Join Our Newsletter
  Corrija o(s) campo(s) assinalado(s) acima.

3 escolhas que podem mudar tudo no seu e-commerce

24.7.2019 15:54

Para se destacar entre as milhares de lojas online, é preciso modernizar e profissionalizar o e-commerce. Na hora de estruturar sua loja, há três escolhas essenciais que podem valorizar ou depreciar suas vendas. Confira abaixo quais são essas escolhas e como fazê-las com sabedoria.

> Qual a melhor plataforma para minha loja virtual?
> Qual a embalagem mais indicada para o meu produto?
> E a logística, como devo fazer?

Como escolher uma plataforma para minha loja virtual?

Antes de escolher a plataforma que se adequa à sua necessidade, responda algumas perguntas essenciais:

- A minha loja precisa estar em quantas línguas?
- Tenho um programador na minha equipe?
- Quais integrações são necessárias? Faturação eletrônica? Chatbots?
- Qual o volume dos produtos que eu vou vender?
- Quais meios de pagamento preciso?
- Quanto posso investir para começar?
- Em quanto tempo quero ter a loja pronta?

Essas perguntas levarão você a escolher a plataforma mais adequada para o seu negócio.

Leve em consideração o custo - calcule o preço total da plataforma que pode incluir a comissão cobrada pelos meios de pagamento, a comissão pelas vendas cobradas pela plataforma e a taxa mensal pela hospedagem da plataforma.

Leve em consideração o suporte técnico: você precisa escolher uma plataforma que tem um suporte técnico que funcione. Em épocas especiais como Black Friday, Natal e Dia das Mães, um bom suporte faz a diferença. Já existem plataformas que têm atendimento ao cliente 24/7.

Leve em consideração os meios de pagamento: certifique-se de que a plataforma escolhida tem os melhores gateways de pagamento para os seus clientes. E fique atento as taxas cobradas por essas operadoras.

Leve em consideração a usabilidade: em tempos de experiência do consumidor, a usabilidade da plataforma não pode ser esquecida. Escolha uma plataforma que a compra possa ser realizada de forma simples. Lembre-se da jornada de compra do seu cliente.

logistica para ecommerce

Qual a embalagem mais adequada para o meu produto?

Já escrevemos aqui sobre como fidelizar um cliente apenas com a embalagem, e num universo cada vez mais concorrido, se diferenciar dos concorrentes é uma obrigação.

Se você, por exemplo, tem um Iphone, deve ter guardado – pelo menos no primeiro momento – a caixa que acondiciona o aparelho.

Por ser o primeiro contato direto com o consumidor, uma embalagem de e-commerce pode ter um impacto positivo ou negativo na hora de conquistar seu cliente.

Hoje existem várias opções de embalagem, mas lembre-se, que além de proteger seu produto, a embalagem também é um importante canal de relacionamento. Capriche na sua embalagem, economize no seu frete e se diferencie dos seus concorrentes com uma embalagem eficiente, segura e que, irá certamente encantar seu público.

Se você quer saber mais sobre tipos de embalagens, já escrevemos aqui sobre essas opções. São muitos tipos, desde placas de isopor, sacolas com alça estilo camiseta, envelope de segurança com plástico bolha, almofada de ar, fita adesiva e muitas outras.

O mais temido de todos: a logística

A realidade é que, muitas vezes, os lojistas virtuais não sabem por onde começar. Todo o processo de logística costuma ser improvisado, pois muitos empresários ainda têm aquela falsa ideia que investir em um operador logístico é caro.

Ao terceirizar esse serviço a um operador logístico, o lojista online pode focar quase que exclusivamente nas vendas. Além disso, o operador logístico - por ser uma expert nesse serviço - executa a operação com melhores práticas e tecnologias.

É simples, sempre que um especialista realiza um serviço, os resultados tendem a serem melhores. O trabalho profissional, inclusive, deve antecipar e prevenir possíveis contratempos.

Escolha ser produtivo

Costumamos dizer aqui que a única preocupação de um empreendedor online deveria ser com as vendas. É quase que impossível ele conseguir responder por toda a cadeia de um processo logístico. É perda total de tempo.

Ao terceirizar a responsabilidade de encontrar fornecedores, negociar frete com transportadoras e definir a melhor forma de entrega, o lojista está livre para focar em outros aspectos do negócio como estratégias comerciais e de marketing.

No final do dia, o gestor da loja terá investido seu tempo em ações que geram receita enquanto seu operador logístico resolveu uma série de questões muitas vezes estressantes e operacionais.

Categorias

Conteúdos Relacionados

Tem alguma dúvida sobre logística?

fale com um expert