Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

8 dicas para o sucesso de terceirização logística na sua empresa

24.1.2020 16:25

Definir uma estrutura logística própria, ou seja, que atenda às necessidades e sazonalidades de uma empresa durante todo o ano, pode ser um processo caro e bastante demorado. De acordo com Ronald H. Ballou, existem empresas que têm preferência em fazer a sua terceirização logística com empresas especializadas em prestar estes serviços, os chamados operadores logísticos.

Entretanto, inúmeras empresas têm dúvidas no momento de identificar as vantagens operacionais e estratégicas que envolvem a terceirização da logística. Justamente por isso que produzimos este conteúdo completo com 8 dicas que vão te ajudar na escolha do melhor parceiro para sua terceirização logística.

Leia também: O que faz um Operador Logístico

8 dicas sobre Terceirização Logística na sua empresa

8 dicas para o sucesso de terceirização logística na sua empresa

1. Analise as vantagens e desvantagens da terceirização

Parece super óbvio, entretanto nem sempre é: é essencial analisar e avaliar se a logística do seu negócio está preparada financeiramente para atender os seus clientes no prazo que o mercado exige. Nesse sentido, a terceirização logística possui, em grande parte dos casos, redução dos custos e uma diminuição do investimento de capital, afinal, o seu futuro operador já investiu em equipamentos de transportes, armazéns, estruturas de estocagem, sistemas de processamento de pedidos, equipe administrativa e tecnologia logística.

Além disso, faz parte dessa análise entrar em contato com os futuros parceiros logísticos e esclarecer dúvidas acerca de como o seu processo logístico será atendido. Tratam-se de procedimentos importantes para saber lidar com problemas que podem surgir durante a implementação.


2.  Escolha com calma o seu novo parceiro logístico

O mercado oferece inúmeros parceiros, entretanto, a escolha sempre é uma tarefa difícil e árdua, diante disso, faça-a com muita cautela. Observe a relação de clientes no seu futuro operador logístico. Experiência e tempo de permanência no mercado podem ser os primeiros passos, não coloque o seu negócio na mão de pessoas que não sabem o que estão fazendo. 

Além de todas as obrigações clássicas, que são básicas, que o operador logístico deve apresentar, fatores como boa metodologia de trabalho, busca contínua por novas tecnologias e equipamentos que aumentem e que vão garantir a qualidade de serviço prestado, há outros fatores a se considerar, como a capacidade do parceiro de se moldar às suas necessidades, do mesmo modo que você deverá se adaptar a esse novo modelo. Ou seja, deve haver fusão entre as partes, total integração.

Não deixe de ler: Processos logísticos: diferenciais logísticos no e-commerce de sucesso!

3. Converse e esclareça para seu parceiro as perspectivas do seu negócio

Para uma boa parceria é fundamental ter boas trocas de informações que irão facilitar o desempenho logístico, criação de regras operacionais para as duas empresas, objetivos específicos e definição do nível de serviço a ser alcançado.

A partir de uma boa conversa você pode esclarecer quais suas perspectivas frente ao negócio, essa informação é essencial para que o operador logístico consiga direcionar ações que aumentem os bons resultados.


4. Não é só o custo que deve ser avaliado, analise toda a proposta

8 dicas para o sucesso de terceirização logística na sua empresa

Majoritariamente, as empresas avaliam somente o custo final do projeto. Porém, desse modo fica difícil prever os custos futuros fixos sobre a operação. É necessário avaliar todo o processo envolvido na mudança para o seu futuro operador logístico.

Uma proposta técnica bem elaborada com todo escopo de trabalho definido pode colaborar muito no processo de implantação e evitar o aparecimento de custos não discutidos.

Outra questão pertinente é a flexibilidade e a capacidade de reação do seu futuro operador logístico em casos de mudanças no âmbito trabalhístico ao longo do tempo de parceria. 

Observe se o seu operador possui clientes de longa data, isso porque as necessidades mudam de modo natural ao longo do tempo.

5. Contrato é sinal de garantia

Falando sobre contato, o contrato carrega como posição - se é que podemos dizer assim -  a proteção tanto do cliente como do prestador. Não se deve abrir mão de um documento que exponha as obrigações de ambas as partes e, que além disso, defina as regras de saída em um eventual encerramento desta parceria.

Leia mais: 10 produtos incríveis para vender na internet + logística eficiente

6. Defina quais serão os procedimentos na implantação do seu projeto

A partir do momento que estará definido o escopo de trabalho e validado o contrato é chegado o momento de analisar e determinar os procedimentos de implantação do projeto da sua terceirização logística. Quando bem executados, podem ser apresentados com um diferencial competitivo, isso responde acerca da importância desses pontos estarem claros e objetivos.

Do mesmo que a empresa, o prestador deve conhecer e estar preparado para acatar a política de empresa, e devido a isso,  a empresa deve ter o conhecimento sobre os procedimentos do prestador.

Neste momento cabe a elaboração de um cronograma de implantação com as responsabilidades distribuídas para o prestador e para a sua empresa.


7. A boa comunicação faz a diferença

É fundamental acompanhar toda a operação, e se comunicar com seu parceiro quando for necessário, apontar problemas ou insatisfações durante o processo.

É interessante a comunicação ocorrer por vários meios, sendo importante uma equipe coesa para garantir o sucesso. Peça sempre feedback e relatórios sobre o processo.

Um prestador de serviço que seja competente é capaz de criar indicadores de desempenho de modo simples e objetivo, defina quais informações você julga importante e em que tempo elas devem ser enviadas.


8. Terceirização de Logística com a Pier 8

8 dicas para o sucesso de terceirização logística na sua empresa

Algumas das vantagens de terceirizar a logística de seu e-commerce com a Pier 8:



  • Diminuição nos custos de estoque;
  • Menos pessoas de sua equipe alocada;
  • Know-how do parceiro serviço de mais qualidade;
  • Redução no preço final do frete segurança prazos. 


Independentemente da operação, seja ela terceirizada ou interna, utilize essas dicas em seu processo de fulfillment. Essas estratégias irão te ajudar a reduzir custos e otimizar sua gestão na loja virtual.



  1. Picking & Packing: Todo o nosso processo de picking é feito por código de barras e dupla conferência. No packing atendemos o que o seu produto precisar. 
  2. Transporte: Pelo grande volume de vendas feito por nossos clientes possuímos condições diferenciadas de frete para reduzir seus custos e do cliente final. 
  3. WMS: Temos parceria com diversas Plataformas de ERP, assim conseguimos integrar seus pedidos em nossa plataforma de forma simples e automatizada.
  4. Segurança: Seu produto na Pier8 é nossa responsabilidade. Trabalhamos somente com produtos com NF e Seguro. 
  5. 100% Online: Sua ferramenta de gestão é 100% online, onde você consegue acompanhar todas as etapas do seu processo.


Essas são somente algumas das vantagens que a terceirização de logística proporciona para as empresas que estão envolvidas, porém os frutos gerados de uma boa parceria podem ir além dessa lista, contribuindo, inclusive, para uma gestão de cadeia de nutrição ainda mais eficaz!


Até a próxima!


Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert