Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
15
11
2020

Como a Gestão Logística pode sustentar sua empresa na crise econômica

gestão de logística
gestão
logística

Empresas grandes devem compreender a necessidade de manter o fluxo de atividades. Dessa forma, uma gestão logística é ideal para um planejamento estratégico bem estruturado e uma equipe financeira alinhada para enfrentar períodos difíceis de crise econômica, a gestão logística deve ser uma das prioridades para lidar com a compra de produtos, o armazenamento e também a distribuição das mercadorias.

Estamos passando pela pandemia do Covid-19, que querendo ou não, despertou um período desafiador para as empresas, sobretudo aquelas que não se preocupavam com gestão de risco. Essa realidade exige que os gestores se adaptem, adotando medidas que colaborem para o aumento do faturamento e a redução de custos, de modo que os negócios sejam impactados de maneira menos agressiva, destacando-se no mercado.

Efeitos da Gestão Logística durante a crise econômica

1 – Diminuir a concentração de fornecedores

Com o crescimento desenfreado do Coronavírus pelo mundo e, sobretudo, na China – epicentro da doença -, a produção de matéria-prima diminui a cada dia e a importação de produtos reduziu na mesma velocidade.

E como isso reflete na economia brasileira?

No Brasil, a maioria das pessoas tem apenas um fornecedor e esse único fornecedor, geralmente, é de origem chinesa. Isso acontece especialmente com quem faz dropshipping.

O resultado é que, em momentos como esse, a economia e situação do país onde concentra os fornecedores impacta diretamente no negócio. Por esta razão, é essencial que a sua empresa não dependa apenas de um fornecedor. O ideal é que você tenha mais opções de fornecedores – de preferência, em outras localidades – e diversifique por produto e por categoria.

Isso é válido para qualquer tipo de crise!

Portanto, mapeie outros fornecedores da mesma categoria de produtos, porém de regiões diferentes. Assim, você não vai correr o risco de não realizar vendas em períodos difíceis.

2 – Diminuir a concentração de produtos

Outra coisa que costuma acontecer é a concentração de mais da metade do faturamento em apenas um produto ou uma categoria específica. Isso não é saudável para o seu negócio em momentos de crise.

Esse produto pode sofrer um reajuste alto ou você pode ficar sem matéria-prima para a construção deste produto. Nessas duas situações, você vai sentir forte impacto nas finanças do negócios.

Então é bom que preveja situações como essa e se prepare.

Diversifique o seu catálogo de produtos, seja na variedade de produtos em si ou nas categorias em geral.

Isso não quer dizer que você tem que investir em um produto totalmente diferente do seu nicho. Busque por algo que tenha ligação, mas que seja uma opção diferente para não depender apenas de um.

3 – Preservar o caixa da empresa

Outro ponto importante para se precaver de situações de crises econômicas é preservar o caixa da sua empresa. Até o momento, o mercado apostava num momento positivo para os investimentos e muitas pessoas estavam se preparando para isso.

Mesmo que você esteja focado em investimento a longo prazo, recomendamos que não invista durante uma crise econômica.

Afinal, o mercado financeiro está instável e os números variam muito.

Para você ter uma ideia, recentemente a bolsa de valores brasileira paralisou as negociações pela segunda vez na mesma sessão. Esse é o segundo “circuit breaker”, nome que se dá para o sistema que interrompe os negócios automaticamente quando a queda supera 15%.

Isso tudo devido aos impactos do Coronavírus no mercado financeiro global.

Portanto, antes de fazer grandes investimentos, saiba o que está acontecendo no mercado e seja cauteloso. Não se apresse e tome decisões precipitadas em períodos como esse.

Preze pela liquidez do seu negócio, guardando o dinheiro em caixa e esperando a oportunidade certa. Isso não quer dizer que você terá que dar passos para trás e retroceder o negócio, mas é importante desacelerar os processos de investimento…

Entenda o cenário atual, pois, desta forma, você consegue sair de uma crise mais fortalecido e sem grandes prejuízos.

4- Fluxo de caixa positivo

O fluxo de caixa é a média entre as saídas e entradas de dinheiro do caixa da empresa. Em momentos de crise econômica, o fluxo de caixa deve ser prioridade.

Você deve manter um fluxo positivo para ter maior tranquilidade e manter o funcionamento do seu negócio constante.

Com o fluxo de caixa positivo, você terá um ótimo capital de giro para sobreviver nos períodos de crise econômica.

Gestão de Logística eficiente a partir da Plataforma Logística

O trabalho em conjunto com uma empresa que possui profissionais com amplo conhecimento no seu negócio é uma das vantagens mais importantes para o crescimento dele.

A plataforma logística está em uma das novas tendências do mercado, pois supre todas necessidades do setor em armazenagem e gestão de estoque. 

Caso você seja dono de um e-commerce, de pequeno a grande porte, e sente dificuldade nesse processo, o momento perfeito de buscar por uma empresa de confiança para trabalhar em parceria com você é agora! 

Como já dissemos, uma empresa de logística de e-commerce é responsável por todos os processos de armazenagem, separação, controle das mercadoria, entrada e saída, além do monitoramento até a chegada na casa do cliente. Todos nós sabemos que este é um processo que demanda um trabalho de análise e experiência. Quando há uma empresa responsável por isso, você ganha mais segurança, assim como seu cliente. O melhor é que o contratante consegue acompanhar tudo em tempo real. 

Resolvemos listar, como principais vantagens de uma plataforma logística:

  1. Poder de negociação oriundo dos grandes volumes de carga, que podem gerar acordos vantajosos para o prestador de serviços;
  2. Utilização das áreas próprias da plataforma logística para estoque, diminuindo assim  assim o espaço necessário na própria planta do cliente;
  3. Alcance maior na cadeia de distribuição, a possibilidade de realização de transporte multimodal/intermodal, o que contribui para a diminuição dos custos logísticos, assim como no balanceamento da matriz de transportes;
  4.  Proximidade de estruturas de apoio e a possibilidade de exploração de inúmeras alternativas no âmbito de terceiras partes que estão envolvidas no serviço
  5. Geração imediata de empregos na região de operação da plataforma logística.

Quando as demandas de uma empresa aumentam isso significa que a empresa está indo bem na confiabilidade dos clientes e possivelmente na sua saúde financeira. Apostar na plataforma logística é uma solução para as empresas que buscam em se concentrar mais no seu sucesso (algo cada vez mais importante) e também que se preocupam no cuidado do começo ao fim, da entrada do pedido à sua entrega. 

Levando em consideração todos os históricos que já analisamos, a parte estrutural de um negócio de sucesso é um dos principais problemas enfrentados pelas empresas nacionais e internacionais. Diante disso, antes de montar o seu negócio você deve estar atento com a estrutura de logística. Afinal, uma vez que haja uma falha nesse processo, o que pode ocorrer são atrasos na entrega, falta de controle do estoque e muitas reclamações dos clientes.

A Pier8 pode ajudar você nessa etapa importante a partir das soluções em logísticas para e-commerce! Entre em contato conosco através do formulário , podemos tirar todas suas dúvidas! 





Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?