Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Funções da embalagem para logística: qual a importância dessa prática?

22.7.2019 12:46

Antes de criar seu negócio online, existem alguns passos de planejamento muito importantes para alcançar o sucesso desejado, eles vão desde a escolha do produto que será vendido até o local de armazenamento das suas mercadorias, todos os pontos devem ser analisados com muita cautela.

Sabemos que uma das principais preocupações da logística em um transporte está relacionada com a qualidade da embalagem que é utilizada para acondicionar as mercadorias, pois ela que garante a integridade dos produtos, evitando que eles sejam danificados até serem entregues.

Para que tudo funcione em plena ordem, do pedido do cliente à chegada na casa dele, um processo de logística é um dos passos principais, aqui entra também as funções da embalagem para logística. E é sobre isso que vamos abordar neste conteúdo!

Leia também: Gestão de e-commerce: essa prática vai ajudar a organizar suas vendas

Funções da embalagem: ela é realmente importante?

O processo logístico possui inúmeras etapas e, para que tudo ocorra como o esperado, é preciso dar atenção a vários detalhes. Um deles é a embalagem, certamente, pois ela é tanto a responsável por armazenar o produto em si como, centralmente, a que é utilizada para o transporte. A escolha errada pode causar desempenhos, muitas vezes, irreversíveis.

Podemos dizer que a embalagem na logística pode ser considerada primária, secundária ou terciária, isso vai depender do tipo de contato que tiver com o produto. Vamos falar um pouco sobre elas.

Primária

funções da embalagem

Esta embalagem trata-se daquela que possui contato direto com o produto, sendo responsável por protegê-lo diretamente. Quando falamos sobre medicamento, por exemplo, essa embalagem seria a cartela. Nos casos de um alimento perecível, seria o saco ou caixa que estão envolvendo o alimento.

Secundária

Esta é aquela embalagem que agrupa uma ou mais embalagens primárias, podendo ser designada ou não para o transporte. No caso do medicamento, a embalagem secundária seria a caixa do remédio contendo as cartelas. No caso do alimento, poderia ser a caixa na qual o saco está inserido.

Terciária

Esta agrupa inúmeras embalagens secundárias e prepara os produtos para o transporte. Diante disso, ela também é chamada de embalagem de transporte. Exemplos: lotes de caixas de medicamentos ou de alimentos dentro de uma caixa de papelão.

Funções da embalagem: como ser funcional e diferenciado

Abandone o tradicional e trabalhe com embalagens que sejam funcionais

Que tal tornar uma embalagem servindo como decoração?

Esta é uma excelente opção para se destacar e oferecer um diferencial para os clientes.

Ainda que possa parecer irrelevante para alguns, para outros é demonstração de que a empresa pensa e se preocupa com seus consumidores, assim como o que pode ser feito para agradá-los. Grandes marcas fazem questão de se diferenciarem em embalagens, marcas como Apple, por exemplo, transformam a embalagem numa verdadeira obra de arte.

Proporciona a satisfação do cliente

Muitos consumidores estão acostumados a receber suas encomendas em caixas de papelão, isopor, que estão enroladas em plástico-bolha, entre outras. Ao oferecer uma embalagem singular (única), o cliente é surpreendido e terá uma experiência distinta da qual está habituado. Dessa forma, apostar na embalagem acaba se tornando uma forma de se destacar dos concorrentes. Olha aí uma excelente oportunidade de se destacar!

Não deixe de ler: Fulfillment: essa prática vai te ajudar a ter um e-commerce de sucesso!

Demonstra preocupação com o produto

Mesmo que a empresa ofereça proteção com os embrulhos tradicionais, investir em embalagens mais reforçadas e utilizar mais de um modo para garantir a proteção também são formas de demonstrar preocupação.

Ao adotar esta estratégia, você irá transmitir a ideia de que sua empresa almeja entregar o produto com qualidade e em excelentes condições para os consumidores. Mesmo que isso envolve um custo operacional um pouco maior, você irá ganhar em redução de custos com devoluções, trocas, retrabalho, re-entregas e, além do mais, irá diminuir a insatisfação dos clientes.

Envolve o aprimoramento de outros processos

funções da embalagem

Para surpreender o cliente, fazer com que a embalagem transborda as expectativas dos clientes e se transforme em um diferencial, é fundamental também se preocupar com processos internos, assim como com o serviço de transporte e atendimento que será realizado. Dessa forma, que tal mapear e aprimorar os métodos logísticos?

Afinal, caso contrário, a preocupação com a embalagem passará a ser superficial e irá transmitir a sensação de que a empresa está focada em questões supérfluas, enquanto o que é central está sendo negligenciado.

Reforça a prática do Overdelivering

Podemos dizer com muita tranquilidade que as embalagens diferenciadas e inovadoras são capazes de oferecer o overdelivering aos clientes. O que isso significa?

Bom, esta é uma prática que consiste em ir além das expectativas e conceder coisas novas. Dessa forma, essa ação por única que seja já contribui para trazer o encantamento, assim como possui a função de fortalecer o nome da empresa ainda mais.

A partir do investimento em embalagens, as empresas passam a demonstrar o cuidado que possuem com relação à integridade do produto e à satisfação de seus clientes.

O que está mais presente na atualidade é a palavra de ordem redução de custos. Muitas empresas acabam diminuindo os níveis de qualidade dos produtos, aqueles que não abandonam essa preocupação conseguem se tornar diferenciados de sua concorrência.

Leia mais: Logística a um clique | App do Pier8 mostra todo movimento do sistema para e-commerce

Principais materiais utilizados em embalagens

Levando em consideração a utilização, a embalagem pode ser feita de materiais que vão ajudar na conservação, proteção ou transporte do produto. Diante disso, as principais embalagens, em todos os materiais, são feitas de papelão, plástico, madeira, isopor ou ligas metálicas.

Embalagens de papelão: normalmente são embalagens de papel cartão misturado a outros componentes. Muito utilizadas em todos os níveis, sobretudo como embalagem terciária. O mesmo ocorre com a caixa de madeira, geralmente mais utilizada como embalagem na logística.

Embalagens de isopor: esta embalagem é do tipo secundária, enquanto a embalagem de plástico é do tipo primária. Outras embalagens primárias são as feitas de ligas metálicas, como latas de aço e de ligas de alumínio.

De que forma a embalagem impacta os processos logísticos?

Podemos dizer que a importância da embalagem para os processos logísticos se deve principalmente ao fato de que ela está presente em todas as etapas logísticas. Desde a saída da empresa até quando chega ao cliente, ou seja, a embalagem desempenha um papel fundamental.

No entanto, ela precisa ser pensada seguindo aspectos como armazenamento, manuseio, movimentação interna e transporte.Nesse caso, se ela não for resistente o suficiente, a integridade dos produtos ficará comprometida, o possível é que haja um descontentamento do cliente que irá receber o produto.

Porém, se ela for pesada (a nível excessivo) trará dificuldades não somente para o manuseio, como também gerará um aumento do custo de frete. Da mesma forma, ela necessita ter o mínimo possível de espaços vazios úteis, e assim garantindo que haja maior quantidade de produtos, com segurança, inserida em um mesmo espaço.

Para finalizar este conteúdo, é preciso investir recursos e planejar a embalagem de modo adequado,afinal, nesse processo é gerado impactos no tempo de entrega ao cliente, nos custos logísticos, na redução de perdas e no nível de serviço que é oferecido.

Separamos também para você: A embalagem do seu produto é muito mais que uma embalagem!

Tanto o planejamento e a escolha da embalagem possuem impactos diretos em todo o processo logístico. Nesse sentido, garantir resultados melhores se forem feitos da maneira certa. No entanto, é fundamental escolher não somente a embalagem ideal, mas pensar em qual será a sua ‘’atuação’’, assim como seu impacto em cada etapa de forma a utilizar a mais adequada e que está voltada para resultados.

Agora você já sabe as funções da embalagem na logística! Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio!

Até a próxima!

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert