Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
11
05
2021

Benefícios da rastreabilidade no armazém logístico

Tag
logística

Pensar o conceito de rastreabilidade logística está relacionado à possibilidade de identificar a origem e as diferentes etapas que um produto deve passar ao longo de todo o processo produtivo, bem como sua distribuição logística em outro momento, posterior a esse momento, até chegar ao consumidor final.

Contudo, é importante destacar que um sistema de rastreabilidade envolve um conjunto de processos cujo objetivo é monitorar a localização de um produto na cadeia de suprimentos em todos os momentos, rastrear seu percurso ou, mais que isso, identificar com antecedência o melhor caminho, ou seja, a melhor tomada de decisão. 

3 Benefícios da rastreabilidade no armazém logístico

A aplicação da de um sistema de rastreabilidade significa estabelecer uma correspondência direta entre o fluxo físico de mercadorias e o fluxo de informações relacionado a ele.

Os benefícios de rastrear o armazém são vários, destacamos os principais neste conteúdo, mas saiba que você pode ir sempre além. Basta se atualizar sobre as tecnologias logísticas para aumentar o desempenho do seu negócio. 

Para as empresas: auxilia na identificação de pontos críticos ao longo da cadeia de suprimentos. Com isso, busca-se solucionar os incidentes e melhorar a produtividade. Dessa maneira, as empresas podem reduzir as problemáticas relacionadas ao manuseio inadequado ou à contaminação das mercadorias, aumentando a qualidade do serviço e fidelizando clientes.

Para os consumidores: não é só uma organização que se beneficia da rastreabilidade de armazém, a confiança em relação à compra de produtos e serviços, principalmente em uma economia globalizada com complexos fluxos de mercadorias nacionais e internacionais. 

Já que estamos no auge do e-commerce (vale lembrar), a rastreabilidade das mercadorias passou a ser relevante, pois é capaz de reduzir erros, minimizando a "incerteza de trânsito" sofrida por muitos consumidores modernos, são aspectos associados aos novos paradigmas da logística omnicanal e da logística para negócios online.

Para as autoridades: em setores-chave voltados para a saúde pública, tal como o farmacêutico e o de alimentos, os sistemas de rastreabilidade são obrigatórios e estão altamente regulados há anos.

Empresas que não possuem gestão logística em tempo real perdem capacidade de melhorar o atendimento de acordo com as necessidades e o perfil dos seus clientes. Isso porque faltam dados e informações confiáveis e atualizadas sobre os processos.

Outros aspectos também são prejudicados pela falta de informação e otimização do tempo, saiba agora quais são:

1. Decisões serão tomadas com mais precisão

A falta de indicadores de logística em tempo real impede a agilidade na tomada de decisão, o que pode gerar diversas consequências negativas.  Da falta de entendimento global e controle das operações por parte do gestor, até problemas mais conhecidos como o atraso na entrega.

Quando a empresa não é notificada sobre um imprevisto durante o trajeto do entregador, como falha mecânica no transporte ou até por não ter encontrado o cliente no endereço, não é possível orientá-lo sobre como proceder.

Dessa maneira, o entregador terá que retornar ao centro de distribuição com o pedido do cliente e fazer uma nova tentativa de entrega. Esse processo gera insatisfação para o cliente, transtornos e custos para a empresa.

Sistema de gestão de entregas que apresenta um dashboard com informações atualizadas sobre os status de entrega e outros indicadores. 

2. Diminuição de gastos com a equipe

A falta de um recurso que faça o monitoramento de maneira automática demanda que a empresa invista em mais profissionais para fazer o acompanhamento dos status de entregas e ocorrências. A contratação resulta em mais custos para o negócio.

Por outro lado, tarefas manuais podem ser demoradas e estão sujeitas a falhas humanas, que podem ser minimizadas quando são automatizadas.

3. Melhor atendimento ao cliente

A falha no atendimento ao cliente pode acabar sendo mais um resultado negativo dos dois impactos destacados acima.

Vamos a um exemplo: imagine que sua empresa não acompanha indicadores em tempo real e não sabe que determinada entrega está atrasada.

Mesmo tendo mais funcionários trabalhando, pode ser difícil dar conta de todas as cobranças em relação aos pedidos. Sendo que é preciso entrar em contato com o motorista para só depois repassar essa informação, a fim de que ela chegue até o cliente final que já não está com paciência com a falta de transparência na entrega de sua encomenda.

Quando a comunicação não é automatizada, o tempo de resposta ao cliente é maior – o que acaba causando transtornos. Entretanto, isso quando o cliente consegue contato imediato. 

Interferências, linhas ocupadas ou profissionais que não estão em seus postos de trabalho podem fazer com que o atendimento leve ainda mais tempo para ser realizado.

Mais que isso, a empresa pode tentar contato com o cliente para alterar a data da entrega ou informar sobre um atraso e não conseguir. 

Logística e tecnologia caminham juntas

Sobretudo nos últimos anos, o setor logístico se desenvolveu de maneira considerável no Brasil e no mundo todo. Isso não seria possível sem o suporte da tecnologia. A logística baseada em soluções e ferramentas inovadoras possibilitam que o contato com o cliente seja mais próximo, confiável e seguro para os dois lados.

Além disso, a tecnologia também vem proporcionando novas alternativas e soluções para que as empresas consigam realizar suas entregas dentro do prazo e oferecendo qualidade para o cliente, e ao fim, garantindo a melhor experiência para o cliente

Solução em logística a partir do conceito de Internet das Coisas

Para finalizar, a Internet das Coisas possui uma série de aplicações interessantes que auxiliam a revolucionar o setor logístico das empresas. As organizações que optarem por aplicar o conceito em seus negócios podem ter um aumento de produtividade significativo. Assim como maior controle e melhor gestão das questões internas do negócio em longo prazo.

Essa já é uma realidade, sobretudo nos setores empresarial e industrial. Há diversos exemplos que podem ser citados, tais como:

  • sensores em máquinas para mensurar produtividade;
  • sensores no setor fabril, que indicam o momento de reposição de insumos;
  • uso da Internet das Coisas para controle de estoques;
  • uso de lâmpadas inteligentes como modo de economizar com energia elétrica, entre outros.

O uso de inovações, novas tecnologias e modos de fazer em rotinas produtivas auxilia a potencializar resultados e tornar o processo logístico mais eficiente. 

Entre em contato! Temos soluções em logística para seu negócio. 


Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

Benefícios da rastreabilidade no armazém logístico

Pensar o conceito de rastreabilidade logística está relacionado à possibilidade de identificar a origem e as diferentes etapas que um produto deve passar ao longo de todo o processo produtivo, bem como sua distribuição logística em outro momento, posterior a esse momento, até chegar ao consumidor final.

Contudo, é importante destacar que um sistema de rastreabilidade envolve um conjunto de processos cujo objetivo é monitorar a localização de um produto na cadeia de suprimentos em todos os momentos, rastrear seu percurso ou, mais que isso, identificar com antecedência o melhor caminho, ou seja, a melhor tomada de decisão. 

3 Benefícios da rastreabilidade no armazém logístico

A aplicação da de um sistema de rastreabilidade significa estabelecer uma correspondência direta entre o fluxo físico de mercadorias e o fluxo de informações relacionado a ele.

Os benefícios de rastrear o armazém são vários, destacamos os principais neste conteúdo, mas saiba que você pode ir sempre além. Basta se atualizar sobre as tecnologias logísticas para aumentar o desempenho do seu negócio. 

Para as empresas: auxilia na identificação de pontos críticos ao longo da cadeia de suprimentos. Com isso, busca-se solucionar os incidentes e melhorar a produtividade. Dessa maneira, as empresas podem reduzir as problemáticas relacionadas ao manuseio inadequado ou à contaminação das mercadorias, aumentando a qualidade do serviço e fidelizando clientes.

Para os consumidores: não é só uma organização que se beneficia da rastreabilidade de armazém, a confiança em relação à compra de produtos e serviços, principalmente em uma economia globalizada com complexos fluxos de mercadorias nacionais e internacionais. 

Já que estamos no auge do e-commerce (vale lembrar), a rastreabilidade das mercadorias passou a ser relevante, pois é capaz de reduzir erros, minimizando a "incerteza de trânsito" sofrida por muitos consumidores modernos, são aspectos associados aos novos paradigmas da logística omnicanal e da logística para negócios online.

Para as autoridades: em setores-chave voltados para a saúde pública, tal como o farmacêutico e o de alimentos, os sistemas de rastreabilidade são obrigatórios e estão altamente regulados há anos.

Empresas que não possuem gestão logística em tempo real perdem capacidade de melhorar o atendimento de acordo com as necessidades e o perfil dos seus clientes. Isso porque faltam dados e informações confiáveis e atualizadas sobre os processos.

Outros aspectos também são prejudicados pela falta de informação e otimização do tempo, saiba agora quais são:

1. Decisões serão tomadas com mais precisão

A falta de indicadores de logística em tempo real impede a agilidade na tomada de decisão, o que pode gerar diversas consequências negativas.  Da falta de entendimento global e controle das operações por parte do gestor, até problemas mais conhecidos como o atraso na entrega.

Quando a empresa não é notificada sobre um imprevisto durante o trajeto do entregador, como falha mecânica no transporte ou até por não ter encontrado o cliente no endereço, não é possível orientá-lo sobre como proceder.

Dessa maneira, o entregador terá que retornar ao centro de distribuição com o pedido do cliente e fazer uma nova tentativa de entrega. Esse processo gera insatisfação para o cliente, transtornos e custos para a empresa.

Sistema de gestão de entregas que apresenta um dashboard com informações atualizadas sobre os status de entrega e outros indicadores. 

2. Diminuição de gastos com a equipe

A falta de um recurso que faça o monitoramento de maneira automática demanda que a empresa invista em mais profissionais para fazer o acompanhamento dos status de entregas e ocorrências. A contratação resulta em mais custos para o negócio.

Por outro lado, tarefas manuais podem ser demoradas e estão sujeitas a falhas humanas, que podem ser minimizadas quando são automatizadas.

3. Melhor atendimento ao cliente

A falha no atendimento ao cliente pode acabar sendo mais um resultado negativo dos dois impactos destacados acima.

Vamos a um exemplo: imagine que sua empresa não acompanha indicadores em tempo real e não sabe que determinada entrega está atrasada.

Mesmo tendo mais funcionários trabalhando, pode ser difícil dar conta de todas as cobranças em relação aos pedidos. Sendo que é preciso entrar em contato com o motorista para só depois repassar essa informação, a fim de que ela chegue até o cliente final que já não está com paciência com a falta de transparência na entrega de sua encomenda.

Quando a comunicação não é automatizada, o tempo de resposta ao cliente é maior – o que acaba causando transtornos. Entretanto, isso quando o cliente consegue contato imediato. 

Interferências, linhas ocupadas ou profissionais que não estão em seus postos de trabalho podem fazer com que o atendimento leve ainda mais tempo para ser realizado.

Mais que isso, a empresa pode tentar contato com o cliente para alterar a data da entrega ou informar sobre um atraso e não conseguir. 

Logística e tecnologia caminham juntas

Sobretudo nos últimos anos, o setor logístico se desenvolveu de maneira considerável no Brasil e no mundo todo. Isso não seria possível sem o suporte da tecnologia. A logística baseada em soluções e ferramentas inovadoras possibilitam que o contato com o cliente seja mais próximo, confiável e seguro para os dois lados.

Além disso, a tecnologia também vem proporcionando novas alternativas e soluções para que as empresas consigam realizar suas entregas dentro do prazo e oferecendo qualidade para o cliente, e ao fim, garantindo a melhor experiência para o cliente

Solução em logística a partir do conceito de Internet das Coisas

Para finalizar, a Internet das Coisas possui uma série de aplicações interessantes que auxiliam a revolucionar o setor logístico das empresas. As organizações que optarem por aplicar o conceito em seus negócios podem ter um aumento de produtividade significativo. Assim como maior controle e melhor gestão das questões internas do negócio em longo prazo.

Essa já é uma realidade, sobretudo nos setores empresarial e industrial. Há diversos exemplos que podem ser citados, tais como:

  • sensores em máquinas para mensurar produtividade;
  • sensores no setor fabril, que indicam o momento de reposição de insumos;
  • uso da Internet das Coisas para controle de estoques;
  • uso de lâmpadas inteligentes como modo de economizar com energia elétrica, entre outros.

O uso de inovações, novas tecnologias e modos de fazer em rotinas produtivas auxilia a potencializar resultados e tornar o processo logístico mais eficiente. 

Entre em contato! Temos soluções em logística para seu negócio. 


Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?