Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
25
06
2021

Indústria e comércio eletrônico: tendências e soluções logísticas

Tag
logística

As tendências para a indústria e comércio eletrônico nesta nova década estão relacionadas com a incorporação de tecnologias como a inteligência artificial e a internet das coisas. Por meio dessas soluções, hoje, é possível conhecer as preferências dos clientes e evitar faltas de inventário.

De acordo com pesquisas, a América Latina é uma das regiões com maior taxa de crescimento no comércio eletrônico, isso se firma, principalmente devido às operações no Brasil, México e Argentina.

A expectativa dos negócios modernos é de automatizar seus armazenamento, otimizar o cumprimento de pedidos, melhorar o processo de entrega e proporcionar a melhor experiência ao cliente. Acompanhe este conteúdo e fique por dentro das tendências para negócios se destacarem no mercado! 

Quais são as tendências e soluções logísticas para a indústria e comércio eletrônico?

Do ponto de vista estratégico e operacional:

Na perspectiva de negócio, para melhorar o processo logístico, uma das opções, hoje, é terceirizar a cadeia de suprimentos, esta solução é intitulada de Fulfillment, e permite que um operador logístico tenha domínio das etapas logísticas. 

Criar alianças com outras companhias

Tornar empresas especializadas no seu negócio parceiras, colaborou para que grande parte das companhias de comércio eletrônico pudessem dar saltos qualitativos nas demandas de seus clientes.

Implementar a logística verde

A implementação de logística verde é essencial para os negócios modernos. Afinal, os consumidores consomem de empresas que são responsáveis por pautas democráticas. Hoje, empresas que não aplicam estratégias que respeitem o meio ambiente, como mudar os materiais de embalagem ou usar meios de transporte sustentáveis, podem sair prejudicadas nos fóruns de discussão de redes sociais e afins. 

Adotar a omnicanalidade

Tudo concentrado em um só canal é o novo paradigma de consumo, esta prática tem modificado os processos logísticos. Isso acontece porque, nos dias de hoje, os clientes relacionam-se com as empresas através de vários canais: podem comprar no site, usar redes sociais para fazer comentários e devolver o produto. O importante é estabelecer diferentes canais de comunicação para alcançar a boa experiência do cliente. 

Melhorar a profissionalização

Atualmente, é indispensável que os profissionais que estejam ligados à indústria logística conheçam e saibam manejar os novos sistemas e tecnologias que estão sendo desenvolvidos. As novas tecnologias são centrais para adaptar empresas à digitalização.

Do ponto de vista tecnológico:

Implementar a automação logística

Entregas rápidas obrigam os negócios a localizar seus armazéns próximo das cidades e a automatizar a armazenagem por meio de robôs que empilham e movimentam produtos. Sem a necessidade do trabalho manual, que pode resultar em falhas.

Uso de big data

O big data é responsável por antecipar as necessidades dos armazéns e otimizar o inventário com o fim de evitar o desabastecimento.

Além disso, outras tecnologias podem ser aplicadas ao seu negócio, aquelas cujo propósito é buscar rotas mais eficientes, por exemplo. Para isso, softwares têm feito toda a diferença para movimentar seus produtos.

Integrar as cadeias de suprimentos

A fim de melhorar os níveis de serviço, a integração dos processos logísticos tem resultado em uma melhor adaptação, sobretudo, para o setor de transportes. 

 adaptação e transporte de produtos.

Digitalizar a cadeia de suprimentos

De nada adianta mais, nos dias de hoje, ter um bom produto com um bom preço. Também é importante que ele seja entregue quando e como o cliente desejar, e para conseguir isto é necessário prever o futuro com a tecnologia e se adaptar às mudanças através da digitalização logística.

Logística 4.0 e digitalização dos processos: tendências e soluções logísticas

A logística 4.0 é uma das principais inovações do momento. O seu conceito está ligado ao alto nível de automatização dos processos, a digitalização das atividades, a agilidade no compartilhamento de informações e até mesmo a utilização de mecanismos robóticos para tornar a gestão da empresa cada vez mais eficiente.

A aplicação da Logística 4.0 revê aspectos importantes da logística tradicional e os aperfeiçoa com o uso de novas práticas e recursos tecnológicos. Entre os principais benefícios conquistados estão:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

Softwares de gestão logística

A logística 4.0 está cada vez mais próxima da realidade das empresas brasileiras. Muitas tendências como os softwares de gerenciamento de transporte (TMS), uso de aplicativos para o planejamento de entregas, automação logística já estão presentes para potencializar os processos logísticos. Porém, a logística 4.0 sempre promete evoluir mais.

O mercado já vem apresentando outras tendências, a utilização da impressora 3D, por exemplo, é uma realidade que facilita a composição de peças, partes de equipamentos e algumas vezes até produtos inteiros, agilizando os processos de manutenção.

O uso de drones para entregas é outro bom exemplo de tendências. A empresa Amazon já está aplicando a inovação em seus processos de entrega, e visa maior rapidez e o aumento da satisfação do cliente.

Uma das promessas da logística 4.0 que também já está em desenvolvimento são os veículos autônomos, que também já estão em desenvolvimento. Nesse caso, diferente das outras tendências que foram citadas, os estudos devem ser mais aprofundados, não tendo ainda um modelo que possa ser aplicado com o intuito de facilitar a vida das transportadoras.

A Pier8 pode ajudar você nessa etapa importante a partir das soluções em logísticas. Entre em contato conosco através do formulário





Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Indústria e comércio eletrônico: tendências e soluções logísticas

As tendências para a indústria e comércio eletrônico nesta nova década estão relacionadas com a incorporação de tecnologias como a inteligência artificial e a internet das coisas. Por meio dessas soluções, hoje, é possível conhecer as preferências dos clientes e evitar faltas de inventário.

De acordo com pesquisas, a América Latina é uma das regiões com maior taxa de crescimento no comércio eletrônico, isso se firma, principalmente devido às operações no Brasil, México e Argentina.

A expectativa dos negócios modernos é de automatizar seus armazenamento, otimizar o cumprimento de pedidos, melhorar o processo de entrega e proporcionar a melhor experiência ao cliente. Acompanhe este conteúdo e fique por dentro das tendências para negócios se destacarem no mercado! 

Quais são as tendências e soluções logísticas para a indústria e comércio eletrônico?

Do ponto de vista estratégico e operacional:

Na perspectiva de negócio, para melhorar o processo logístico, uma das opções, hoje, é terceirizar a cadeia de suprimentos, esta solução é intitulada de Fulfillment, e permite que um operador logístico tenha domínio das etapas logísticas. 

Criar alianças com outras companhias

Tornar empresas especializadas no seu negócio parceiras, colaborou para que grande parte das companhias de comércio eletrônico pudessem dar saltos qualitativos nas demandas de seus clientes.

Implementar a logística verde

A implementação de logística verde é essencial para os negócios modernos. Afinal, os consumidores consomem de empresas que são responsáveis por pautas democráticas. Hoje, empresas que não aplicam estratégias que respeitem o meio ambiente, como mudar os materiais de embalagem ou usar meios de transporte sustentáveis, podem sair prejudicadas nos fóruns de discussão de redes sociais e afins. 

Adotar a omnicanalidade

Tudo concentrado em um só canal é o novo paradigma de consumo, esta prática tem modificado os processos logísticos. Isso acontece porque, nos dias de hoje, os clientes relacionam-se com as empresas através de vários canais: podem comprar no site, usar redes sociais para fazer comentários e devolver o produto. O importante é estabelecer diferentes canais de comunicação para alcançar a boa experiência do cliente. 

Melhorar a profissionalização

Atualmente, é indispensável que os profissionais que estejam ligados à indústria logística conheçam e saibam manejar os novos sistemas e tecnologias que estão sendo desenvolvidos. As novas tecnologias são centrais para adaptar empresas à digitalização.

Do ponto de vista tecnológico:

Implementar a automação logística

Entregas rápidas obrigam os negócios a localizar seus armazéns próximo das cidades e a automatizar a armazenagem por meio de robôs que empilham e movimentam produtos. Sem a necessidade do trabalho manual, que pode resultar em falhas.

Uso de big data

O big data é responsável por antecipar as necessidades dos armazéns e otimizar o inventário com o fim de evitar o desabastecimento.

Além disso, outras tecnologias podem ser aplicadas ao seu negócio, aquelas cujo propósito é buscar rotas mais eficientes, por exemplo. Para isso, softwares têm feito toda a diferença para movimentar seus produtos.

Integrar as cadeias de suprimentos

A fim de melhorar os níveis de serviço, a integração dos processos logísticos tem resultado em uma melhor adaptação, sobretudo, para o setor de transportes. 

 adaptação e transporte de produtos.

Digitalizar a cadeia de suprimentos

De nada adianta mais, nos dias de hoje, ter um bom produto com um bom preço. Também é importante que ele seja entregue quando e como o cliente desejar, e para conseguir isto é necessário prever o futuro com a tecnologia e se adaptar às mudanças através da digitalização logística.

Logística 4.0 e digitalização dos processos: tendências e soluções logísticas

A logística 4.0 é uma das principais inovações do momento. O seu conceito está ligado ao alto nível de automatização dos processos, a digitalização das atividades, a agilidade no compartilhamento de informações e até mesmo a utilização de mecanismos robóticos para tornar a gestão da empresa cada vez mais eficiente.

A aplicação da Logística 4.0 revê aspectos importantes da logística tradicional e os aperfeiçoa com o uso de novas práticas e recursos tecnológicos. Entre os principais benefícios conquistados estão:

  • redução do volume de estoques de matérias-primas e, ao mesmo tempo desenvolver os fornecedores para torná-los aptos a atender seus pedidos de acordo com as necessidades de linha de produção, e não para ter mercadorias excedentes;
  • maior integração, compartilhamento de informações e o controle de processos para que eles se tornem mais eficientes, eliminando assim etapas burocráticas;
  • uso de recursos digitais com o intuito de ter visibilidade da cadeia de abastecimento, considerando as etapas do processo produtivo, infraestrutura de transporte e a seleção de modais de transportes;
  • diminuição da incidência de erros e de trabalho manual. Os sistemas de gestão passam a possuir todos os dados necessários;
  • propicia o fluxo de produtos e serviços, assim como de informações;
  • aumento da facilidade de identificação de problemas e permite a adoção de soluções racionais;
  • transformação da organização do processo de armazenamento e estocagem com o objetivo de torná-los menos prejudiciais para a companhia.

Softwares de gestão logística

A logística 4.0 está cada vez mais próxima da realidade das empresas brasileiras. Muitas tendências como os softwares de gerenciamento de transporte (TMS), uso de aplicativos para o planejamento de entregas, automação logística já estão presentes para potencializar os processos logísticos. Porém, a logística 4.0 sempre promete evoluir mais.

O mercado já vem apresentando outras tendências, a utilização da impressora 3D, por exemplo, é uma realidade que facilita a composição de peças, partes de equipamentos e algumas vezes até produtos inteiros, agilizando os processos de manutenção.

O uso de drones para entregas é outro bom exemplo de tendências. A empresa Amazon já está aplicando a inovação em seus processos de entrega, e visa maior rapidez e o aumento da satisfação do cliente.

Uma das promessas da logística 4.0 que também já está em desenvolvimento são os veículos autônomos, que também já estão em desenvolvimento. Nesse caso, diferente das outras tendências que foram citadas, os estudos devem ser mais aprofundados, não tendo ainda um modelo que possa ser aplicado com o intuito de facilitar a vida das transportadoras.

A Pier8 pode ajudar você nessa etapa importante a partir das soluções em logísticas. Entre em contato conosco através do formulário





Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?