Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
14
03
2021

Descubra (hoje!) onde sua empresa está perdendo dinheiro

Tag
logística

Apesar de ser considerada uma tarefa básica no cotidiano de uma empresa, a gestão de estoque muitas vezes não é feita como deveria. Com isso, pode-se perder dinheiro com excesso ou falta de produtos, custos de armazenamento, atrasos na entrega, entre outros erros que comprometem o funcionamento do negócio. Você pode estar perdendo dinheiro exatamente nessa etapa.  

Quando bem planejado e controlado, um estoque significa menores custos de armazenamento, maior produtividade, otimização do tempo de procura de determinados itens e, como consequência, vendas e compras fluindo em equilíbrio, sem excessos e nem sobras.

Não há uma fórmula mágica e tampouco uma regra única que defina qual a melhor maneira de fazer um controle de estoque eficiente. O que vale é escolher o método ou ferramenta que atenda às necessidades do negócio, ou seja, que busque solucionar os problemas do cotidiano e se encaixe no orçamento da empresa.

Como controlar o estoque para não perder dinheiro 

1. Avalie seu estoque

A questão é: se você não mede, não consegue gerenciar. Essa é a regra básica de qualquer empreendimento. Diante disso, o primeiro passo numa gestão de estoque eficiente é saber exatamente o que e quanto se tem de cada item que está em estoque.

O que acontece bastante é que muitos gestores aproveitam promoções e ofertas de fornecedores e enchem o estoque com produtos que não apresentam tanta demanda e, em decorrência disto, ficam velhos demais, obsoletos e acabam dependendo de uma “venda eventual” – o que não é nada bom para a saúde financeira do seu negócio.

Nesse sentido, muito além de manter um registro atualizado de tudo que entra e sai de estoque é saber avaliar e tirar as melhores informações. O que significa ficar atento aos produtos que possuem maior saída, os que estão em baixa no estoque e aqueles que estão estagnados.

2. Automatize os processos

A qualidade do controle de estoque está diretamente relacionada à qualidade da entrada das informações. Muitos empreendedores, com o objetivo de reduzir gastos, acabam não otimizando e automatizando os processos de gestão de estoque. Com isso, inúmeras demandas do dia a dia podem se perder ou mesmo não serem realizadas dentro do prazo.

É essencial contar com um sistema de gestão de estoque. Softwares de gestão são integrados aos demais setores da empresa e auxiliam no momento da contabilização de mercadorias, mantendo o registro preciso e atualizado de tudo que entra e sai do estoque.

Dessa forma, uma venda realizada é automaticamente baixada do estoque, possibilitando ao gestor conhecer exatamente a quantidade disponível de cada item e qual a demanda de determinados produtos, isso tende a otimizar o estoque do seu negócio. 

3. Contabilize o inventário

Você não vai conseguir fugir. Se você trabalha com estoque é fundamental que todos os produtos sejam contabilizados. Um inventário atualizado oferece segurança e maior controle daquilo que tem em estoque e também de quais itens vendem mais ou menos.

A partir da automatização dos processos logísticos é possível gerar relatórios que oferecem uma visão detalhada da situação do estoque, assim como o desempenho das mercadorias que vendem bem e daquelas que estão estagnadas, possibilitando melhores resultados e a expansão dos lucros das mais vendidas.

4. Realize as compras com base no histórico de movimentação

Fazer uma previsão de vendas é essencial para manter uma gestão de estoque eficiente. Para isso, utilize as informações armazenadas no banco de dados para alimentar seu estoque.

Aproveitando esses dados, é possível se planejar e antecipar a demanda de um determinado produto, eliminando a possibilidade deste faltar em uma determinada época com pico de venda. 

Por outro lado, é necessário ficar atento aos chamados períodos de “sazonalidade”, aqueles em que determinada mercadoria está em alta no mercado. E para saber quais produtos têm maior demanda e em qual época é fundamental manter os dados do estoque sempre atualizados.

Como a terceirização de logística pode te auxiliar a não perder dinheiro

A logística terceirizada é economicamente viável, e a curto prazo, de expertise e acesso ao uso dos ativos e tecnologia necessários para a execução dos serviços para seu e-commerce de sucesso.  Assim como em outros segmentos, o aumento da complexidade das operações e dos recursos necessários desafia a capacidade do contratante em cumprir com qualidade TODAS as demandas para um negócio eficiente. E para isso, é necessário investimentos em recursos e gestão de logística, e em curto espaço de tempo, para manter a competitividade em seu mercado e evitar o risco de colapso em suas operações logísticas.

Logística terceirizada, nesse sentido, é uma tendência cada vez maior no mercado. Aliás, em grande parte isso se deve às vantagens que essa relação comercial proporciona para as empresas e os consumidores. A terceirização de logística atua de modo a auxiliar no planejamento das melhores estratégias para entrega da mercadoria, controlar o estoque, armazenar e entregar dentro do prazo o produto de modo seguro. 

O processo de logística possui alta relevância no desempenho das vendas online. Afinal, é exatamente o correto controle de estoque, cálculo de frete, planejamento de vendas e até o empacotamento do produto que tornam um e-commerce bem avaliado por clientes. Acompanhe este conteúdo e veja as oportunidades a partir da logística terceirizada.

Redução de custos

A redução de custos é, podemos dizer, o principal motivo que leva as empresas a adotarem a logística terceirizada. Ela se dá por meio da diminuição da folha de pagamento e os encargos referentes a elas e pela troca de alguns custos fixos por variáveis. O que significa que, com a gestão terceirizada, seu negócio só absorve os gastos referentes ao trabalho que foi realizado.

Segurança de que a gestão é feita por equipes com know-how

Esse é um grande benefício que a terceirização de logística proporciona para as empresas, a execução dos processos por equipes que possuem conhecimento das melhores práticas de mercado.

Nesse sentido, como as empresas são especializadas nas atividades em que atuam, pode-se esperar resultados ainda melhores do que na gestão própria.

Controle simplificado dos processos

Uma coisa é ótima e um fato, como a gestão passa a ser de responsabilidade do parceiro de negócio, o papel do gestor de logística passa a ser analisar os resultados, compará-los aos objetivos que foram definidos e verificar os motivos que possam ter levado ao não cumprimento das metas,  e até ajudar na identificação de soluções.

Mas o que diz respeito à parte operacional, execução dos processos e métodos de trabalho, desde que o desempenho esteja dentro do esperado, passa a não ser obrigação da sua empresa. Ou seja, há mais tempo para outras tarefas. 

Utilização de equipamentos específicos

Muito além do conhecimento sobre as atividades que as empresas terceirizadas possuem, elas também contam com equipamentos específicos para o trabalho que será realizado. Portanto, sua empresa não precisa arcar com os custos de aquisição e manutenção dessas ferramentas.

Aumento na qualidade do serviço

Com a terceirização de logística, é possível focar na sua atividade-final. Ou seja, ao mesmo tempo em que a sua equipe pode direcionar os esforços em melhorar suas atividades, você possui a segurança de que as demais também estão sendo executadas por equipes que possuem total capacidade. Nesse sentido, é possível alcançar um aumento na qualidade dos produtos que são oferecidos ao mesmo tempo em que os serviços também proporcionam resultados satisfatórios.

Essas são somente algumas das vantagens que a logística terceirizada pode resultar em seu negócio. Entre em contato, nosso orçamento é o melhor do mercado! 





Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Descubra (hoje!) onde sua empresa está perdendo dinheiro

Apesar de ser considerada uma tarefa básica no cotidiano de uma empresa, a gestão de estoque muitas vezes não é feita como deveria. Com isso, pode-se perder dinheiro com excesso ou falta de produtos, custos de armazenamento, atrasos na entrega, entre outros erros que comprometem o funcionamento do negócio. Você pode estar perdendo dinheiro exatamente nessa etapa.  

Quando bem planejado e controlado, um estoque significa menores custos de armazenamento, maior produtividade, otimização do tempo de procura de determinados itens e, como consequência, vendas e compras fluindo em equilíbrio, sem excessos e nem sobras.

Não há uma fórmula mágica e tampouco uma regra única que defina qual a melhor maneira de fazer um controle de estoque eficiente. O que vale é escolher o método ou ferramenta que atenda às necessidades do negócio, ou seja, que busque solucionar os problemas do cotidiano e se encaixe no orçamento da empresa.

Como controlar o estoque para não perder dinheiro 

1. Avalie seu estoque

A questão é: se você não mede, não consegue gerenciar. Essa é a regra básica de qualquer empreendimento. Diante disso, o primeiro passo numa gestão de estoque eficiente é saber exatamente o que e quanto se tem de cada item que está em estoque.

O que acontece bastante é que muitos gestores aproveitam promoções e ofertas de fornecedores e enchem o estoque com produtos que não apresentam tanta demanda e, em decorrência disto, ficam velhos demais, obsoletos e acabam dependendo de uma “venda eventual” – o que não é nada bom para a saúde financeira do seu negócio.

Nesse sentido, muito além de manter um registro atualizado de tudo que entra e sai de estoque é saber avaliar e tirar as melhores informações. O que significa ficar atento aos produtos que possuem maior saída, os que estão em baixa no estoque e aqueles que estão estagnados.

2. Automatize os processos

A qualidade do controle de estoque está diretamente relacionada à qualidade da entrada das informações. Muitos empreendedores, com o objetivo de reduzir gastos, acabam não otimizando e automatizando os processos de gestão de estoque. Com isso, inúmeras demandas do dia a dia podem se perder ou mesmo não serem realizadas dentro do prazo.

É essencial contar com um sistema de gestão de estoque. Softwares de gestão são integrados aos demais setores da empresa e auxiliam no momento da contabilização de mercadorias, mantendo o registro preciso e atualizado de tudo que entra e sai do estoque.

Dessa forma, uma venda realizada é automaticamente baixada do estoque, possibilitando ao gestor conhecer exatamente a quantidade disponível de cada item e qual a demanda de determinados produtos, isso tende a otimizar o estoque do seu negócio. 

3. Contabilize o inventário

Você não vai conseguir fugir. Se você trabalha com estoque é fundamental que todos os produtos sejam contabilizados. Um inventário atualizado oferece segurança e maior controle daquilo que tem em estoque e também de quais itens vendem mais ou menos.

A partir da automatização dos processos logísticos é possível gerar relatórios que oferecem uma visão detalhada da situação do estoque, assim como o desempenho das mercadorias que vendem bem e daquelas que estão estagnadas, possibilitando melhores resultados e a expansão dos lucros das mais vendidas.

4. Realize as compras com base no histórico de movimentação

Fazer uma previsão de vendas é essencial para manter uma gestão de estoque eficiente. Para isso, utilize as informações armazenadas no banco de dados para alimentar seu estoque.

Aproveitando esses dados, é possível se planejar e antecipar a demanda de um determinado produto, eliminando a possibilidade deste faltar em uma determinada época com pico de venda. 

Por outro lado, é necessário ficar atento aos chamados períodos de “sazonalidade”, aqueles em que determinada mercadoria está em alta no mercado. E para saber quais produtos têm maior demanda e em qual época é fundamental manter os dados do estoque sempre atualizados.

Como a terceirização de logística pode te auxiliar a não perder dinheiro

A logística terceirizada é economicamente viável, e a curto prazo, de expertise e acesso ao uso dos ativos e tecnologia necessários para a execução dos serviços para seu e-commerce de sucesso.  Assim como em outros segmentos, o aumento da complexidade das operações e dos recursos necessários desafia a capacidade do contratante em cumprir com qualidade TODAS as demandas para um negócio eficiente. E para isso, é necessário investimentos em recursos e gestão de logística, e em curto espaço de tempo, para manter a competitividade em seu mercado e evitar o risco de colapso em suas operações logísticas.

Logística terceirizada, nesse sentido, é uma tendência cada vez maior no mercado. Aliás, em grande parte isso se deve às vantagens que essa relação comercial proporciona para as empresas e os consumidores. A terceirização de logística atua de modo a auxiliar no planejamento das melhores estratégias para entrega da mercadoria, controlar o estoque, armazenar e entregar dentro do prazo o produto de modo seguro. 

O processo de logística possui alta relevância no desempenho das vendas online. Afinal, é exatamente o correto controle de estoque, cálculo de frete, planejamento de vendas e até o empacotamento do produto que tornam um e-commerce bem avaliado por clientes. Acompanhe este conteúdo e veja as oportunidades a partir da logística terceirizada.

Redução de custos

A redução de custos é, podemos dizer, o principal motivo que leva as empresas a adotarem a logística terceirizada. Ela se dá por meio da diminuição da folha de pagamento e os encargos referentes a elas e pela troca de alguns custos fixos por variáveis. O que significa que, com a gestão terceirizada, seu negócio só absorve os gastos referentes ao trabalho que foi realizado.

Segurança de que a gestão é feita por equipes com know-how

Esse é um grande benefício que a terceirização de logística proporciona para as empresas, a execução dos processos por equipes que possuem conhecimento das melhores práticas de mercado.

Nesse sentido, como as empresas são especializadas nas atividades em que atuam, pode-se esperar resultados ainda melhores do que na gestão própria.

Controle simplificado dos processos

Uma coisa é ótima e um fato, como a gestão passa a ser de responsabilidade do parceiro de negócio, o papel do gestor de logística passa a ser analisar os resultados, compará-los aos objetivos que foram definidos e verificar os motivos que possam ter levado ao não cumprimento das metas,  e até ajudar na identificação de soluções.

Mas o que diz respeito à parte operacional, execução dos processos e métodos de trabalho, desde que o desempenho esteja dentro do esperado, passa a não ser obrigação da sua empresa. Ou seja, há mais tempo para outras tarefas. 

Utilização de equipamentos específicos

Muito além do conhecimento sobre as atividades que as empresas terceirizadas possuem, elas também contam com equipamentos específicos para o trabalho que será realizado. Portanto, sua empresa não precisa arcar com os custos de aquisição e manutenção dessas ferramentas.

Aumento na qualidade do serviço

Com a terceirização de logística, é possível focar na sua atividade-final. Ou seja, ao mesmo tempo em que a sua equipe pode direcionar os esforços em melhorar suas atividades, você possui a segurança de que as demais também estão sendo executadas por equipes que possuem total capacidade. Nesse sentido, é possível alcançar um aumento na qualidade dos produtos que são oferecidos ao mesmo tempo em que os serviços também proporcionam resultados satisfatórios.

Essas são somente algumas das vantagens que a logística terceirizada pode resultar em seu negócio. Entre em contato, nosso orçamento é o melhor do mercado! 





Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?