Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Logística para E-Commerce: 3 Razões pelas quais sua Estratégia não Funciona

21.7.2019 16:53

Uma boa logística é um dos maiores desafios no e-commerce. Não é raro encontrar lojas virtuais que derrapam nesse quesito e colocam seu sucesso e reputação em risco. A voz do consumidor na internet tem poder e relevância, e basta uma rápida pesquisada em páginas de reclamações para saber que quem fica insatisfeito faz questão de compartilhar a má notícia.

Na outra ponta, o lojista se desdobra para evitar este tipo de situação, mas nem sempre consegue controlar os imprevistos. Cada pedido que apresenta um contratempo logístico é sinal de que algo não vai bem. Muitas vezes há dificuldade de identificar onde está o problema e seguir acreditando que a próxima vez vai dar certo é contar com a sorte em um segmento delicado.

Veja 3 motivos que podem atrapalhar uma estratégia de Logística para E-Commerce:

1. Equipe sobrecarregada

Um estudo do Instituto Ibope Conecta em parceria com o Mercado Livre revelou em janeiro de 2016 que 81% das médias, pequenas e microempresas que atuam no e-commerce apresentaram crescimento no ano passado. Mas nem sempre a operação acompanha os novos números. Para evitar o custo de aumento de equipe, funcionários passam a acumular funções. Essa manobra potencializa a chance de erro no envio dos pedidos.

Segredo da Logística para E-Commerce

2. Embalagem imprópria

Aproveitar o mesmo pacote do fornecedor do produto nem sempre é a melhor opção. Aparentemente está tudo bem, mas assim que o pedido é despachado para o cliente, a embalagem pode não resistir a uma segunda viagem e apresentar avarias. Ninguém gosta de receber um item desprotegido ou danificado e aí, tome reclamação. A tentativa de ganhar tempo na operação acaba sendo um tiro no pé. O mesmo vale para embalagens improvisadas ou de baixa qualidade.

3. Contratos com transportadora

Se o cliente não recebe o pedido no prazo a culpa será sempre da loja e nunca da transportadora. De acordo com o Procon, a demora ou não-entrega do produto é o quesito campeão de reclamações entre consumidores virtuais. Pequenas e médias lojas virtuais têm maior dificuldade de negociar bons prazos e preços de frete com transportadoras.

Como Não Perder Dinheiro com a Logística no E-Commerce

Uma solução para driblar essas dificuldades é considerar a terceirização da logística para as lojas virtuais. O tema ainda assusta empresários por acreditarem que apenas as grandes do segmento têm condições de contar com um operador logístico. Mas hoje há opções de armazenagem com estrutura modular, que se adapta a todos os tamanhos de lojas virtuais. O operador ainda conta com uma equipe especializada para preparar cada pedido de forma profissional e eficiente. Além disso, por administrar uma boa quantidade de pedidos, tem maior poder de barganha com transportadoras, encontrando sempre as melhores condições de entrega com menor prazo e preço. Na ponta do lápis, vai valer a pena.

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert