo quando o assunto é meio ambiente

Se antes a prioridade das empresas era simplesmente o fator econômico, agora, muitas organizações passaram a se preocupar mais com questões socioambientais e com o impacto de suas operações na natureza, e com razão. A população sempre precisou da natureza para se reproduzir, e com o aumento dela e suas demandas, assim como todas as necessidade para gerar economia, evidenciam ainda mais a importância do cuidado com o meio ambiente. 

O que muda na relação fornecedor x cliente

Os elementos que compõem a cadeia de suprimentos, fornecedor, transportador e cliente têm seus papéis bem esclarecidos no que está associado às suas necessidades de logística. Entretanto, no contexto proposto pela logística 4.0 é necessário levar a conexão entre eles para o próximo nível.

As empresas estão em busca de agilidade para, a cada dia, reduzir o período de lead-time, enquanto os clientes têm a intenção de adquirir produtos a preços cada vez mais baixos.

Esse tipo de relação de interdependência pode falhar se ambos estão com foco em promover somente os próprios interesses. É essencial que cada parte esteja disposta a participar do desenvolvimento da outra.

Essas novas técnicas de logística tendem a prever a utilização de maior controle e acompanhamento minucioso das atividades para evitar erros e agregar valor aos produtos.

A partir dessa mudança de visão, o relacionamento com fornecedor deve ser considerado uma parceria. Essa estratégia colaborativa resulta em crescimento e melhores oportunidades para os todos os lados.

Benefícios da logística reversa (logística 4.0)

A aplicação da Logística 4.0 revê aspectos importantes da logística tradicional e os aperfeiçoa com o uso de novas práticas e recursos tecnológicos. Além disso, para o meio ambiente, a aplicabilidade de estratégias da logística 4.0 faz toda a diferença. Entre os principais benefícios conquistados estão:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

A logística 4.0 está cada vez mais próxima da realidade das empresas brasileiras. Muitas tendências como os softwares de gerenciamento de transporte (TMS), uso de aplicativos para o planejamento de entregas, automação logística já estão presentes dentro de inúmeras empresas brasileiras. Porém, a logística 4.0 sempre promete evoluir mais. O mercado já vem apresentando outras tendências, a utilização da impressora 3D, por exemplo, é uma realidade que facilita a composição de peças, partes de equipamentos e algumas vezes até produtos inteiros, agilizando os processos de manutenção.

O uso de drones para entregas é outro bom exemplo de tendências. A empresa Amazon já está aplicando a inovação em seus processos de entrega, e visa maior rapidez e o aumento da satisfação do cliente.

Uma das promessas da logística 4.0 que também já está em desenvolvimento são os veículos autônomos, que também já estão em desenvolvimento. Nesse caso, diferente das outras tendências que foram citadas, os estudos devem ser mais aprofundados, não tendo ainda um modelo que possa ser aplicado com o intuito de facilitar a vida das transportadoras.

A tecnologia caminha a passos largos, diante disso vemos carros autônomos em diversas funções, como na entrega de pizza, atuando como Uber e até dentro de empresas para o transporte de materiais. O resultado mais importante que é obtido com o uso dos recursos da logística 4.0 é que auxilia as empresas a se tornarem mais competitivas, aumentam o número de clientes satisfeitos e se destacam perante os concorrentes. 

Empresa de Fulfillment aliada com a Logística Reversa

O fulfillment incorpora em suas estratégias táticas de logística reversa, afinal, ao impulsionar a gestão de um negócio  envolve todas as operações necessárias para atender às necessidades do cliente, além disso, exige uma atuação integrada de diversos setores para garantir a excelência do serviço prestado, entre eles estão: logística, tecnologia, atendimento e marketing.

Com isso, podem executar o trabalho com muito mais eficiência. A Pier 8 tem soluções em logística para seu negócio. Entre em contato conosco e saiba mais! 




Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?