Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Logística 4.0: entenda a tecnologia por trás do setor logístico

14.2.2020 13:11

Em meio às teorias gerenciais que estão em vigor, sempre há novos métodos para conduzir uma empresa. A tecnologia atual avança de forma significativa e a cada ano novas tendências são lançadas no mercado. Essas novas tecnologias prometem tornar os processos mais ágeis, eficientes e rentáveis, tanto para as empresas quanto para os clientes.


A logística 4.0 trata-se de uma das principais inovações do momento. O seu conceito está ligado ao alto nível de automatização dos processos, a digitalização das atividades, a agilidade no compartilhamento de informações e até mesmo a utilização de mecanismos robóticos para tornar a gestão da empresa cada vez mais eficiente.


Por esta razão, preparamos este artigo com os dados mais interessantes sobre o assunto. Prossiga com a leitura e conheça mais.

Leia mais: Regras básicas para obter sucesso com terceirização logística

Mudanças da Logística 4.0

Logística 4.0: entenda a tecnologia por trás do setor logístico

Logística 4.0 é uma tendência cujo foco está em construir processos mais eficientes para a área de logística e, simultaneamente, desenvolve a empresa como um todo. Os meios de produção e consumo podem ser transformados e resultar em maior acessibilidade e disseminação de informação.


A tecnologia já tem aplicação real, como é o caso das empilhadeiras que são automaticamente guiadas. Por meio de sistemas de computadores é possível programar os movimentos do veículo de acordo com o layout do armazém que foi mapeado de forma prévia.


Um software indica a ordem de tarefas a serem realizadas, como a descarga de caminhões em horários específicos, orientando a carga até a prateleira adequada e se descolando entre os corredores de modo preciso.


Trata-se de uma tecnologia que tem potencial para tornar o trabalho mais seguro para a equipe, como também reduzir custos operacionais de forma considerável. Além de tornar a atividade mais exata, evitando erros, por funcionar de maneira automática.

Tecnologia por trás do setor logístico

Logística 4.0 se baseia em um conceito chamado Internet of Things (IoT) ou Internet das Coisas, em português.


O termo coisa, como é utilizado aqui, tem como objetivo representar os equipamentos e dispositivos presentes na sua casa ou empresa, que tem acesso à Internet e usam essa ferramenta para se comunicar com outros dispositivos ou usuários.


Há em utilização no mercado etiquetas para os lotes de mercadorias que ativam sensores capazes de dar baixa quando os itens entram no estoque de insumos, quando são direcionados para a linha de produção e, em outro momento, integram o estoque de produtos acabados que devem ser enviados aos clientes.


Dessa forma, cada remessa pode ser forma individual, assegurando que ela foi embarcada e entregue ao destinatário conforme as especificações do pedido.


Ao ser aplicado à logística, tal integração entre os recursos tecnológicos possibilita o acesso aos pedidos do cliente para identificar em qual etapa de produção está localizado.


Ela possibilita o acompanhamento dos níveis de estoque em tempo real, torna-se mais proativo ao repor os itens conforme necessidade e o transporte de cargas torna-se mais seguro com monitoramento 24 horas diários.

Não deixe de ler: Logística: dicas especiais para seu e-commerce de sucesso

O que muda na relação fornecedor x cliente

Logística 4.0: entenda a tecnologia por trás do setor logístico

Os elementos que compõem a cadeia de suprimentos, fornecedor, transportador e cliente têm seus papéis bem esclarecidos no que está associado às suas necessidades de logística. Entretanto, no contexto proposto pela logística 4.0 é necessário levar a conexão entre eles para o próximo nível.


As empresas estão em busca de agilidade para, a cada dia, reduzir o período de lead-time, enquanto os clientes têm a intenção de adquirir produtos a preços cada vez mais baixos.


Esse tipo de relação de interdependência pode falhar se ambos estão com foco em promover somente os próprios interesses. É essencial que cada parte esteja disposta a participar do desenvolvimento da outra.


Essas novas técnicas de logística tendem a prever a utilização de maior controle e acompanhamento minucioso das atividades para evitar erros e agregar valor aos produtos.


A partir dessa mudança de visão, o relacionamento com fornecedor deve ser considerado uma parceria. Essa estratégia colaborativa resulta em crescimento e melhores oportunidades para os todos os lados.

Benefícios da logística 4.0

A aplicação da Logística 4.0 revê aspectos importantes da logística tradicional e os aperfeiçoa com o uso de novas práticas e recursos tecnológicos. Entre os principais benefícios conquistados estão:


  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

Próximas tendências para a logística 4.0

A logística 4.0 está cada vez mais próxima da realidade das empresas brasileiras. Muitas tendências como os softwares de gerenciamento de transporte (TMS), uso de aplicativos para o planejamento de entregas, automação logística já estão presentes dentro de inúmeras empresas brasileira. Porém, a logística 4.0 sempre promete evoluir mais.


O mercado já vem apresentando outras tendências, a utilização da impressora 3D, por exemplo, é uma realidade que facilita a composição de peças, partes de equipamentos e algumas vezes até produtos inteiros, agilizando os processos de manutenção.


O uso de drones para entregas é outro bom exemplo de tendências. A empresa Amazon já está aplicando a inovação em seus processos de entrega, e visa maior rapidez e o aumento da satisfação do cliente.


Uma das promessas da logística 4.0 que também já está em desenvolvimento são os veículos autônomos, que também já está em desenvolvimento. Nesse caso, diferente das outras tendências que foram citadas, os estudos devem ser mais aprofundados, não tendo ainda um modelo que possa ser aplicado com o intuito de facilitar a vida das transportadoras.


A tecnologia caminha a passos largos, diante disso vemos carros autônomos em diversas funções, como na entrega de pizza, atuando como Uber e até dentro de empresas para o transporte de materiais.


O resultado mais importante que é obtido com o uso dos recursos da logística 4.0 é que auxilia as empresas a se tornarem mais competitivas, aumentam o número de clientes satisfeitos e se destacam perante os concorrentes. 

Com a Pier 8 seus resultados vão aumentar

Logística 4.0: entenda a tecnologia por trás do setor logístico

Os empreendedores devem estar preparados para mudar e se adaptar aos novos desafios que o mercado impõe. Por essa razão, a realização de investimentos em infraestrutura e tecnologia é fundamental.


O custo inicial para implantação da automação logística pode parecer elevado, porém, você também espera que os retornos de investimento sejam rápidos. Em muitos casos, os custos são totalmente pagos de 3 a 5 anos, e por outro lado, o equipamento automatizado de armazém funcionará por muito mais tempo. 


Um aspecto importante a ser considerado é a qualidade do equipamento. Qualidade baixa pode levar a estagnação, nesse sentido, certifique-se de que o seu picking, manuseio e outros sistemas sejam da melhor qualidade. 


Algumas das vantagens em automatizar logística com a Pier 8:

  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos. 


Independentemente da operação, seja ela terceirizada ou interna, utilize essas dicas em seu processo de fulfillment. Essas estratégias irão te ajudar a reduzir custos e otimizar sua gestão na loja virtual.

  1. Picking & Packing: Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar. 
  2. Transporte: Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final. 
  3. WMS: Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada.
  4. Segurança: Seu produto na Pier8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro. 
  5. 100% Online: Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.
Não deixe de ler: 5 motivos que indicam que uma empresa logística pode te levar ao sucesso

Neste conteúdo te mostramos as mentiras contadas sobre automação logística. Destacamos as vantagens que não te contam sobre terceirização de logística. Mas não se esqueça que os frutos gerados de uma boa parceria podem ir além dessa lista,contribuindo, inclusive, para uma gestão de cadeia de nutrição ainda mais eficaz!


Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio! 


Até a próxima!

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert