Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
13
08
2020

Como se preparar para Black Friday na Pandemia do Coronavírus

e-commerce
vendas
vendas online

A maior data do varejo brasileiro está se aproximando. Isso mesmo, estamos falando da Black Friday. Entretanto, este ano ela será em um contexto totalmente atípico: com o avanço de Covid-19 no Brasil, tornou-se obrigatório o fechamento de serviços não essenciais. 

Com esse cenário, podemos dizer que tivemos uma “Black Friday fora de época” no e-commerce em meio à pandemia. Afinal, grande parte dos lojistas de e-commerce dobraram suas vendas em pouco menos de dois meses, fenômeno que é comum de acontecer somente no mês de novembro com a já consolidada Black Friday. 

E agora, como fica a data oficial neste cenário de Pandemia do Coronavírus?

Uma coisa é certa: teremos um novo “boom” durante a Black Friday 2020 oficial, a realidade aponta um mercado digital ainda aquecido. Confira neste conteúdo como se preparar para ter ótimos resultados em vendas. 

Como se preparar para vender na Black Friday na Pandemia do Coronavírus?

Como se preparar para Black Friday na Pandemia do Coronavírus

Vender via marketplaces, não tenha dúvida, funciona como uma porta de entrada significativa para quem está em processo de migração para o mundo digital. Afinal, trata-se de um canal de grande alcance e baixo custo inicial para quem está começando a vender online.

Outro passo importante a se fazer é compreender quais são os produtos que tiveram mais destaque durante o ano de 2020. Além disso, você pode usar ferramentas que te ajudem a mapear a saúde do seu e-commerce. Outra dica é ampliar os canais de vendas em marketplaces estratégicos e ter firmeza em suas apostas.

Lembre-se que a Black Friday é uma data especial, com preços diferenciados. Nesse sentido, as empresas que mais se destacam são as que apostam em poucos produtos em grande quantidade, têm estoque disponível e preços competitivos, dessa forma é possível boas negociações devido ao volume, além disso, otimiza-se os processos e custos de produção/distribuição.

Black Friday: O que muda com a Pandemia do Coronavírus

Diante da Pandemia do Coronavírus, observa-se um crescimento desenfreado do e-commerce e, por outro lado, pessoas que estão optando por conter gastos devido às incertezas da economia brasileira. Este último fator aponta que, realmente, as pessoas estão gastando menos, porém, gastando mais comprando online do que antes da pandemia.

Muitas pessoas foram pressionadas a entrar no meio digital, o isolamento social fez o consumidor incorporar esse hábito, que pasmem: não será passageiro.

Porém, o cenário econômico delicado não tira as expectativas que esta será a maior edição da Black Friday no Brasil.

  • Novos consumidores: a pandemia trouxe à compra online como a única alternativa como meio de compra. Dessa forma, muitas pessoas farão suas primeiras compras nesta Black Friday;
  • Promoções: e-commerces estão precisando faturar, por isso, o investimento em promoções deve ser uma realidade;
  • Compras de final de ano: com as compras de Natal se aproximando, elas devem ter ainda mais peso na edição da Black Friday 2020, afinal, temos consumidores que estão evitando sair de casa e ter muitos gastos.

Como vender mais na Black Friday da Pandemia de Covid-19?

Como se preparar para Black Friday na Pandemia do Coronavírus

Se você chegou até aqui e está convencido de que se preparar para Black Friday em 2020 vai te trazer bons negócios,  confira nossa lista de como começar a colocar em prática o que for possível! 

Fornecedores

A negociação com fornecedores é essencial. Busque bons resultados, e para isso, tente extrair o máximo de descontos. Eles devem ser vantajosos para o seu e-commerce para então você repassar para seu consumidor final. Para não ter prejuízo, esse passo é fundamental.

Estoque

Ter um estoque para vender bem na Black Friday é crucial. Afinal, não adianta lançar uma promoção avassaladora se apenas dez clientes irão conseguir concluir a compra. Que tal ter um bom volume de estoque para os produtos que vão entrar em promoção? 

É uma excelente oportunidade para queimar estoque.

Certamente você tem aqueles produtos que estão parados e você não consegue vendê-los de jeito nenhum, não é mesmo? Aproveite a Black Friday 2020 para se livrar deles, seu dinheiro irá retornar para o caixa e você vai poder ir atrás daquilo que realmente está saindo no cotidiano do seu e-commerce. Lembre-se: estoque parado é dinheiro parado e sem valor.

Plataforma

Reflita sobre a potencialidade da plataforma de e-commerce do seu negócio. Tente reconhecer se sua plataforma tem boa performance na Black Friday. Como fazer isso? 

À começar, o plano suporta quantos acessos em e-commerce?

É importante que você pense em todas essas questões, afinal,  você não quer perder vendas porque seu plano não suporta muitos acessos, não é mesmo? Se for preciso, faça um upgrade!

Promoções

Como se preparar para Black Friday na Pandemia do Coronavírus

Apesar de ser um assunto delicado. Na Black Friday, é muito importante.

Deixe disponível uma parte do seu lucro para gerar maior faturamento. Não de todo o lucro, apenas parte dele – se for possível.

Que tal aplicar descontos em produtos ou categorias específicas? Você também pode oferecer um cupom de desconto válido para toda seu e-commerce acima de X valor – por exemplo.

Monitore a concorrência

Fazer um mapeamento das ações dos competidores é muito importante! E não é errado. Acredite, fazem com você. 

Se for possível, mude preço, estratégia de vendas e até campanhas de promoção.

Não permita-se perder dinheiro por algo que você pode fazer melhor!

Cuidado com os exageros

Por fim, tenha cautela, é comum que a ansiedade para vender e sair na frente dos concorrentes impulsione tomadas decisões equivocadas. E talvez isso não seja bom para a saúde financeira de seu negócio.

Se é bom fazer promoções na Black Friday, melhor ainda é fazer melhor que os seus concorrentes. 

Entretanto, não deixe que isso te cause prejuízo. Estude as possibilidades. 

Se você monitorou o concorrente e ele está com uma promoção mais atrativa que a sua em um produto, porém, dar o mesmo desconto não será positivo para a seu e-commerce, o melhor é deixar a ideia de lado. 

A Pier 8 tem soluções em logística para o seu melhor desempenho na Black Friday na pandemia do coronavírus. Entre em contato com a gente, estamos ansiosos por sua parceria! 

Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?