Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

5 dicas valiosas para driblar o fim do e-Sedex

12.8.2019 18:26
5 dicas valiosas para driblar o fim do e-Sedex

 O e-Sedex chegou ao fim! Essa foi a notícia que circulou na última semana e que deixou muitos lojistas do e-commerce de cabelo em pé! Pois bem, a notícia foi dada oficialmente pelos correios, e a partir de 1º janeiro o serviço deixa de funcionar, ele, que é considerado a principal alternativa para entrega rápida de encomendas do varejo online.  

O Segredo da Logística para E-Commerce

Sobre o e-Sedex:

O e-Sedex foi criado há 16 anos, é comumente usado por pequenos e médios e-commerces, utilizando a mesma estrutura das entregas expressas comuns, custando de 20 a 30% menos do que o Sedex tradicional. Uma bela economia para quem vende online, já que o preço do frete representa de 6% a 12% do valor pago de um produto adquirido pela web, segundo estimativas da ABComm.  Frete  Os varejistas online não gostaram da ideia, e o motivo é simples: o fim e-sedex irá acarretar um aumento dos preços do frete imediatamente, podendo ter uma redução na qualidade, e quem vai pagar essa conta é o consumidor final.

Redespacho

Os correios continuam tendo papel fundamental no comércio eletrônico nacional, representando em média 73% das encomendas transportadas. Com o fim do e-Sedex, o número de redespacho deverá aumentar. Mais um problema para os lojistas on-line.  Segundo os Correios, a decisão de acabar com o e-Sedex foi necessária para sanar os problemas financeiros que a empresa tem enfrentado nos últimos anos. Mas fique calmo, esse problema também será enfrentado pelos outros e-commerces. Você não está sozinho!  

Estudo de Caso - Logística Terceirizada

E quais as dicas valiosas para driblar o fim do e-Sedex?

#1 Transportadora

Parceria com uma transportadora é uma boa alternativa. Se você tiver um volume alto de pedidos, pode ser uma boa opção. Só tenha cuidado, caso seu e-commerce tenha um volume baixo de pedido, a tabela de frete pode sair bem mais alta do que a dos correios.  

#2 Terceirize sua logística

Já pensou em terceirizar sua logística? Se é pequeno, médio ou grande, a preocupação dos e-commerces é canalizar seus esforços para as vendas. Os lojistas não precisam se preocupar com embalagens, armazenamentos, transportes, segurança e etc. Esse tipo de serviço pode ser oferecido com baixo custo por empresas especializadas, devido ao volume, as tabelas de frete são mais baratas, gerando resultados melhores facilitando a vida do e-commerce.  

#3 Invista no planejamento

Pode até parecer obvio, mas um planejamento bem feito evita erros e falhas. E isso pode gerir uma economia considerável para sua loja. Pense no todo, escolha o transporte, os fretes e integrações do seu e-commerce. Se um setor atrasar ou falhar, as outras etapas serão comprometidas. Desta forma a ligação entre setores é primordial para o bom funcionamento do e-commerce, resultando na diminuição de tempo e custo.

#4 Integre Sistemas

Invista em um sistema que integre sua gestão de vendas e de logística, essa integração, é importante para o funcionamento da sua loja e precisam conversar em conjunto. Por exemplo, armazenamento precisa conversar com expedição, que precisa conversar com gerenciamento, que precisa conversar com embalagem, com frete e assim por diante. É um ciclo, e ele precisa ficar bem redondo para você não ter futuros problemas de custo e tempo.  

#5 Invista no Marketing

Já ouviu aquele ditado: quem não é visto, não é lembrado? Aproveite esse momento para investir no marketing da sua loja. Trabalhe a comunicação, crie promoções, invista em e-mail marketing e aumente a possibilidade de vendas. Além disso, tenha um atendimento fortalecido, e que seja rápido, quem compra online quer ser bem atendido.  

Categorias

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert