Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Visão 360º: um panorama completo do atual cenário logístico para e-commerces

4.9.2019 12:34

Em tempos de crise econômica, o comércio eletrônico continuará crescendo. Estima-se que em 2017 o crescimento será de mais de 12%, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Esse surpreendente crescimento trouxe diversos desafios, principalmente para o setor logístico.

Efetuar as entregas dentro do prazo acordado e com redução de custo ainda é um obstáculo. Outro desafio é fazer com que a encomenda chegue ao consumidor final sem danos às embalagens e aos produtos.

Logística no Brasil

O Ranking de logística divulgado pelo Banco Mundial em 2016 coloca o Brasil na 55ª posição entre 160 países. O relatório “Conectar-se para competir 2016: a Logística Comercial na Economia Mundial” apontou um crescimento de dez posições no ranking, na comparação com a edição de 2014.

Vale lembrar que o Brasil já chegou a alcançar a 45ª posição, em 2012, e, segundo avaliação do Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos), a melhora no ano passado ocorreu pela crise econômica, com a redução de demanda por logística.

Entre os pontos fortes da nossa logística estão a competência, rastreabilidade e infraestrutura. Os pontos negativos obviamente são os custos inflacionados e pontualidade. A líder do ranking é a Alemanha, seguida de Luxemburgo, Suécia, Holanda e Cingapura.

segredo da logistic no e-commerce

Os modais de transporte

Infelizmente, a infraestrutura ainda é um enorme gargalo no Brasil. Com a predominância do transporte rodoviário, a logística tem um custo elevado para os empresários. Países como os Estados Unidos, por exemplo, possuem modais distribuídos de forma mais uniforme, entre rodovias, ferrovias, hidrovias e dutovias.

Capturar

Para o Brasil, reservar a maior parte dos investimentos para rodovias é uma estratégia equivocada. A construção de estradas, apesar de ser mais simples, contrasta com elevado custo de manutenção, o segundo mais caro, atrás apenas do transporte aéreo.

Com isso, o serviço de frete no Brasil se torna mais caro e consequentemente, mais lento. Construir uma malha ferroviária e aquaviária maior e integrá-las às rodovias tornaria nossa logística mais eficiente.

A logística reversa

Estudos mostram que o Brasil perde mais de US$ 80 bilhões por ano devido a custos logísticos, indo desde a infraestrutura de transporte até a carga tributária inflacionada.

Além dessas complicações, o comércio eletrônico possui um agravante, chamado logística reversa. O retorno do produto ao lojista, por motivos como embalagem violada, o que gera mais custos para o empresário.

Além disto, o processo de troca do produto, quando não bem administrado, pode gerar descontentamento por parte do consumidor, causando reclamações em sites e entidades de defesa do consumidor.

como nao perder dinheiro com a logistica no e-commerce

O setor de embalagens para e-commerce

Outro setor impactado diretamente pelo crescimento do comércio eletrônico é o de embalagens. A principal função da embalagem é proteger o produto para que ele chegue ao consumidor em boas condições.

Se tratando do e-commerce, as embalagens são itens ainda mais essenciais, pois muitos produtos comercializados são produzidos com materiais sensíveis.

Por isso, é necessário ter atenção quanto a escolha das melhores opções de embalagens para e-commerce. Um estudo feito pela Association for Packaging and Processing Technologies, nos Estados Unidos, indicou que a substituição de um item danificado na entrega pode custar até 17 vezes o custo do transporte. Além disso, optar por uma embalagem que garanta a integridade do produto evita publicidade negativa.

Saco zip lock, uma opção prática e versátil

As opções de embalagens são diversas e vão depender das características do produto e podem ser combinadas para garantir maior segurança ao produto, evitando a logística reversa. Almofadas de ar, plástico bolha, saco zip lock, placas de isopor, caixa de papelão e papel fragmentado são opções de embalagens.

O saco zip lock, por exemplo, é uma opção versátil de embalagem para e-commerce e pode armazenar diversos tipos de produtos, como: bijuterias, roupas, alimentos, produtos de higiene pessoal, etc.

Essa embalagem é importante para evitar que produtos cheguem sujos e com má apresentação, causando uma péssima impressão no consumidor. O saco plástico com fecho zip é fabricado geralmente com polietileno de baixa densidade e o sistema simples de fechamento e abertura o torna mais prático para o consumidor.

Almofadas de ar, por outro lado, evitam que o produto fique balançando e aumentado o risco de danos. O mesmo ocorre com outros tipos de embalagens plástico bolha, papel fragmentado e placas de isopor. Já a caixa de papelão é muito usada quando a embalagem não pode ser feita em papel pardo ou envelopes.

Gostou das dicas? Para ter acesso a mais conteúdos como este basta continuar nos acompanhando.

Até a próxima!

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert