Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
28
09
2021

Como funciona a logística de e-commerce no Brasil?

Tag
e-commerce
logística para e-commerce

O e-commerce, hoje, é uma das principais formas de consumo da população. Este dado pode ser justificado principalmente em decorrência da pandemia. Porém, isso acontece devido às diversas vantagens que esse formato de comércio oferece aos seus clientes, como por exemplo:

  • Comodidade: o consumidor compra sem sair de casa;
  • Flexibilidade: possibilidade de adquirir o mesmo produto disponível em lojas físicas, entretanto, com valor reduzido;
  • Facilidade: a mercadoria pode ser entregue no local que o consumidor necessitar.

Diante da expansão do e-commerce nos últimos anos, as pessoas tiveram um maior contato com o e-commerce, podendo desfrutar de toda essa modernidade.

Como funciona a Logística de E-commerce

O comércio eletrônico é caracterizado pela rapidez e precisão no atendimento, incluindo a entrega dos pedidos. 

Segundo uma pesquisa do Sebrae sobre comércio eletrônico, apesar de toda a tecnologia que envolve o setor, a logística foi considerada o segundo principal desafio para a gestão do comércio eletrônico em território nacional. Deixando para trás apenas a carga tributária.

Apesar das estratégias de logística serem comuns entre os variados setores, no caso do e-commerce, ela é item essencial para definir o êxito da loja virtual. Este é um mercado que ainda está em ascensão no Brasil, e há muitos desafios e melhorias a serem implantadas em toda a supply chain (cadeia de suprimentos) no segmento eletrônico. 

Entenda quais são os desafios da logística de e-commerce para que você repense suas estratégias e melhore seus resultados. 

Modernização dos processos

De uns tempos para cá, algumas pesquisas foram realizadas e mostram que as empresas têm se concentrado sobretudo no desenvolvimento de sites, na criação de campanhas de marketing, na divulgação de confiabilidade na plataforma. Deixando, dessa maneira, em segundo plano o desenvolvimento de novas estruturas logísticas que sejam adequadas à demanda atual. Frente a isso, esses comércios podem ter graves consequências, como:

  • Perda de clientes;
  • Clientes insatisfeitos com o serviço logístico problemático;
  • Gastos excessivos com estratégias logísticas erradas;
  • Fracasso no controle de distribuição.

A utilização de sistemas ultrapassados na cadeia logística, quando opera com estruturas tradicionais inapropriadas ao momento, é um dos fatores responsáveis por essas graves consequências.

Falha de comunicação

Podemos dizer que os maiores problemas de desempenho logístico do e-commerce, no Brasil, estão nas etapas que vão da preparação e envio do pedido por parte do consumidor, até a transferência do produto ao transportador para a realização da entrega física. 

Quando o transportador recebe a mercadoria, juntamente com as informações corretas, o processo de entrega tende a ocorrer com tranquilidade. Embora, inúmeras vezes, ainda ocorram erros e ausência de informações de rastreamento das mercadorias em trânsito.

Os principais problemas verificados durante a etapa do atendimento do pedido foram, majoritariamente, de ordem informacional. Como:

  • Dificuldades com o fechamento da transação financeira, sobretudo quando faz-se uso do boleto bancário, mas também do cartão de crédito;
  • Dificuldades em conseguir informações sobre o status do pedido;
  • Erros na transcrição das informações de endereçamento, envolvendo cidade, CEP, e nome do destinatário.
  • Indisponibilidade de produtos;
  • Erros de picking.

Nesse sentido, esses resultados reforçam o argumento de que está na atividade de atendimento dos pedidos, os maiores desafios do e-commerce B2C.

Logística reversa

Logística reversa, enquanto desafios da logística para e-commerce, é outro quesito indispensável para o sucesso das lojas virtuais. Situações em que o cliente solicita a troca, ou até mesmo a devolução de produtos é muito comum.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), as compras realizadas pela internet garantem ao cliente o direito de arrependimento ou devolução do produto dentro de um prazo pré-determinado.

Nesse sentido, as empresas precisam estar prontas para atender determinadas situações não muito agradáveis, com presteza e agilidade. Isso porque esse é um dos serviços que mais influenciam na decisão de compra dos consumidores.

Por que investir na plataforma para logística de e-commerce?

A tecnologia, hoje, está presente em diversos nichos do mercado. Dessa maneira, não seria diferente na logística. A tecnologia empregada nas plataformas de e-commerce torna possível que os negócios possam focar completamente sua atenção na gestão de seu próprio negócio, mesmo com os grandes volumes de dados e informações que as vendas online envolvem.

Além de escolher uma boa plataforma de e-commerce, é importante prever cada um dos caminhos que sua empresa deverá fazer durante as etapas do processo de logística, assegurando, assim, os bons resultados e a fidelização dos clientes.

O mais recomendado é que o sistema de gestão do seu e-commerce seja integrado com o sistema de operação logística, assim, pode ser capaz de integrar o estoque físico com o virtual, para facilitar as operações. O auxílio da plataforma de gestão empresarial (ERP), para que todas as informações se mantenham bem organizadas e alinhadas, é outra dica pertinente para um e-commerce de sucesso. 

Pensando nisso, a Pier 8 está ansiosa para ser parceira logística de seu negócio. Temos soluções para a melhor experiência de compra de seu cliente. Agilize os processos de entrega e aumente a fidelização dos clientes. Agora, solicite seu orçamento e comprove nossos serviços.



Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
e-commerce
logística para e-commerce

Como funciona a logística de e-commerce no Brasil?

O e-commerce, hoje, é uma das principais formas de consumo da população. Este dado pode ser justificado principalmente em decorrência da pandemia. Porém, isso acontece devido às diversas vantagens que esse formato de comércio oferece aos seus clientes, como por exemplo:

  • Comodidade: o consumidor compra sem sair de casa;
  • Flexibilidade: possibilidade de adquirir o mesmo produto disponível em lojas físicas, entretanto, com valor reduzido;
  • Facilidade: a mercadoria pode ser entregue no local que o consumidor necessitar.

Diante da expansão do e-commerce nos últimos anos, as pessoas tiveram um maior contato com o e-commerce, podendo desfrutar de toda essa modernidade.

Como funciona a Logística de E-commerce

O comércio eletrônico é caracterizado pela rapidez e precisão no atendimento, incluindo a entrega dos pedidos. 

Segundo uma pesquisa do Sebrae sobre comércio eletrônico, apesar de toda a tecnologia que envolve o setor, a logística foi considerada o segundo principal desafio para a gestão do comércio eletrônico em território nacional. Deixando para trás apenas a carga tributária.

Apesar das estratégias de logística serem comuns entre os variados setores, no caso do e-commerce, ela é item essencial para definir o êxito da loja virtual. Este é um mercado que ainda está em ascensão no Brasil, e há muitos desafios e melhorias a serem implantadas em toda a supply chain (cadeia de suprimentos) no segmento eletrônico. 

Entenda quais são os desafios da logística de e-commerce para que você repense suas estratégias e melhore seus resultados. 

Modernização dos processos

De uns tempos para cá, algumas pesquisas foram realizadas e mostram que as empresas têm se concentrado sobretudo no desenvolvimento de sites, na criação de campanhas de marketing, na divulgação de confiabilidade na plataforma. Deixando, dessa maneira, em segundo plano o desenvolvimento de novas estruturas logísticas que sejam adequadas à demanda atual. Frente a isso, esses comércios podem ter graves consequências, como:

  • Perda de clientes;
  • Clientes insatisfeitos com o serviço logístico problemático;
  • Gastos excessivos com estratégias logísticas erradas;
  • Fracasso no controle de distribuição.

A utilização de sistemas ultrapassados na cadeia logística, quando opera com estruturas tradicionais inapropriadas ao momento, é um dos fatores responsáveis por essas graves consequências.

Falha de comunicação

Podemos dizer que os maiores problemas de desempenho logístico do e-commerce, no Brasil, estão nas etapas que vão da preparação e envio do pedido por parte do consumidor, até a transferência do produto ao transportador para a realização da entrega física. 

Quando o transportador recebe a mercadoria, juntamente com as informações corretas, o processo de entrega tende a ocorrer com tranquilidade. Embora, inúmeras vezes, ainda ocorram erros e ausência de informações de rastreamento das mercadorias em trânsito.

Os principais problemas verificados durante a etapa do atendimento do pedido foram, majoritariamente, de ordem informacional. Como:

  • Dificuldades com o fechamento da transação financeira, sobretudo quando faz-se uso do boleto bancário, mas também do cartão de crédito;
  • Dificuldades em conseguir informações sobre o status do pedido;
  • Erros na transcrição das informações de endereçamento, envolvendo cidade, CEP, e nome do destinatário.
  • Indisponibilidade de produtos;
  • Erros de picking.

Nesse sentido, esses resultados reforçam o argumento de que está na atividade de atendimento dos pedidos, os maiores desafios do e-commerce B2C.

Logística reversa

Logística reversa, enquanto desafios da logística para e-commerce, é outro quesito indispensável para o sucesso das lojas virtuais. Situações em que o cliente solicita a troca, ou até mesmo a devolução de produtos é muito comum.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), as compras realizadas pela internet garantem ao cliente o direito de arrependimento ou devolução do produto dentro de um prazo pré-determinado.

Nesse sentido, as empresas precisam estar prontas para atender determinadas situações não muito agradáveis, com presteza e agilidade. Isso porque esse é um dos serviços que mais influenciam na decisão de compra dos consumidores.

Por que investir na plataforma para logística de e-commerce?

A tecnologia, hoje, está presente em diversos nichos do mercado. Dessa maneira, não seria diferente na logística. A tecnologia empregada nas plataformas de e-commerce torna possível que os negócios possam focar completamente sua atenção na gestão de seu próprio negócio, mesmo com os grandes volumes de dados e informações que as vendas online envolvem.

Além de escolher uma boa plataforma de e-commerce, é importante prever cada um dos caminhos que sua empresa deverá fazer durante as etapas do processo de logística, assegurando, assim, os bons resultados e a fidelização dos clientes.

O mais recomendado é que o sistema de gestão do seu e-commerce seja integrado com o sistema de operação logística, assim, pode ser capaz de integrar o estoque físico com o virtual, para facilitar as operações. O auxílio da plataforma de gestão empresarial (ERP), para que todas as informações se mantenham bem organizadas e alinhadas, é outra dica pertinente para um e-commerce de sucesso. 

Pensando nisso, a Pier 8 está ansiosa para ser parceira logística de seu negócio. Temos soluções para a melhor experiência de compra de seu cliente. Agilize os processos de entrega e aumente a fidelização dos clientes. Agora, solicite seu orçamento e comprove nossos serviços.



Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?