Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Entenda o que é e como Estoque Virtual

21.11.2019 11:03

Em linhas gerais, o estoque virtual se refere a um produto que consta como disponível no estoque do sistema, mas não está na loja. Trata-se de um erro de registro que pode ser ocasionado por diversos motivos, e sempre resulta em perda de vendas motivada pela indisponibilidade. Para o cliente final, fica a insatisfação de não encontrar o item que procurava. Um problema de estoque virtual é muito grave para todos que estão envolvidos na cadeia de distribuição. Como a indicação no sistema será de um item que não está à venda, varejo e indústria irão tomar as decisões erradas para resolvê-lo.

A decisão pode ser, por exemplo, por não abastecer o produto nas lojas porque entendem que o comprador não tem interesse nele, podendo suprimi-lo do mix. Além disso, podem também planejar promoções de preço reduzindo a sua margem sem necessidade.

Essas e outras decisões além de equivocadas não são capazes de corrigir a causa raiz do problema e evitar a continuidade da perda de vendas. Dessa forma, parte da solução para o estoque virtual está em compreender que o item é virtual e não um estoque parado na loja por falta de demanda.


Leia também: Como driblar a greve dos Correios

Quais as principais causas do estoque virtual?

É essencial conhecer as causas para que um produto tenha gerado um erro de cadastro, o que vai contribuir para a resolução. Apenas é possível ficar por dentro de um indicador como esse ao contar com uma solução que entregue dados atualizados que diz respeito a sua disponibilidade no varejo. Em grande parte dos casos, o estoque virtual ocorre por problemas de execução na loja. Por exemplo, um produto computado de maneira incorreta ao ser registrado no caixa pode dar origem a estoque virtual. É algo comum quando existem variações diversas. Caso o tipo errado seja contabilizado, uma informação incorreta irá constar no sistema.

A seguir separamos quais são as principais causas do estoque virtual:

  • Erro no checkout: Ocorre quando as variações de um mesmo item não são consideradas no checkout, como múltiplos sabores de um alimento.
  • Erro de cadastro na entrada do produto na loja: Semelhante ao erro no checkout, porém acontece quando o item chega ao estoque.
  • Furtos: Ocorrem tanto na loja quanto nos estoques.
  • Uso de produtos por alguns setores do supermercado: Aqui cabe bem como exemplo o caso de padarias ou confeitarias que utilizam os itens sem dar baixa no estoque ou até de mercadorias degustadas por consumidores

 Toda causa do estoque virtual detém soluções que precisam de atenção e podem ser conduzidas por um esforço conjunto entre varejo e indústria. Um exemplo perfeito está no caso de furtos, por mais que seja necessário contar com uma loja com um bom sistema de segurança, a indústria também pode fabricar itens com recursos anti-furto.


Não deixe de ler: Frete de loja virtual: entenda como é calculado!

Quais os riscos de sofrer com estoque virtual?

Caso um produto conste como estoque virtual, irá ocorrer a ideia de que ele está abastecido quando na verdade não está e, nesse sentido, a interpretação será de um item que não está vendendo. Este dado incorreto sobre o status do produto gera uma falta de abastecimento, logo o seu cliente irá levar ainda mais tempo para encontrar o produto na gôndola. De acordo com pesquisa da ACCERA, grande parte dos consumidores preferem comprar outro produto de uma marca diferente se não o encontram no varejo. Dessa forma, o estoque virtual pode ser determinante para você perder clientes de uma vez por todas. Caso seu consumidor não encontre o produto na gôndola e este também não esteja disponível no estoque, existe então um grave problema de abastecimento, e aqui o estoque virtual pode ser uma das causas.

Por que não pensar somente em estoque virtual?

O estoque virtual representa um problema que necessita de solução rápida, sendo assim, não deve ser a única preocupação ao lidar com perda de vendas. Na realidade, ele é somente uma das possíveis causas que podem gerar uma queda no faturamento. O estoque virtual faz parte de um caso maior chamado de item sem venda. Corresponde a um conceito utilizado para se referir a um produto que deveria estar vendendo, mas parou. 

Entre os seus motivos pode estar o estoque virtual, porém também pode se tratar de ruptura de estoque ou de estoque negativo.

É muito importante apurar com precisão as causas que levaram a esses indicadores para entender qual diagnóstico eles representam. Além de ter acesso a dados estratégicos, você também necessita contar com números que sejam capazes de apontar as ações que você precisa realizar.


Leia mais: Vantagens de uma Armazenagem segura e Moderna



Caso você opte por focar apenas em estoque virtual, arrisca ignorar esses outros possíveis problemas e sofrer com as consequências deles, afinal, não estão sendo considerados. 

Com nossas dicas você tem tudo para aplicar as melhores ações em seu negócio!


Até a próxima! :)

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert