Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
14
04
2021

Entenda as diferenças entre RPA, IA e Machine Learning

Tag
logística

No cenário atual, há diversas tecnologias em alta que auxiliam negócios, principalmente tendo em vista a digitalização dos processos, que tem sido ainda mais requisitada devido a pandemia do coronavírus. Entre essas ferramentas de negócios estão: RPA, Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning.

Afinal, quais as diferenças entre RPA, IA e Machine Learning?

1) RPA - Robotic Process Automation

O RPA (Robotic Process Automation), é uma forma de automação de processos a partir do uso de robôs. Eles são capazes de solucionar tarefas de maneira ágil, segura e eficiente.

A tecnologia não age de maneira independente, neste caso principalmente, ela funciona como um complemento à mão de obra humana, garantindo mais inteligência na performance e fácil habilidade de integração com outros processos. 

As vantagens da automação com RPA é que ela é fácil de implementar e fácil de gerenciar, possui excelente custo-benefício, além de um excelente potencial de escalabilidade, que permite a melhoria do desempenho dos profissionais e o crescimento da empresa.  

A automação RPA pode reduzir as burocracias e situações desgastantes dos processos logísticos. Na prática, esta solução veio para ocupar menos tempo das pessoas e minimizar erros de maneiras simples, que são comuns enquanto falhas humanas. Com isso, fortalece o fluxo e o encadeamento de atividades, além de auxiliar na eliminação de gargalos operacionais. 

Os controles logísticos são essenciais para a gestão logística. Com o uso de automação RPA, podem ficar mais simples ainda.  Como resultado, a precisão da atividade elimina erros no gerenciamento dos produtos e otimiza processos que abrangem locais físicos de armazenamento. A busca por mercadorias é mais otimizada.  

O RPA também pode auxiliar no controle de frota e no rastreamento de mercadorias e de transporte; e isso é possível com o apoio e uso de outras ferramentas de tecnologia.  

Além disso, a ferramenta de automação atua como vigilante e está sempre pronta para executar determinadas ações em cenários específicos, como a geração de relatórios. 

2) IA - Inteligência Artificial

O conceito de inteligência artificial não se limita a apenas uma explicação, há diversas maneiras de descrevê-lo, gostamos da seguinte interpretação:

Atualmente, muitas operações já estão otimizando seus processos através da inteligência artificial, como a utilização de robôs em linhas de produção para empacotar os produtos ou para abastecer componentes. Ou seja, a inteligência artificial envolve máquinas altamente capazes de executar tarefas características da inteligência humana.

Como a inteligência artificial é aplicada na logística:

Aperfeiçoamento das tarefas

Já ouviu falar sobre Divergência de Estoque? 

Se você trabalha na área logística sabe que a gestão do estoque é um excelente exemplo de tarefa que necessita do máximo de precisão e que normalmente é feita manualmente.

A inteligência artificial surge com o objetivo de aperfeiçoar atividades como essa, que tem um alto nível de complexidade. Tornar automático um ajuste de estoque, os pedidos de compra e, inclusive, detalhes como um cálculo de frete aumentam a produtividade no dia a dia das empresas.

Uso do big data na logística

O big data é considerado hoje o principal integrador de informações. Para a logística, a aplicação se refere a conectar de forma automática as informações de venda para que o processo de separação de materiais e expedição dos pedidos seja mais rápido.

E mais, com o registro de todo o processo, estatísticas podem ser criadas, possibilitando assim verificar, por exemplo, qual produto mais saiu do estoque em determinado período, o que ajuda no planejamento de compra de matéria-prima.

Gestão de frotas

A inteligência artificial é capaz de influenciar os processos de gestão de frotas com o intuito de gerar mais informações que possam ser gerenciadas de maneira mais organizada, desde a documentação até as informações sobre entregas.

No momento, é possível ter o controle de todas as informações sobre o veículo. Com isso, o gestor de transportes pode, por exemplo, compreender se a conduta do motorista está de acordo com o esperado e verificar o status de entrega da carga em tempo real.

Além disso, já estão sendo feitos estudos para a aplicação de veículos autônomos no mercado. A ideia é a total otimização de recursos e a redução de riscos de acidentes, da mesma forma que impactar em entregas mais rápidas.

Relatórios para tomadas de decisão

A partir do auxílio da inteligência artificial, todas as informações são levantadas, organizadas e os dados compilados para gerar relatórios com o objetivo de auxiliar e fundamentar as tomadas de decisão.

3) ML - Machine Learning

Basicamente, machine learning é outra possível aplicação de inteligência artificial

Trata-se de uma área da ciência da computação que concede aos computadores a habilidade de aprender sem que seja necessário ser programado.

Assim, levando em conta a diferença entre IA e Machine Learning, podemos dizer que é sobre aprender, envolvendo outros aspectos da inteligência humana.

Para esclarecer, as soluções em machine learning podem ser criadas a partir do uso de diferentes técnicas. Elas são técnicas que consistem em fazer uso de diferentes algoritmos para encontrar padrões em dados. Como aplicar 'machine learning' na logística:

  • Cálculo mais preciso das previsões de demanda;
  • Manutenção preventiva avançada do maquinário logístico;
  • Otimização inteligente de rotas de transporte;
  • Reconhecimento espacial e de voz no armazém;
  • Aprimoramento da Gestão de Estoque.

O software de IA faz uso de diferentes tipos de aprendizagem automática a fim de obter modelos que vão replicar o funcionamento dos sentidos humanos, no caso, potencializando-os. Dessa forma, sistemas de visão por meio de IA, navegação inteligente ou reconhecimento de voz utilizam machine learning para aperfeiçoar a precisão. No fim, machine learning envolve a aplicação de táticas para melhorar a tomada de decisões. 

Novos tempos exigem tecnologia na logística

Basicamente, compreender como a inteligência artificial (IA) e machine learning estão sendo usadas é fundamental para o profissional de logística. Como os novos tempos exigem a aplicação de tecnologias, veja as vantagens em terceirizar a logística com Pier 8: 

  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos;
  • Picking & Packing: Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar;
  • Transporte: Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final; 
  • WMS: Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada;
  • Segurança: Seu produto na Pier 8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro;
  • 100% Online: Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.

Entre em contato conosco através do formulário, podemos agendar uma conversa, que tal? 






Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Entenda as diferenças entre RPA, IA e Machine Learning

No cenário atual, há diversas tecnologias em alta que auxiliam negócios, principalmente tendo em vista a digitalização dos processos, que tem sido ainda mais requisitada devido a pandemia do coronavírus. Entre essas ferramentas de negócios estão: RPA, Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning.

Afinal, quais as diferenças entre RPA, IA e Machine Learning?

1) RPA - Robotic Process Automation

O RPA (Robotic Process Automation), é uma forma de automação de processos a partir do uso de robôs. Eles são capazes de solucionar tarefas de maneira ágil, segura e eficiente.

A tecnologia não age de maneira independente, neste caso principalmente, ela funciona como um complemento à mão de obra humana, garantindo mais inteligência na performance e fácil habilidade de integração com outros processos. 

As vantagens da automação com RPA é que ela é fácil de implementar e fácil de gerenciar, possui excelente custo-benefício, além de um excelente potencial de escalabilidade, que permite a melhoria do desempenho dos profissionais e o crescimento da empresa.  

A automação RPA pode reduzir as burocracias e situações desgastantes dos processos logísticos. Na prática, esta solução veio para ocupar menos tempo das pessoas e minimizar erros de maneiras simples, que são comuns enquanto falhas humanas. Com isso, fortalece o fluxo e o encadeamento de atividades, além de auxiliar na eliminação de gargalos operacionais. 

Os controles logísticos são essenciais para a gestão logística. Com o uso de automação RPA, podem ficar mais simples ainda.  Como resultado, a precisão da atividade elimina erros no gerenciamento dos produtos e otimiza processos que abrangem locais físicos de armazenamento. A busca por mercadorias é mais otimizada.  

O RPA também pode auxiliar no controle de frota e no rastreamento de mercadorias e de transporte; e isso é possível com o apoio e uso de outras ferramentas de tecnologia.  

Além disso, a ferramenta de automação atua como vigilante e está sempre pronta para executar determinadas ações em cenários específicos, como a geração de relatórios. 

2) IA - Inteligência Artificial

O conceito de inteligência artificial não se limita a apenas uma explicação, há diversas maneiras de descrevê-lo, gostamos da seguinte interpretação:

Atualmente, muitas operações já estão otimizando seus processos através da inteligência artificial, como a utilização de robôs em linhas de produção para empacotar os produtos ou para abastecer componentes. Ou seja, a inteligência artificial envolve máquinas altamente capazes de executar tarefas características da inteligência humana.

Como a inteligência artificial é aplicada na logística:

Aperfeiçoamento das tarefas

Já ouviu falar sobre Divergência de Estoque? 

Se você trabalha na área logística sabe que a gestão do estoque é um excelente exemplo de tarefa que necessita do máximo de precisão e que normalmente é feita manualmente.

A inteligência artificial surge com o objetivo de aperfeiçoar atividades como essa, que tem um alto nível de complexidade. Tornar automático um ajuste de estoque, os pedidos de compra e, inclusive, detalhes como um cálculo de frete aumentam a produtividade no dia a dia das empresas.

Uso do big data na logística

O big data é considerado hoje o principal integrador de informações. Para a logística, a aplicação se refere a conectar de forma automática as informações de venda para que o processo de separação de materiais e expedição dos pedidos seja mais rápido.

E mais, com o registro de todo o processo, estatísticas podem ser criadas, possibilitando assim verificar, por exemplo, qual produto mais saiu do estoque em determinado período, o que ajuda no planejamento de compra de matéria-prima.

Gestão de frotas

A inteligência artificial é capaz de influenciar os processos de gestão de frotas com o intuito de gerar mais informações que possam ser gerenciadas de maneira mais organizada, desde a documentação até as informações sobre entregas.

No momento, é possível ter o controle de todas as informações sobre o veículo. Com isso, o gestor de transportes pode, por exemplo, compreender se a conduta do motorista está de acordo com o esperado e verificar o status de entrega da carga em tempo real.

Além disso, já estão sendo feitos estudos para a aplicação de veículos autônomos no mercado. A ideia é a total otimização de recursos e a redução de riscos de acidentes, da mesma forma que impactar em entregas mais rápidas.

Relatórios para tomadas de decisão

A partir do auxílio da inteligência artificial, todas as informações são levantadas, organizadas e os dados compilados para gerar relatórios com o objetivo de auxiliar e fundamentar as tomadas de decisão.

3) ML - Machine Learning

Basicamente, machine learning é outra possível aplicação de inteligência artificial

Trata-se de uma área da ciência da computação que concede aos computadores a habilidade de aprender sem que seja necessário ser programado.

Assim, levando em conta a diferença entre IA e Machine Learning, podemos dizer que é sobre aprender, envolvendo outros aspectos da inteligência humana.

Para esclarecer, as soluções em machine learning podem ser criadas a partir do uso de diferentes técnicas. Elas são técnicas que consistem em fazer uso de diferentes algoritmos para encontrar padrões em dados. Como aplicar 'machine learning' na logística:

  • Cálculo mais preciso das previsões de demanda;
  • Manutenção preventiva avançada do maquinário logístico;
  • Otimização inteligente de rotas de transporte;
  • Reconhecimento espacial e de voz no armazém;
  • Aprimoramento da Gestão de Estoque.

O software de IA faz uso de diferentes tipos de aprendizagem automática a fim de obter modelos que vão replicar o funcionamento dos sentidos humanos, no caso, potencializando-os. Dessa forma, sistemas de visão por meio de IA, navegação inteligente ou reconhecimento de voz utilizam machine learning para aperfeiçoar a precisão. No fim, machine learning envolve a aplicação de táticas para melhorar a tomada de decisões. 

Novos tempos exigem tecnologia na logística

Basicamente, compreender como a inteligência artificial (IA) e machine learning estão sendo usadas é fundamental para o profissional de logística. Como os novos tempos exigem a aplicação de tecnologias, veja as vantagens em terceirizar a logística com Pier 8: 

  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos;
  • Picking & Packing: Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar;
  • Transporte: Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final; 
  • WMS: Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada;
  • Segurança: Seu produto na Pier 8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro;
  • 100% Online: Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.

Entre em contato conosco através do formulário, podemos agendar uma conversa, que tal? 






Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?