Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Guia Definitivo: Logística para E-Commerce

19.8.2019 12:10

Sabemos hoje que para termos sucesso no nosso e-commerce é preciso ter atenção dobrada a logística. As operações logísticas são extremamente importantes para o funcionamento de uma loja virtual, já que estão ligadas diretamente à cadeia de processos que organizam desde o estoque até à entrega de um produto ou serviço comprado dentro de um site.

Logística para E-Commerce

Se o seu desejo é conseguir conquistar uma posição de destaque no mercado, precisa então oferecer uma excelente experiência de compra para os seus consumidores. Neste caso não tem para onde fugir, definitivamente você irá precisar investir na logística para e-commerce.

Sabemos que a parte de gerenciamento na logística não é nada fácil,  trata-se de um procedimento complexos, onde muitos empreendedores enfrentam desafios. Os obstáculos mais comuns são driblar os altos custos e garantir entregas em perfeitas condições para seus clientes.

Dessa forma, para acertar e ter uma logística estruturada, não tem outra opção a não ser mapear detalhadamente suas etapas e fatores fundamentais a fim de escolher as estratégias mais assertivas e apropriadas para auxiliar na posição da sua loja virtual.

Pensando nisso trouxemos um guia definitivo sobre a logística para e-commerce. Daremos atenção a todos os pontos principais, além de algumas táticas que você precisa dominar para as vendas online alavancarem com segurança e estrutura. 

Continue e confira!  

Entenda o que é logística de e-commerce

A maioria dos profissionais da área enxergam a  logística como o “calcanhar de Aquiles” de um e-commerce. Isso porque na prática, ela é a parte operacional de uma loja virtual, onde tudo pode acontecer. Ao vermos um site pode ser muito bem elaborado, pode até encher nossos olhos, mas se um produto encomendado não chegar ao cliente final, todos os esforços que foram empregados no seu design não significarão nada. 

A internet foi um divisor de águas que impactou a forma de consumo das pessoas. Estudam mostraram que nós brasileiros compramos mais pela internet do que em lojas físicas, isso demonstra que esse é um excelente momento para o e-commerce, que cresce consideravelmente em todo país.

Os consumidores estão se sentindo cada vez mais atraídos pelos bons preços, as diversas opções de produtos e a comodidade de receber a mercadoria onde estiverem. Contudo, com o crescimento do mercado, assim como público e concorrência, a pressão por entregas melhores, com mais agilidade e custo baixo é bem maior.

Nesse cenário podemos identificar que produtos interessantes não são o suficiente, por isso a logística de uma loja tem que ser eficiente para garantir bons resultados. 

Para esclarecer, faz parte da logística para e-commerce as seguintes etapas:

  1. seleção de fornecedores — ​tanto dos produtos prontos como de insumos;
  2. recebimento e conferência dos materiais;
  3. armazenagem;
  4. controle do estoque e previsão de compras;
  5. preparação de pedidos (picking);
  6. comunicação com Correios ou transportadoras;
  7. embalagem;
  8. documentação e nota fiscal;
  9. monitoramento dos pedidos enviados (rastreamento);
  10. gerenciamento de entregas;
  11. pós-venda e logística reversa (trocas e devoluções).​

Percebemos então que, a logística é responsável por cuidar de todo o planejamento e fluxo dos produtos, desde a encomenda da matéria-prima com fornecedores até o envio dos produtos para o consumidor.

Conheça os tipos de logística que você pode aplicar em sua loja virtual

Basicamente a logística para e-commerce tem como foco principal a distribuição, que contam com os processos de armazenagem, embalagem e remessa efetiva dos produtos 

Sendo assim, existem algumas opções para você realizar uma entrega com sucesso e qualidade, são elas:

1. Correios

Os correios é uma das opções mais utilizadas e possuem vários serviços para entregas de pacotes voltados para e-commerces. Todos os envios podem ser acompanhados pelo site, tanto pelo consumidor como pelo gestor da loja virtual.

Por terem agências espalhadas em todos os lugares, os Correios costumam ser a primeira opção para empreendedores iniciantes. Ainda assim, é válido ressaltar que o correio apresenta diversas restrições para transportar encomendas que ultrapassem seus limites de peso e tamanho. 

2. Transportadoras

Atualmente devido ao problemas com atrasos e greves nos Correios, muitos e-commerces passaram a migrar sua logística de distribuição para transportadoras, com preferência as especializadas em entregas fracionadas.

Esse tipo de transportadora contam com veículos de pequeno e médio porte para realizar a logística de pequenos pacotes. Elas também possibilitam o envio de encomendas à medida que os pedidos estiverem sendo processados. 

