Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
11
05
2020

Logística assertiva: dicas de segurança no transporte de cargas

transporte
transporte proprio
transporte terceirizado

A gestão de riscos na logística é um assunto fundamental, uma vez que os problemas que aconteçam nessa etapa afetam a produtividade da empresa como um todo. Entre todas as suas etapas, a segurança do transporte de cargas é essencial. Como a atividade de movimentação de carga pressupõe a coordenação de operações internas e externas, o controle deve ser preciso e rigoroso para que tudo corra bem.


Nas estradas, os imprevistos podem ser muitos, e as consequências podem ser críticas para a performance na logística de uma empresa. Nesse caminho, transportadoras precisam se preparar para contornar os dilemas frequentes na gestão de transportes.


Entre tantas soluções, iniciativas como investimento em inovação e automatização do controle e da comunicação são exemplos de ideias capazes de aprimorar os processos e reduzir perdas e riscos. 


Ao longo deste conteúdo, vamos falar mais a fundo sobre a questão da segurança no transporte. Aqui, você irá conhecer os principais perigos dessa atividade, as melhores práticas de defesa, a importância da tecnologia e como evitar certos erros comuns. 

Dicas de segurança no transporte de cargas

Logística assertiva: dicas de segurança no transporte de cargas

Uma transportadora, que depende da movimentação e distribuição de cargas para que seu negócio funcione, deve considerar a segurança no transporte um aspecto indispensável. Agora que você conhece os principais riscos do setor, entende como lidar com esse segmento é desafiador.


Por isso, levantar o máximo de informação sobre o assunto é a melhor maneira para traçar estratégias inteligentes. Confira, agora, 5 dicas para elevar a seguridade das suas operações:

Forneça treinamento aos motoristas

Abordamos aqui como a imprudência e a falta de qualificação são causas usuais de acidentes e danos. Portanto, uma forma simples de resolver isso é fornecer treinamento para seus motoristas.

É uma boa ideia promover a segurança no transporte é aulas para que os profissionais aprendam mais sobre técnicas de condução mais modernas bem como noções básicas de manutenção e cuidado com os veículos. Dessa maneira, eles serão capazes de resolver pequenos contratempos sem precisar interromper a viagem por muito tempo ou recorrer a mecânicos não autorizados.


Além de bem preparados tecnicamente, é vital que participem de palestras e workshops para que sejam instruídos sobre como lidar com situações adversas e abordagens suspeitas. A transportadora também pode reforçar conhecimentos que favoreçam atitudes mais conscientes nas estradas para minimizar imprudência e maus hábitos.

Contrate um seguro de cargas

O seguro de cargas é um complemento com a finalidade de cobrir o valor da carga e, desse modo, resguardar a empresa de um suposto prejuízo financeiro.


Devido aos índices alarmantes de assaltos e de acidentes nas estradas, recomenda-se a contratação desse reforço para garantir que as mercadorias sejam entregues em perfeito estado. Caso isso não seja possível, a empresa é ressarcida pela seguradora.


Há vários tipos de cobertura e cabe ao contratante escolher cláusulas e serviços que melhor atendam as suas necessidades. Cabe lembrar que o seguro pode ser adotado pelo cliente final, pelo vendedor ou fabricante ou pela transportadora — que deve, posteriormente, incluir esse custo no preço do frete.

Realize a manutenção preventiva nos caminhões

Manutenções preventivas precisam ser realizadas periodicamente, pois, dessa forma, os veículos estarão sempre em perfeitas condições para cumprir suas jornadas.


Elaborar um calendário de revisões é indispensável para minimizar falhas técnicas e quebras inesperadas que comprometem a segurança no transporte. Além disso, a transportadora se beneficia com a redução de custos e ganha mais tempo nas entregas.

Logo, as checagens regulares devem inspecionar elementos críticos como:


  • freios;
  • pneus;
  • suspensão;
  • filtros;
  • óleo do motor;
  • luzes;
  • módulo de injeção;
  • sistema elétrico;
  • direção.

Utilize um sistema de planejamento de rotas e monitoramento

Logística assertiva: dicas de segurança no transporte de cargas

A tecnologia no transporte de cargas é, provavelmente, a melhor aliada da seguridade e da eficiência no setor. Uma das grandes inovações dessa área é o rastreamento veicular, um recurso que permite o acompanhamento, em tempo real, da localização de caminhões ao longo de um trajeto — graças a sistemas como o GPS (Global Positioning System, ou Sistema de Posicionamento Global, em tradução para o português), que permite identificar o posicionamento de qualquer objeto via satélite.


Sem dúvidas, a possibilidade de monitorar veículos a distância contribui significativamente para a segurança no transporte de cargas, já que esse recurso intensifica o controle da frota e minimiza as chances de ataques nas estradas.

O acompanhamento on-line traz outro benefício: com ele, a transportadora supervisiona o serviço dos condutores, pois tem meios de checar se eles estão cumprindo os percursos definidos ou infringindo limites de velocidade.


Com relação às rotas, elas também podem ser otimizadas com o auxílio de um software qualificado. Programas de planejamento automatizam a criação de trajetos, levando em conta diversos fatores definidos pela transportadora, por exemplo:


  • pontos de entrega de carga;
  • paradas programadas;
  • percursos mais rápidos;
  • vias notoriamente perigosas ou em más condições — que precisam ser evitadas.

Tenha um plano de gerenciamento de riscos

Conforme falamos, a melhor forma de amenizar ameaças é por meio do conhecimento e do planejamento. Nesse contexto, o plano de gerenciamento de riscos é, resumidamente, um conjunto de práticas que uma empresa seleciona para se organizar e aperfeiçoar o controle a fim de evitar danos.


Esse projeto consiste em analisar todos os riscos em potencial e incorporar ferramentas e técnicas que preservem a empresa e a deixe preparada para lidar com transtornos. As vantagens desse plano estratégico são muitas, pois, com ele, a transportadora:


  • identifica as principais ameaças do segmento;
  • toma decisões mais acertadas diante de adversidades;
  • orienta melhor seus funcionários;
  • diminui prejuízos operacionais;
  • aproveita oportunidades;
  • controla com mais rigor a documentação obrigatória;
  • maximiza o uso de recursos financeiros e infraestrutura.

Pier 8, sua parceira logística! 

Logística assertiva: dicas de segurança no transporte de cargas

Algumas das vantagens de terceirizar a logística da sua loja com a Pier 8:

  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos. 


Independentemente da operação, seja ela terceirizada ou interna, utilize essas dicas em seu processo de fulfillment. Essas estratégias irão te ajudar a reduzir custos e otimizar sua gestão na loja virtual.

  1. Picking & Packing: Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar. 
  2. Transporte: Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final. 
  3. WMS: Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada.
  4. Segurança: Seu produto na Pier8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro. 
  5. 100% Online: Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.
Leia mais: O que é a Logística Reversa no E-Commerce?

Essas são somente algumas das vantagens que um sistema de gestão logística, como a Pier 8, proporciona para as empresas que estão envolvidas, porém os frutos gerados de uma boa parceria podem ir além dessa lista, contribuindo, inclusive, para uma gestão de cadeia de nutrição ainda mais eficaz! 


Esperamos que tenha gostado deste conteúdo!

Até a próxima! :)

Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?