Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
07
08
2021

Logística no agronegócio: dicas exclusivas para um bom gerenciamento

Tag
logística

O agronegócio é um setor do mercado que lidera atividades associadas ao plantio ou à pecuária. Contudo, não é bem assim. Afinal, as tarefas não acabam por aí. 

Para que toda a produção agrícola seja eficiente, é fundamental que o gestor tenha total controle, ou seja, domínio da cadeia produtiva, sobretudo dos processos logísticos

A logística no agronegócio é responsável por movimentar os materiais, por meio, por exemplo, do transporte de suprimentos dentro da produção e o carregamento para entregar o produto ao consumidor final. 

Além disso, no setor agrícola, diversas de suas atividades também se relacionam com muitos outros processos, como o de compras, armazenamento e distribuição de produtos. Infelizmente, poucos gestores não estão por dentro que esses processos podem ser mais ágeis e eficientes. 

Confira como gerenciar os processos logísticos da maneira recomendada! 

Logística no agronegócio: dicas para estruturar bom gerenciamento

Logística de suprimentos

É preciso pensar na logística de suprimentos, afinal, no ciclo produtivo da agroindústria, ela atua sobre a movimentação dos insumos e serviços. Assim, eles tendem a alcançar o setor destinado. Como consequência, há um maior controle dos materiais utilizados no trabalho, tanto para que não falte quanto para que não desperdice. 

O agronegócio pode ter setores que exigem altos custos de produção, como é o caso da agropecuária, e alguns deles têm despesas com transporte maior que o seu próprio preço de compra. Adubos, por exemplo, têm baixo custo de aquisição, mas, como o setor é contraditório, normalmente os custos com o seu carregamento são mais altos — aqui, vai depender do volume de produção transportada e da distância de trajeto.

Fato é que uma boa gestão da logística de suprimentos, principalmente no agronegócio, tende a diminuir os custos de produção e comercialização, considerando também que a carga seja entregue dentro do prazo para que as atividades da agroindústria fiquem a todo vapor.

Gestão de risco: logística de apoio à produção agropecuária

Esse conceito está voltado para a preocupação com a transferência dos materiais dentro da empresa, como o transporte interno, manuseio, armazenagem, estoque primário, estoque final, entrega, além de outros tipos de controle, que são fundamentais para um processo logístico eficiente. 

Dessa forma, a meta deve ser racionalizar esses processos da melhor maneira possível. No entanto, para isso acontecer, informações precisas sobre o estoque, aplicação do produto, quantidade e tempo de utilização devem estar sempre atualizadas.

Para resumir, uma gestão logística no agronegócio deve movimentar apenas as cargas necessárias com as quantidades certas, ou seja, evitar formar grandes estoques e armazená-los de modo que não atrapalhe a produção.  O resultado disso também é uma redução de custos significativa em todo o processo produtivo.

Logística de Distribuição

Boa parte dos produtos movimentados no agronegócio são perecíveis. Na agropecuária, por exemplo, é fundamental cuidar dos processos na pós-colheita. Com isso, toda a atenção é bem vinda no transporte, embalagens adequadas, armazenagem com temperaturas apropriadas e controle da umidade relativa do ar. 

Além disso, a sazonalidade da produção é outro fator que merece cuidado, para regiões em que colheitas são feitas em períodos específicos do ano, o desafio na gestão logística é garantir que o transporte fique adequado às características dos produtos em suas especificidades. Assim, evitando a perda da sua qualidade e atraso na entrega, para isso, a logística no agronegócio é fundamental para o desenvolvimento, otimizando os seus custos e adotando as melhores práticas.

Se tratando do agronegócio, seja a produção agrícola ou a pecuária, sem exceção, todos os setores, devem ter segurança de que os produtos serão entregues com qualidade e no prazo definido. 

Benefícios de integrar a Logística no agronegócio

Integrar os processos logísticos representa a união com outras áreas, com outros fatores para definir e desempenhar as atividades logística de maneira mais ágil e eficiente.

O próprio conceito diz que a logística integrada é a interação de todos os processos que a envolvem, desde a sua origem até a efetiva entrega do produto ao consumidor final

Como resultado, a gestão logística torna-se mais ampla, assim, é possível ter um maior controle de todos os processos relacionados com a logística. Hoje, se uma empresa consegue acessar informações precisas sobre as condições dos seus fornecedores, como estoque, transporte, entre outros, ela é capaz de se programar com mais eficiência para garantir que o processo logístico siga um fluxo contínuo. A integração dos processos logísticos e tecnologia é vital! Tratam-se de inúmeros fatores que envolvem controles e organização, confira os benefícios:

Maior produtividade

Estar atento à gestão, integrando os processos logísticos, irá repercutir no ganho de produtividade de seus profissionais. Isso acontece devido a uma visão mais ampla sobre as principais necessidades de suas máquinas, evitando assim que ocorram problemas de rotina, como falhas mecânicas.