De forma geral essa opção acaba oferecendo um serviço mais competitivo e entregas mais ágeis e seguras do que as dos Correios. Algumas conseguem se destacar no mercado por investir consideravelmente em tecnologia, sobretudo nos softwares de rastreamento.

Neste caso, é válido avaliar quais seriam os gastos com a transportadora escolhida para oferecer uma experiência superior para seus consumidores. 

3. Motoboys, bicicletas e retirada no local

Se a sua loja virtual for trabalhar apenas com entregas na mesma cidade, uma boa opção é contratar empresas que trabalham com uma frota de motos ou bicicletas. Esse é um meio de transporte ideal para pequenas distâncias e encomendas pequenas que de preferência não sejam frágeis. 

Também é possível optar pela modalidade de retirada no local para atender clientes que preferem economizar com o frete, poupar tempo e poder de dirigir até a sede da empresa pegar o seu pedido. Essa é uma excelente alternativa que deve estar à disposição para quem circula próximo ao local de distribuição ou reside próximo onde a entrega a domicílio é mais complicada ou inacessível. 

4. Logística terceirizada

Conforme o negócio for crescendo e, a gestão da logística para loja virtual se tornar mais sobrecarregada, a melhor opção pode ser terceirizar os processos de estocagem e entregas.

Para diminuir os riscos de erros garantir os prazos de entrega, muitos e-commerces escolhem entregar sua operação logística para empresas que realizam todo o serviço do início ao fim. 

Essa solução, embora requer um investimento mais significativo, é muito atraente para empresa que não possuem condições de estruturar a logística, mas desejam ter mais agilidade e eficiência nas entregas.

Aprenda a criar um bom plano de logística para sua loja online

Para manter a operação logística nos padrões aceitáveis, não é necessário uma equipe enorme de especialista, você só precisa planejar e coordenar cada etapa, tendo como objetivo a melhor experiência do consumidor. Temos 4 passos básicos para você colocar em prática e ter um bom plano de logística

1. Estruture o fluxo logístico

Para começar, trace todo o caminho que a mercadoria vai fazer até chegar às mãos do seu comprador. Essa etapa permite a organização de cada detalhe e elaborar a melhor estratégia de envio, assim você terá mais controle e estará com os olhos bem abertos para as possíveis falhas e desperdícios para reduzir custos.

Analise cada processo e qual será os custos de fornecedores parceiros. Estruturar os estágios em detalhes vão te auxiliar a identificar oportunidades ou prever problemas e corrigi-los antes que aconteçam. 

2. Conte com a tecnologia

Contratar plataformas para e-commerce que ofereçam soluções integradas é um ótimo ponto para automatizar uma variedade de tarefas e deixar seu negócio mais eficiente. Caso você consiga gerenciar as entregas e a movimentação dos pedidos diretamente pela interface da plataforma, será mais fácil para ganhar tempo e aperfeiçoar o monitoramento da sua loja virtual.

Outro grande diferencial é o rastreamento de remessas. Até a mercadoria chegar ao seu destino, ela é de sua responsabilidade, e não do transportador. Sendo assim, o cliente não ficará nada satisfeito com sua loja e seu serviço caso algo dê errado. 

3. Organize as informações

Após a finalização da compra em seu e-commerce, a última coisa que o cliente deseja é ficar sem nenhuma informação sobre seu pedido. Por isso é extremamente importante planejar os tipos de mensagens que você vai enviar para o consumidor ao longo do processo.

Estude como e em qual momento você vai precisar encaminhar avisos como “seu pedido está em separação”, por exemplo. Não é necessário se prender a padrões, seja inovador e fale a linguagem do cliente para fidelizá-lo

Também é extremamente importante estar sempre bem informado e preparado para atender e solucionar dúvidas que possam surgir. Ruídos na comunicação são causas de muito desgaste entre o cliente e a empresa, sendo assim, mantenha o foco no atendimento de qualidade

4. Capriche no pós-venda 

Logística para E-Commerce

Sempre é bom lembrar que uma compra não termina quando o consumidor recebe sua mercadoria. Se a sua intenção é fidelizá-lo e ter um e-commerce de sucesso, com boas avaliações, pense nas etapas para o seu pós-venda.

Verifique as formas para entrar em contato com o consumidor novamente, peça seu retorno, assim como sugestões para melhorias. Essa prática é fundamental para fortalecer os laços com o seu público e estimular que voltem a comprar no seu e-commerce. 

O feedback do cliente é tudo para o crescimento da empresa

Essas são as nossas dicas para que você consiga ter sucesso no seu e-commerce através da logística. Esperamos ter ajudado. 

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert