Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

Anvisa e E-commerce: seu produto é um fora da lei?

21.7.2019 12:31

Se manter uma loja online não é tarefa fácil, vender cosméticos, produtos correlatos à saúde e alimentos se tornam um desafio ainda maior. E o motivo é simples: hoje, existem uma série de procedimentos que são exigidos pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

Porém, os números para esse setor são animadores, segundo apontou o e-Bit, a categoria de cosméticos e perfumaria já ocupa a segunda posição nos números de vendas, ficando apenas atrás da categoria de moda e acessórios. 

Se você quer aproveitar essa onda boa, vender mais e garantir que seus produtos estejam dentro das normas da Anvisa, veja as dicas que separamos para você:

pontosdeatencao

#1 Medicamentos

Esse é um dos produtos mais delicados, e os cuidados precisam ser ainda maiores. Desde o armazenamento e distribuição, a venda de remédios pela internet precisa atender algumas exigências, entre elas, é necessário possuir loja física e disponibilizar um farmacêutico online.

No caso de medicamentos que exigem prescrição medica, a resolução nº 44 de 2009, da Anvisa, exige que esse tipo de medicamentos só podem ser comercializado em lojas físicas.

#2 Transporte Adequado

Geralmente produtos de cosméticos e perfumaria são mais frágeis e delicados. Por isso, treine sua equipe e tenham atenção na hora de manuseá-los. Momentos como carregamento e descarregamento podem quebrar ou danificar seu produto. Além disso, evite que seja feito empilhamentos máximos.

#3 Embalagem

A embalagem correta é aquela que é adequada ao seu produto. E objetos correlatos à saúde e cosméticos necessitam de uma embalagem que os proteja.

Pense todo o caminho que o produto vai fazer até a casa do seu cliente, e uma embalagem segura vai garantir que o produto chegue perfeitamente.

#4 Iluminação e Temperatura

Acredite, até a iluminação do seu armazenamento será fiscalizada pela Anvisa. Além disso, uma lista de documentos será solicitada para ter a autorização de funcionamento para categoria.

Em seguida, será feito uma inspeção do local, que resultará em um parecer técnico, podendo ou não, ser autorizado.

estudosdecaso

#5 Terceirize seu serviço

Quem tem e-commerce precisa vender. Pensar o planejamento da sua loja virtual, campanhas de comunicação e decolar suas vendas. Muitos são os cuidados que esses produtos exigem, e terceirizar a logística é a melhor opção.

Procure uma empresa que tenha certificação Anvisa, assim, você tem a garantia que seus produtos estão sendo entregues dentro das exigências da Anvisa, e se você não fizer tudo certo, certamente será autuado.

Vamos conversar? Se você quer aumentar suas vendas, e focar no seu negócio, o Pier8 – que tem certificação Anvisa – pode facilitar seu a vida do seu e-commerce.

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert