Inscreva-se e receba nossos artigos

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
27
05
2021

7 dicas para a logística digital

Tag
logística

A logística sentiu com força os impactos da pandemia da Covid-19. Porém, entre tantos aspectos negativos, a modernização é uma das poucas consequências positivas.

Encontrar solução na logística digital é o diferencial para negócios modernos, no entanto, essa transição acontece aos poucos, otimizando as operações a cada nova implementação. O objetivo da digitalização dos processos logísticos é entender esse fenômeno e sua importância para o futuro do setor. 

7 dicas para a logística digital

Pensando a digitalização na logística, não tem como não falar da logística 4.0 e logística do futuro — são nomes que refletem a modernização do setor e estão presentes no mercado. Assim como quase toda grande transição tecnológica, o processo de digitalização na logística oferece ganhos substanciais em produtividade, eficiência e economia.

Como você deve saber, a logística é um setor que está a todo momento em contato com um grande volume de detalhes, dados e estatísticas aplicados a planejamento de rotas, quantificação de estoques, negociação com fornecedores, gestão de frotas, entregas, além de outros aspectos. Em comum, todas essas atividades podem ser agilizadas por alguma solução digital:

  1. sensores nas cargas e veículos para o acompanhamento do deslocamento da frota;
  2. softwares com o objetivo de automatizar a auditoria dos pagamentos do frete;
  3. sistemas e dispositivos para que a equipe atestem a proof of delivery (prova de entrega) em cada operação logística;
  4. sensores preditivos para diagnosticar o desempenho dos veículos, antecipando problemas e monitorando a condução;
  5. plataformas online para a cotação e fechamento de novos serviços de frete;
  6. sistema para o gerenciamento logístico, centralizando todos os aspectos, indicadores e volumes em um painel de fácil leitura para as melhores tomadas de decisão;
  7. Informação em tempo real. 

Destacamos somente algumas das soluções que já existem no mercado e que podem alavancar a sua operação logística, promovendo economia, transparência e agilidade. Contudo, vale acompanhar com constância a evolução dos dados na logística. 

Pensando em alcançar a boa experiência de compra ao usuário, é essencial que a logística tenha como foco o melhor atendimento ao cliente. 

A digitalização dos processos é uma realidade que pode desdobrar-se em resultados promissores para os negócios modernos. O bom atendimento ao cliente demanda uma logística integrada entre as áreas de vendas e atendimento para que todos tenham a mesma informação sobre cada entrega. 

É uma ação muito importante para posicionar o cliente frente a possíveis reclamações e, principalmente, para se precaver delas.

A tecnologia, nesse caso, permite prevenir erros e falhas. Por exemplo, se surgir algum imprevisto que dê fim a um atraso na entrega, automaticamente, as áreas envolvidas recebem um alerta para tomar providências e avisar o cliente com antecedência. 

Logística 4.0

Por falar em digitalizar empresas, um dos maiores benefícios da Logística 4.0, que trata da digitalização da atividade, acontece na gestão de entregas. Com ela, as empresas conseguem um melhor desempenho de suas tarefas, por ter um processo estruturado para acompanhamento em tempo real das entregas e da digitalização de documentos como canhoto da nota fiscal (NF-e) e o conhecimento eletrônico (CT-e). 

Aqui estamos falando de logística integrada, de fato. Com essas informações para uso a qualquer momento, os gestores de logística, junto com as áreas de vendas e atendimento ao cliente, podem elaborar as melhores estratégias para a resolução de problemas de forma mais ágil e dinâmica.

Digitalizar significa maior controle do que acontece na operação logística. Os dados coletados durante o processo de entrega são enviados do celular do motorista para um painel, que auxilia os gestores a tomar decisões que melhorem a experiência do cliente. Nada como informações em tempo real para garantir uma melhor experiência. 

Com a tecnologia e os sistemas de produção avançando, surge a necessidade de dar mais atenção à relação com o consumidor, produzir bens personalizados e fabricar somente o necessário para a comercialização em um curto período de tempo.

Sendo assim, para que isso se torne possível, é preciso que toda a cadeia de nutrientes esteja alinhada, ou seja, tenha o mesmo pensamento e mantenha as necessidades alinhadas. 

De modo geral, a Logística 4.0 pode ser definida como uma evolução da logística tradicional. Sua premissa básica é a necessidade de investimento em tecnologia para conseguir aumentar o market share.

Como já expusemos, a ideia surgiu após a quarta revolução industrial (a Indústria 4.0). Nesse sentido, o foco é usar a tecnologia como a maior aliada do crescimento organizacional e, então, a tendência é a de que os processos sejam automatizados, contribuindo para o aumento da produtividade e o ganho de eficiência nas operações.

Isso só é possível com o uso de algumas soluções. Entre as principais estão:

O que queremos dizer é que o uso dessas tecnologias torna toda a operação conectada, e estamos falando de uma nova era: indústria vendendo direto para o consumidor final. O foco sempre está em manter uma logística mais rápida, eficiente, conectada e inteligente.

Benefícios da Logística 4.0 para logística digital

Para relembrar, a logística 4.0 trata-se de uma das principais inovações do momento. O seu conceito está ligado ao alto nível de automatização dos processos, a digitalização das atividades, a agilidade no compartilhamento de informações e até mesmo a utilização de mecanismos robóticos para tornar a gestão da indústria cada vez mais eficiente.

Logística 4.0 se baseia em um conceito chamado Internet of Things (IoT) ou Internet das Coisas, em português. O termo coisa, como é utilizado aqui, tem como objetivo representar os equipamentos e dispositivos presentes na sua casa ou empresa, que tem acesso à Internet e usam essa ferramenta para se comunicar com outros dispositivos ou usuários. 

Uma vez que as indústrias conseguem hoje focar no consumidor final, sem intermediários, essas soluções tornam-se ainda mais potentes.

Há em utilização no mercado etiquetas para os lotes de mercadorias que ativam sensores capazes de dar baixa quando os itens entram no estoque de insumos, quando são direcionados para a linha de produção e, em outro momento, integram o estoque de produtos acabados que devem ser enviados aos clientes. Dessa forma, cada remessa pode ser de forma individual, assegurando que ela foi embarcada e entregue ao destinatário conforme as especificações do pedido.

Ao ser aplicado à logística, tal integração entre os recursos tecnológicos possibilita o acesso aos pedidos do cliente para identificar em qual etapa de produção está localizado.

Ela possibilita o acompanhamento dos níveis de estoque em tempo real, sendo proativo ao repor os itens conforme necessidade e o transporte de cargas torna-se mais seguro com monitoramento 24 horas diárias.

Redução de perdas

Fica mais fácil conhecer os produtos em tempo ágil para elaborar uma solução mais efetiva. Por outro lado, também se consegue promover a redução de perdas nos estoques, a necessidade de realizar um trabalho novamente, problemas com avarias e extravios, entre outras preocupações que podem comprometer a produtividade, os custos e os resultados.

Melhora na análise de dados

O grande investimento em tecnologia de ponta colabora para potencializar os resultados à medida que são utilizados sistemas inteligentes para realizar as análises. Essas soluções têm capacidade de fornecer insights para a otimização dos processos e a criação de estratégias mais eficazes.

Maior foco na estratégia de negócios

O principal foco na Logística 4.0 é que ele está voltado para a estratégia organizacional. Os objetivos estão sempre vinculados ao aprimoramento e modernização da gestão, eliminar (ou minimizar) gargalos e desperdícios, otimizar o tempo e reduzir os custos sem comprometer a qualidade.

Para tanto, promove-se grande conectividade entre os processos, utilizando softwares que monitoram os fluxos de trabalho de forma precisa e mantém as informações acessíveis e sempre atualizadas.

Redução de custos

Diante da redução de perdas, a otimização do transporte e a desburocratização dos processos, chega-se à redução dos custos operacionais. A partir desse momento, a empresa se torna mais competitiva no mercado e consegue atingir a conquista de fatias maiores de mercado.

Aumento da satisfação dos clientes

Diante de todas as melhorias e modernizações realizadas na empresa, consegue-se perceber um ganho de qualidade nos serviços que são prestados, e se traduzem no aumento da satisfação dos clientes. Isso pode ser alcançado de inúmeras formas:

Outro ponto de destaque é entender e atender às necessidades dos clientes, é a base para que eles sejam fidelizados e sempre tenham a empresa como primeira opção no momento de uma nova compra. Não se esqueça que existem muitos fóruns de consumidores nas redes sociais 

É muito importante ressaltar que a Logística 4.0 já tem saído do patamar de tendência e tem se tornado cada vez mais realidade em indústrias modernas. Os negócios que investirem nesse modelo podem sair na frente da concorrência, criar diferenciais competitivos e ganhar mais espaço no mercado.

A Pier 8 tem soluções em logística aliadas com tecnologia. Entre em contato conosco! 





Inscreva-se e receba nossos artigos!

Tag
logística

7 dicas para a logística digital

A logística sentiu com força os impactos da pandemia da Covid-19. Porém, entre tantos aspectos negativos, a modernização é uma das poucas consequências positivas.

Encontrar solução na logística digital é o diferencial para negócios modernos, no entanto, essa transição acontece aos poucos, otimizando as operações a cada nova implementação. O objetivo da digitalização dos processos logísticos é entender esse fenômeno e sua importância para o futuro do setor. 

7 dicas para a logística digital

Pensando a digitalização na logística, não tem como não falar da logística 4.0 e logística do futuro — são nomes que refletem a modernização do setor e estão presentes no mercado. Assim como quase toda grande transição tecnológica, o processo de digitalização na logística oferece ganhos substanciais em produtividade, eficiência e economia.

Como você deve saber, a logística é um setor que está a todo momento em contato com um grande volume de detalhes, dados e estatísticas aplicados a planejamento de rotas, quantificação de estoques, negociação com fornecedores, gestão de frotas, entregas, além de outros aspectos. Em comum, todas essas atividades podem ser agilizadas por alguma solução digital:

  1. sensores nas cargas e veículos para o acompanhamento do deslocamento da frota;
  2. softwares com o objetivo de automatizar a auditoria dos pagamentos do frete;
  3. sistemas e dispositivos para que a equipe atestem a proof of delivery (prova de entrega) em cada operação logística;
  4. sensores preditivos para diagnosticar o desempenho dos veículos, antecipando problemas e monitorando a condução;
  5. plataformas online para a cotação e fechamento de novos serviços de frete;
  6. sistema para o gerenciamento logístico, centralizando todos os aspectos, indicadores e volumes em um painel de fácil leitura para as melhores tomadas de decisão;
  7. Informação em tempo real. 

Destacamos somente algumas das soluções que já existem no mercado e que podem alavancar a sua operação logística, promovendo economia, transparência e agilidade. Contudo, vale acompanhar com constância a evolução dos dados na logística. 

Pensando em alcançar a boa experiência de compra ao usuário, é essencial que a logística tenha como foco o melhor atendimento ao cliente. 

A digitalização dos processos é uma realidade que pode desdobrar-se em resultados promissores para os negócios modernos. O bom atendimento ao cliente demanda uma logística integrada entre as áreas de vendas e atendimento para que todos tenham a mesma informação sobre cada entrega. 

É uma ação muito importante para posicionar o cliente frente a possíveis reclamações e, principalmente, para se precaver delas.

A tecnologia, nesse caso, permite prevenir erros e falhas. Por exemplo, se surgir algum imprevisto que dê fim a um atraso na entrega, automaticamente, as áreas envolvidas recebem um alerta para tomar providências e avisar o cliente com antecedência. 

Logística 4.0

Por falar em digitalizar empresas, um dos maiores benefícios da Logística 4.0, que trata da digitalização da atividade, acontece na gestão de entregas. Com ela, as empresas conseguem um melhor desempenho de suas tarefas, por ter um processo estruturado para acompanhamento em tempo real das entregas e da digitalização de documentos como canhoto da nota fiscal (NF-e) e o conhecimento eletrônico (CT-e). 

Aqui estamos falando de logística integrada, de fato. Com essas informações para uso a qualquer momento, os gestores de logística, junto com as áreas de vendas e atendimento ao cliente, podem elaborar as melhores estratégias para a resolução de problemas de forma mais ágil e dinâmica.

Digitalizar significa maior controle do que acontece na operação logística. Os dados coletados durante o processo de entrega são enviados do celular do motorista para um painel, que auxilia os gestores a tomar decisões que melhorem a experiência do cliente. Nada como informações em tempo real para garantir uma melhor experiência. 

Com a tecnologia e os sistemas de produção avançando, surge a necessidade de dar mais atenção à relação com o consumidor, produzir bens personalizados e fabricar somente o necessário para a comercialização em um curto período de tempo.

Sendo assim, para que isso se torne possível, é preciso que toda a cadeia de nutrientes esteja alinhada, ou seja, tenha o mesmo pensamento e mantenha as necessidades alinhadas. 

De modo geral, a Logística 4.0 pode ser definida como uma evolução da logística tradicional. Sua premissa básica é a necessidade de investimento em tecnologia para conseguir aumentar o market share.

Como já expusemos, a ideia surgiu após a quarta revolução industrial (a Indústria 4.0). Nesse sentido, o foco é usar a tecnologia como a maior aliada do crescimento organizacional e, então, a tendência é a de que os processos sejam automatizados, contribuindo para o aumento da produtividade e o ganho de eficiência nas operações.

Isso só é possível com o uso de algumas soluções. Entre as principais estão:

O que queremos dizer é que o uso dessas tecnologias torna toda a operação conectada, e estamos falando de uma nova era: indústria vendendo direto para o consumidor final. O foco sempre está em manter uma logística mais rápida, eficiente, conectada e inteligente.

Benefícios da Logística 4.0 para logística digital

Para relembrar, a logística 4.0 trata-se de uma das principais inovações do momento. O seu conceito está ligado ao alto nível de automatização dos processos, a digitalização das atividades, a agilidade no compartilhamento de informações e até mesmo a utilização de mecanismos robóticos para tornar a gestão da indústria cada vez mais eficiente.

Logística 4.0 se baseia em um conceito chamado Internet of Things (IoT) ou Internet das Coisas, em português. O termo coisa, como é utilizado aqui, tem como objetivo representar os equipamentos e dispositivos presentes na sua casa ou empresa, que tem acesso à Internet e usam essa ferramenta para se comunicar com outros dispositivos ou usuários. 

Uma vez que as indústrias conseguem hoje focar no consumidor final, sem intermediários, essas soluções tornam-se ainda mais potentes.

Há em utilização no mercado etiquetas para os lotes de mercadorias que ativam sensores capazes de dar baixa quando os itens entram no estoque de insumos, quando são direcionados para a linha de produção e, em outro momento, integram o estoque de produtos acabados que devem ser enviados aos clientes. Dessa forma, cada remessa pode ser de forma individual, assegurando que ela foi embarcada e entregue ao destinatário conforme as especificações do pedido.

Ao ser aplicado à logística, tal integração entre os recursos tecnológicos possibilita o acesso aos pedidos do cliente para identificar em qual etapa de produção está localizado.

Ela possibilita o acompanhamento dos níveis de estoque em tempo real, sendo proativo ao repor os itens conforme necessidade e o transporte de cargas torna-se mais seguro com monitoramento 24 horas diárias.

Redução de perdas

Fica mais fácil conhecer os produtos em tempo ágil para elaborar uma solução mais efetiva. Por outro lado, também se consegue promover a redução de perdas nos estoques, a necessidade de realizar um trabalho novamente, problemas com avarias e extravios, entre outras preocupações que podem comprometer a produtividade, os custos e os resultados.

Melhora na análise de dados

O grande investimento em tecnologia de ponta colabora para potencializar os resultados à medida que são utilizados sistemas inteligentes para realizar as análises. Essas soluções têm capacidade de fornecer insights para a otimização dos processos e a criação de estratégias mais eficazes.

Maior foco na estratégia de negócios

O principal foco na Logística 4.0 é que ele está voltado para a estratégia organizacional. Os objetivos estão sempre vinculados ao aprimoramento e modernização da gestão, eliminar (ou minimizar) gargalos e desperdícios, otimizar o tempo e reduzir os custos sem comprometer a qualidade.

Para tanto, promove-se grande conectividade entre os processos, utilizando softwares que monitoram os fluxos de trabalho de forma precisa e mantém as informações acessíveis e sempre atualizadas.

Redução de custos

Diante da redução de perdas, a otimização do transporte e a desburocratização dos processos, chega-se à redução dos custos operacionais. A partir desse momento, a empresa se torna mais competitiva no mercado e consegue atingir a conquista de fatias maiores de mercado.

Aumento da satisfação dos clientes

Diante de todas as melhorias e modernizações realizadas na empresa, consegue-se perceber um ganho de qualidade nos serviços que são prestados, e se traduzem no aumento da satisfação dos clientes. Isso pode ser alcançado de inúmeras formas:

Outro ponto de destaque é entender e atender às necessidades dos clientes, é a base para que eles sejam fidelizados e sempre tenham a empresa como primeira opção no momento de uma nova compra. Não se esqueça que existem muitos fóruns de consumidores nas redes sociais 

É muito importante ressaltar que a Logística 4.0 já tem saído do patamar de tendência e tem se tornado cada vez mais realidade em indústrias modernas. Os negócios que investirem nesse modelo podem sair na frente da concorrência, criar diferenciais competitivos e ganhar mais espaço no mercado.

A Pier 8 tem soluções em logística aliadas com tecnologia. Entre em contato conosco! 





Preencha seus dados e acesse o e-book.

Tem alguma dúvida sobre Logística para E-Commerce?