Dados precisos

Não é de hoje que eles são importantes, contudo, mas do que nunca os dados são essenciais para o sucesso dos processos logísticos. A partir deles, é possível traçar ações para alcançar maior rentabilidade, assim como atrair mais clientes para que os objetivos almejados sejam alcançados. Além disso, isso irá desdobrar em decisões mais estratégicas, sendo baseadas de acordo com a sua realidade e não por achismos. Entende como os resultados vão ser mais assertivos?

A revolução digital no processo logístico

Estamos na era em que as transformações digitais vem trazendo alternativas para diversos segmentos. Nos processos logísticos é essencial para a sua rentabilidade! 

Por menor que seja o negócio, todos já se beneficiam de alguma tecnologia, seja um simples smartphone ou planilha no notebook. Porém, o mercado está evoluindo, e cada vez mais depressa, se você deseja levar a sua operação logística a novos patamares, você deve ficar atento às novas tendências do setor. Uma gestão logística eficiente por meios de tecnologias torna o trabalho de sua equipe mais prático e respaldado em dados exatos.

Como integrar a logística para melhorar a gestão? 

O uso de ferramentas que auxiliem na automação logística garantem a integração nos processos, permitindo que o fluxo das atividades seja otimizado de modo mais rápido e eficiente. Além desses benefícios, a interligação dos processos contribui para que gestores tenham uma visão sistêmica dos processos para a tomada de decisões.

Basicamente, uma plataforma logística, como da Pier 8, é contar com o apoio de empresa especializada em logística para que você ganhe mais segurança, assim como seu cliente. O melhor é que o contratante consegue acompanhar tudo em tempo real. Resolvemos listar, como principais vantagens de uma plataforma logística:

  1. Poder de negociação oriundo dos grandes volumes de carga, que podem gerar acordos vantajosos para o prestador de serviços;
  2. Utilização das áreas próprias da plataforma logística para estoque, diminuindo assim  assim o espaço necessário na própria planta do cliente;
  3. Alcance maior na cadeia de distribuição, a possibilidade de realização de transporte multimodal/intermodal, o que contribui para a diminuição dos custos logísticos, assim como no balanceamento da matriz de transportes;
  4. Proximidade de estruturas de apoio e a possibilidade de exploração de inúmeras alternativas no âmbito de terceiras partes que estão envolvidas no serviço
  5. Geração imediata de empregos na região de operação da plataforma logística.

Ficou com dúvidas? Entre em contato, podemos agendar uma conversa! 










Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Logística no agronegócio: dicas exclusivas para um bom gerenciamento

O agronegócio é um setor do mercado que lidera atividades associadas ao plantio ou à pecuária. Contudo, não é bem assim. Afinal, as tarefas não acabam por aí. 

Para que toda a produção agrícola seja eficiente, é fundamental que o gestor tenha total controle, ou seja, domínio da cadeia produtiva, sobretudo dos processos logísticos

A logística no agronegócio é responsável por movimentar os materiais, por meio, por exemplo, do transporte de suprimentos dentro da produção e o carregamento para entregar o produto ao consumidor final. 

Além disso, no setor agrícola, diversas de suas atividades também se relacionam com muitos outros processos, como o de compras, armazenamento e distribuição de produtos. Infelizmente, poucos gestores não estão por dentro que esses processos podem ser mais ágeis e eficientes. 

Confira como gerenciar os processos logísticos da maneira recomendada! 

Logística no agronegócio: dicas para estruturar bom gerenciamento

Logística de suprimentos

É preciso pensar na logística de suprimentos, afinal, no ciclo produtivo da agroindústria, ela atua sobre a movimentação dos insumos e serviços. Assim, eles tendem a alcançar o setor destinado. Como consequência, há um maior controle dos materiais utilizados no trabalho, tanto para que não falte quanto para que não desperdice. 

O agronegócio pode ter setores que exigem altos custos de produção, como é o caso da agropecuária, e alguns deles têm despesas com transporte maior que o seu próprio preço de compra. Adubos, por exemplo, têm baixo custo de aquisição, mas, como o setor é contraditório, normalmente os custos com o seu carregamento são mais altos — aqui, vai depender do volume de produção transportada e da distância de trajeto.

Fato é que uma boa gestão da logística de suprimentos, principalmente no agronegócio, tende a diminuir os custos de produção e comercialização, considerando também que a carga seja entregue dentro do prazo para que as atividades da agroindústria fiquem a todo vapor.

Gestão de risco: logística de apoio à produção agropecuária

Esse conceito está voltado para a preocupação com a transferência dos materiais dentro da empresa, como o transporte interno, manuseio, armazenagem, estoque primário, estoque final, entrega, além de outros tipos de controle, que são fundamentais para um processo logístico eficiente. 

Dessa forma, a meta deve ser racionalizar esses processos da melhor maneira possível. No entanto, para isso acontecer, informações precisas sobre o estoque, aplicação do produto, quantidade e tempo de utilização devem estar sempre atualizadas.

Para resumir, uma gestão logística no agronegócio deve movimentar apenas as cargas necessárias com as quantidades certas, ou seja, evitar formar grandes estoques e armazená-los de modo que não atrapalhe a produção.  O resultado disso também é uma redução de custos significativa em todo o processo produtivo.

Logística de Distribuição

Boa parte dos produtos movimentados no agronegócio são perecíveis. Na agropecuária, por exemplo, é fundamental cuidar dos processos na pós-colheita. Com isso, toda a atenção é bem vinda no transporte, embalagens adequadas, armazenagem com temperaturas apropriadas e controle da umidade relativa do ar. 

Além disso, a sazonalidade da produção é outro fator que merece cuidado, para regiões em que colheitas são feitas em períodos específicos do ano, o desafio na gestão logística é garantir que o transporte fique adequado às características dos produtos em suas especificidades. Assim, evitando a perda da sua qualidade e atraso na entrega, para isso, a logística no agronegócio é fundamental para o desenvolvimento, otimizando os seus custos e adotando as melhores práticas.

Se tratando do agronegócio, seja a produção agrícola ou a pecuária, sem exceção, todos os setores, devem ter segurança de que os produtos serão entregues com qualidade e no prazo definido. 

Benefícios de integrar a Logística no agronegócio

Integrar os processos logísticos representa a união com outras áreas, com outros fatores para definir e desempenhar as atividades logística de maneira mais ágil e eficiente.

O próprio conceito diz que a logística integrada é a interação de todos os processos que a envolvem, desde a sua origem até a efetiva entrega do produto ao consumidor final

Como resultado, a gestão logística torna-se mais ampla, assim, é possível ter um maior controle de todos os processos relacionados com a logística. Hoje, se uma empresa consegue acessar informações precisas sobre as condições dos seus fornecedores, como estoque, transporte, entre outros, ela é capaz de se programar com mais eficiência para garantir que o processo logístico siga um fluxo contínuo. A integração dos processos logísticos e tecnologia é vital! Tratam-se de inúmeros fatores que envolvem controles e organização, confira os benefícios:

Maior produtividade

Estar atento à gestão, integrando os processos logísticos, irá repercutir no ganho de produtividade de seus profissionais. Isso acontece devido a uma visão mais ampla sobre as principais necessidades de suas máquinas, evitando assim que ocorram problemas de rotina, como falhas mecânicas.

Dados precisos

Não é de hoje que eles são importantes, contudo, mas do que nunca os dados são essenciais para o sucesso dos processos logísticos. A partir deles, é possível traçar ações para alcançar maior rentabilidade, assim como atrair mais clientes para que os objetivos almejados sejam alcançados. Além disso, isso irá desdobrar em decisões mais estratégicas, sendo baseadas de acordo com a sua realidade e não por achismos. Entende como os resultados vão ser mais assertivos?

A revolução digital no processo logístico

Estamos na era em que as transformações digitais vem trazendo alternativas para diversos segmentos. Nos processos logísticos é essencial para a sua rentabilidade! 

Por menor que seja o negócio, todos já se beneficiam de alguma tecnologia, seja um simples smartphone ou planilha no notebook. Porém, o mercado está evoluindo, e cada vez mais depressa, se você deseja levar a sua operação logística a novos patamares, você deve ficar atento às novas tendências do setor. Uma gestão logística eficiente por meios de tecnologias torna o trabalho de sua equipe mais prático e respaldado em dados exatos.

Como integrar a logística para melhorar a gestão? 

O uso de ferramentas que auxiliem na automação logística garantem a integração nos processos, permitindo que o fluxo das atividades seja otimizado de modo mais rápido e eficiente. Além desses benefícios, a interligação dos processos contribui para que gestores tenham uma visão sistêmica dos processos para a tomada de decisões.

Basicamente, uma plataforma logística, como da Pier 8, é contar com o apoio de empresa especializada em logística para que você ganhe mais segurança, assim como seu cliente. O melhor é que o contratante consegue acompanhar tudo em tempo real. Resolvemos listar, como principais vantagens de uma plataforma logística:

  1. Poder de negociação oriundo dos grandes volumes de carga, que podem gerar acordos vantajosos para o prestador de serviços;
  2. Utilização das áreas próprias da plataforma logística para estoque, diminuindo assim  assim o espaço necessário na própria planta do cliente;
  3. Alcance maior na cadeia de distribuição, a possibilidade de realização de transporte multimodal/intermodal, o que contribui para a diminuição dos custos logísticos, assim como no balanceamento da matriz de transportes;
  4. Proximidade de estruturas de apoio e a possibilidade de exploração de inúmeras alternativas no âmbito de terceiras partes que estão envolvidas no serviço
  5. Geração imediata de empregos na região de operação da plataforma logística.

Ficou com dúvidas? Entre em contato, podemos agendar uma conversa! 










Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?